Há uma segunda camada de informações escondida no ADN

Físicos teóricos confirmaram que não é apenas a informação codificada no nosso ADN que molda quem somos – é também a forma como o ADN se dobra que controla que genes são expressos dentro do nosso corpo.

Trata-se de algo que os biólogos já sabem há anos, e eles ainda foram capazes de descobrir algumas das proteínas responsáveis por essa dobra do ADN.

Agora, um grupo de físicos conseguiu demonstrar pela primeira vez, através de simulações, como esta informação escondida controla a nossa evolução.

Os resultados foram publicados na PLoS ONE.

Código genético

Em 1953, Watson e Crick descobriram que o código genético, que determina quem somos, é composto por uma sequência de compostos – os aminoácidos Guanina, Adenina, Citosina, Timina e Uracilo.

As iniciais destes aminoácidos, G, A, C, T, e U, são consideradas o alfabeto do Código Genético, e a sua ordem numa dada cadeia de ADN é que determina que proteínas são produzidas nas células.

Assim, se tiver olhos castanhos, é porque o seu ADN contém uma série particular de letras que codifica uma proteína que faz com que o pigmento escuro esteja dentro da sua íris.

(dr)

O alfabeto do código genético

O alfabeto do código genético

Contudo, apesar de todas as células do seu corpo terem origem no mesmo código genético, cada órgão tem uma função muito diferente. Por exemplo, as células do estômago não precisam produzir a proteína do olho castanho, mas precisam produzir enzimas digestivas. Mas como é que isso acontece?

Nos anos 80, os cientistas descobriram que é a forma como o ADN se dobra dentro das células que, na verdade, controla esse processo.

Os fatores ambientais podem desempenhar um papel importante, com fatores como o stress a serem capazes de ligar ou desligar certos genes através de algo conhecido como epigenética.

No entanto, os mecanismos de dobragem do ADN são mecanismos de controlo extremamente importantes, já que cada célula do nosso corpo contém cerca de dois metros de ADN, de modo que, para caber dentro de nós, tem de ser bem embrulhado num pacote chamado de nucleossomo – como o fio de um novelo.

A forma como o ADN é embrulhado controla que genes são “lidos” pelo resto da célula – genes que ficam no interior do embrulho não serão expressos como proteínas, mas sim os que ficam na parte exterior – e isto explica porque algumas células têm o mesmo ADN, mas funções diferentes.

Nos últimos anos, os biólogos começaram a isolar os sinais mecânicos que determinam a forma como o ADN se dobra, “agarrando” certas partes do código genético ou mudando a forma do “novelo” em que o ADN se envolve.

Ajuda da Física

Uma equipa da Universidade de Leiden, na Holanda, liderada pelo físico Helmut Schiessel, foi agora capaz de voltar atrás e olhar para o processo numa escala que engloba todo o genoma, confirmando através de simulações de computador que esses sinais mecânicos estão de facto codificados no nosso ADN.

Os investigadores conseguiram simular os genomas de fungos e leveduras, atribuindo-lhes em seguida, aleatoriamente, um segundo nível de informação, completo com sinais mecânicos.

Os investigadores conseguiram mostrar que esses sinais afetavam a forma como o ADN se dobra e que proteínas são expressas – mais uma prova que esta mecânica está escrita no nosso ADN, e é tão importante na nossa evolução como o próprio código.

Isto significa que os investigadores demonstraram que as mutações do ADN podem afetar-nos de mais do que uma forma: mudando as “letras” no nosso ADN, ou simplesmente mudando as pistas mecânicas que organizam a forma como o “fio” se dobra.

(dr) Universiteit Leiden

A forma como a cadeia de DNA se dobra determina quais os genes que estão "acessíveis" para produzir as proteínas

A forma como a cadeia de DNA se dobra determina quais os genes que estão “acessíveis” para produzir as proteínas

“A mecânica da estrutura pode mudar, resultando em diferentes embalagens e níveis de acessibilidade do ADN”, explica Schiessel, “e, portanto, diferentes frequências de produção dessa proteína“.

O que é realmente interessante é o fato de que as simulações de computador abrem a possibilidade de os cientistas manipularem os estímulos mecânicos que formam o ADN – o que significa que poderiam um dia ser capazes de dobrar o ADN para esconder genes indesejados – como os que provocam determinadas doenças.

Estamos muito longe de conseguir fazer isso, mas quanto mais os cientistas compreenderem como o nosso ADN é controlado e dobrado, mais nos aproximamos de ser capazes de melhorá-lo.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Uracilo não faz parte do ADN. Ocorre apenas no ARN. O ADN é constituído pelas bases Guanina, Adenina, Citosina e Timina. O RNA é constituído pelas bases Guanina, Adenina, Citosina e Uracilo.

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …