As girafas preferem jantar com amigos, tal como os humanos

Quando se trata de comer no reino animal, as girafas, à semelhança dos humanos, preferem comer acompanhadas pelos seus amigos, revelou uma nova pesquisa levada a cabo pela Universidade de Bristol, no Reino Unido.

Embora já se soubesse que as girafas demonstram preferências pelos seus pares dentro do grupo social, até ao momento não é ainda claro o que impulsiona as suas escolhas, nem se estas preferências são momentâneas ou permanentes, nota a Europa Press.

O novo estudo, publicado recentemente na revista Animal Behaviour, visou explorar quais os fatores que causam determinadas interações nas populações de girafas. Os cientistas tentaram perceber se a perturbação humana ou os próprios predadores têm algum impacto nas relações sociais destes animais.

A equipa de investigação passou cerca de dois anos a estudar girafas na região do Vale do Grande Rift, no Quênia, para analisar padrões de associação nas populações selvagens.

Num momento inicial, os cientistas identificaram as girafas individuais recorrendo a registos fotográficos. Depois, quando já conheciam e diferenciavam os animais, passaram a observá-los em diversos habitats. Através dos dados recolhidos, a equipa descobriu que muitos casais de girafas passavam muito tempo juntos quando procuravam comida e, continuavam juntos quando se alimentavam.

De acordo com Zoe Muller, autora principal do estudo, este comportamento surge porque comer com animais já conhecidos e previamente selecionados – ou seja, comer com amigos – oferece benefícios para o espécime individual.

“Se estivermos com um parceiro ‘conhecido’ presume-se que é confiável alertá-lo caso haja um predador por perto, ou então pode ser que ambos partilhem os mesmos requisitos alimentares e, por isso, a alimentação e o comportamentos sejam complementares“, explicou a bióloga.

Em comunicado, a universidade britânica afirma que as descobertas oferecem informações completamente novas sobre as preferências sociais das girafas, dando ainda uma ideia sobre alguns possíveis mecanismos evolutivos que moldaram os grupos sociais atuais.

“A natureza dinâmica das sociedades animais esconde, geralmente, múltiplas camadas de complexidade. O nosso trabalho destaca a natureza complexa e dinâmica da estrutura social da girafa, que pode ter implicações a longo prazo para a conservação da espécie”, rematou Muller, acrescentando ainda que os resultados podem ainda orientar processos de como as populações de girafas se adaptam na natureza.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …