Impasse na sucessão a Portas deixa CDS à beira de crise existencial

CDSPP / Facebook

Os deputados Luís Pedro Mota Soares e Assunção Cristas na bancada parlamentar do CDS

Ao cabo de 16 anos de liderança, Paulo Portas despediu-se do CDS-PP numa “noite comovente” e “serena”, como disse, que esconde os receios com o futuro do partido. No horizonte ainda não há nenhum candidato assumido para a sucessão.

Assunção Cristas e Nuno Melo têm sido apontados como os mais fortes candidatos a sucederem a Paulo Portas, mas ambos recusam dar já um passo à frente na corrida.

No Conselho Nacional que marcou o adeus de Portas ao CDS-PP, os dois vice-presidentes recusaram abordar sequer o assunto.

“Com certeza que não é este o tempo, hoje é o tempo do doutor Paulo Portas”, disse Assunção Cristas aos jornalistas, notando que é preciso manifestar a gratidão pela sua “dedicação extraordinária” ao partido.

Nuno Melo alinhou pelo mesmo discurso, frisando a “liderança extraordinária” e as “muitas vitórias” que Portas deu ao CDS, considerando que o tempo é de “uma homenagem justa”.

E depois do Conselho Nacional que marcou a sua despedida após 16 anos de liderança, Portas falou de “uma noite comovente” e “serena”, manifestando “a maior confiança na nova geração do CDS” e sublinhando que “há gente óptima para abrir alas ao futuro”.

Isto depois de ter apresentado aos conselheiros nacionais uma short-list de candidatos, conforme noticia o Público que frisa que Portas aponta para a sua sucessão os nomes de Nuno Melo, Assunção Cristas, Telmo Correia, Nuno Magalhães, Cecília Meireles, Adolfo Mesquita Nunes e Filipe Anacoreta Correia.

Um gesto do ex-vice-primeiro-ministro que “desagradou aos conselheiros nacionais”, segundo nota o Público, realçando que vêem nele “um condicionamento na escolha do partido sobre a sua futura liderança”.

Certo é que os populares têm dado nota de que esta sucessão está a ser tranquila e sem contestações internas, com o vice-presidente João Almeida, que já se retirou da corrida, a sublinhar a ideia da “serenidade” defendida por Portas.

“Não há uma discussão sobre nomes, não há gente a querer pôr-se à frente de outros, há muita gente a discutir o partido”, nota João Almeida.

Mas tanta tranquilidade soa mais a estratégia política do que a sentimento real no seio de um partido que, subitamente, se vê sem o líder dos últimos 16 anos, no rescaldo da saída de um governo em que fez coligação com o PSD.

O CDS-PP vê-se forçado a uma redefinição política, o que poderá estar a contribuir para este impasse na sucessão a Portas. A grande pergunta é saber quem é que no Partido poderá ser o melhor estratega para o seu futuro.

O Conselho Nacional do CDS está marcado para os dias 12 e 13 de Março e logo se verá que resposta, ou respostas, haverá a essa dúvida existencial dos populares.

SV, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Depois de liquidar o CDS fazendo juz à sua vaidade e ambição pessoal, retira-se para não ficar com a “batata quente”. Deixa um partido sem “perfil” próprio, um partido que provávelmente já nem sequer existe. As semelhanças de carácter e fotogénicas (os media adoram quem gosta de se ouvir e ver) com Marcelo Rebelo de Sousa são enormes. Pelo menos esta paródia de pessoa “irrevogável” tem a vantagem de poder ser uma antevisão de um futuro em que Marcelo ganha a presidência, arruina o país e depois quiçá emigra para um paraiso fiscal.

  2. Afinal a preocupação da existência ou continuidade do CDS parece apenas vir do exterior segundo o artigo e comentários aqui expostos mas acredito que eles saberão ser suficientemente grandes de valores e ideias para continuar a provocar muita azia a muitos “democratas” da nossa praça.

RESPONDER

Vibrações provocadas por "estrelamotos" permitem precisar a idade da Via Láctea

Os tremores estelares registados pelo telescópio espacial Kepler, da NASA, ajudaram a responder a um antigo enigma sobre a idade do "disco espesso" da Via Láctea. Uma equipa de cientistas, liderada por investigadores do Centro de …

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …

João Cotrim Figueiredo eleito presidente da Iniciativa Liberal com 96% dos votos

João Cotrim Figueiredo foi eleito, este domingo, presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos na III Convenção Nacional do partido. A III Convenção Nacional do partido decorre hoje …