General preso em casa por alegadamente esconder segredos de José Eduardo dos Santos

Manuel de Almeida / Lusa

O presidente de Angola, João Lourenço. Ao fundo, a figura de José Eduardo dos Santos

O antigo chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar de Angola, general Zé Maria, está em prisão domiciliária, acusado de ter extraviado documentos com informações secretas sobre José Eduardo dos Santos. Para alguns angolanos é “um acto de força de João Lourenço”, enquanto outros acreditam que é uma mera “manobra de manipulação”.

O Supremo Tribunal Militar (STM) de Angola aplicou, nesta segunda-feira, a medida de prisão domiciliária ao ex-chefe do Serviço de Inteligência e Segurança Militar (SISM) do país, o general António José Maria.

A detenção domiciliária terá sido escolhida em detrimento da prisão preventiva devido a problemas de saúde do militar reformado que era um dos homens fortes da presidência de José Eduardo dos Santos, o antigo chefe de Estado de Angola.

O general Zé Maria, como é mais conhecido, está “indiciado pelo crime de extravio de documentos, aparelhos ou objectos que contenham informações de carácter militar e insubordinação”, como reporta o Jornal de Angola.

São “ilícitos previstos e puníveis” nos termos da “Lei dos Crimes Militares”, aponta a publicação, frisando que o general na reserva é suspeito de ter escondido “documentos do SISM com a finalidade de salvaguardar segredos do ex-Presidente da República“.

Está em causa uma pena de prisão que pode ir dos 2 aos 8 anos.

O general era chefe do SISM desde 2009, tendo sido exonerado do cargo pelo actual Presidente angolano, João Lourenço, em Novembro de 2017.

“A beber do próprio veneno”

O processo contra o general Zé Maria é encarado com algumas suspeitas na sociedade angolana. Há quem acredite que é apenas “mais um acto de demonstração de força de João Lourenço” perante os que “ainda o tentam desafiar”, como salienta a emissora internacional alemã DW.

Para o advogado e activista Arão Bula Tempo, a detenção do general é apenas “mais uma manobra de manipulação da opinião pública, tendo em conta os problemas sociais que o país atravessa”, conforme declarações à DW África.

Bula Tempo refere que João Lourenço “fez muitas promessas” numa altura em que Angola vive “situações drásticas ao nível económico, provocados pelo próprio partido no poder”. Assim, “para limpar a imagem do MPLA“, o Presidente angolano “está a tentar encontrar algumas personalidades para responderem em tribunal”, considera o advogado.

Também para o activista Adão Ramos a prisão do general “não é para se levar a sério“. “Essas pessoas detidas são classificadas arguidas, e depois são-lhes retiradas as medidas de coacção e não acontece mais nada”, sustenta em declarações à DW África.

Adão Ramos acredita ainda que a prisão do general “visa consolidar o poder do Presidente da República” para demonstrar a “quem ainda faz alguma resistência à sua liderança” que ele “tem poder suficiente para fazer o que também fez o ex-Presidente da República, que é punir, prender, enfim, fazer outras coisas para quem representa algum incómodo”.

Já o activista Benedito Jeremias (também conhecido por Dito Dali), um dos que integrou o “grupo dos 17” que foi detido em 2015, defende que o general está “a beber do próprio veneno”.

A DW África salienta que o general é visto como o “mentor” da prisão dos 17 activistas angolanos e Dito Dali considera, à conversa com a publicação, que o militar na reserva “é um especialista em forjar crimes, em manipular e fazer chantagens ao ex-Presidente, José Eduardo dos Santos, com a finalidade de garantir o seu posto”.

“Inventou que o general Miala estava a preparar um golpe de Estado contra José Eduardo dos Santos. O general Miala foi condenado, e até hoje não se provou o tal golpe de Estado que ele havia montado”, atira Dito Dali.

Para o activista, o general “não terá como sair ileso deste processo, caso não haja uma manipulação para distrair a opinião pública”.

SV, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrados restos mortais do general favorito de Napoleão. Estavam debaixo de uma pista de dança

Uma escavação sob a fundação de uma pista de dança na Rússia descobriu os restos mortais de um dos generais favoritos de Napoleão Bonaparte. O homem tinha apenas uma perna e foi morto por uma bala …

Negociações falharam. Sindicatos dos motoristas entregam pré-aviso de greve

Os sindicatos representativos dos camionistas não chegaram a acordo com a ANTRAM e entregaram um pré-aviso de greve, com início em 12 de agosto, após uma reunião de quase cinco horas, sob a mediação do …

Tribunal do Porto condena 119 pessoas por corrupção com cartas de condução

O Tribunal São João Novo, no Porto, condenou 119 pessoas, entre instrutores, examinadores e alunos de escolas de condução do Grande Porto, a penas de prisão efetiva e suspensa por participarem num esquema de corrupção …

Este pequeno verme é a criatura mais barulhenta dos oceanos

O oceano é um lugar surpreendentemente barulhento. Há baleias cantoras, camarões-pistola que produzem estrondos sónicos e cardumes de peixes barulhentos.  Mas das criaturas grandes e pequenas que habitam os nossos oceanos, poucas se tornam mais barulhentas …

Já sabemos qual vai ser o primeiro fruto a ser plantado na EEI (e é picante)

Se tudo correr como planeado, em novembro deste ano, a Estação Espacial Internacional (EEI) vai ficar um bocadinho mais picante. De acordo com o Science Alert, os investigadores querem enviar para a Estação Espacial Internacional (EEI) …

O Hubble encontrou um buraco negro que não devia existir

Algo estranho está a acontecer a 130 milhões de anos-luz da Via Láctea na galáxia espiral NGC 3174. Há um disco fino de material a rodear o seu pequeno e esfomeado buraco negro. Discos como os …

Alimentos para bebés têm excesso de açúcar, alerta a OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) detetou em quatro cidades da Europa que pelo menos um em cada três alimentos infantis tem níveis de açúcar excessivos e são comercializados de forma incorreta como adequados para …

Estilo de vida saudável pode compensar risco genético de Alzheimer

Novas pesquisas sugerem que um estilo de vida saudável pode reduzir em um terço o risco de doença de Alzheimer ou outras formas de demência, mesmo existindo genes que aumentem o risco destas doenças. Investigadores britânicos …

Lançada Barbie em homenagem a David Bowie

A Matel acaba de lançar uma Barbie em homenagem ao músico britânico David Bowie, que faleceu em 2016, noticia esta semana a Associated Press. De acordo com a agência noticiosa, a nova da Barbie visa celebrar …

Netflix retrata a trágica história de Nicolau II, o último czar da Rússia

A Netflix acaba de lançar The Last Czars, uma série documental sobre a história de Nicolau II e a sua família, que acabou por ditar o fim da dinastia de 300 anos dos Romanov e …