/

Gaivotas preferem comida que veem os humanos a manipular

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Universidade de Exeter, no Reino Unido, concluiu que as gaivotas preferem comida que viram ser manipulada antes por humanos.

Face a dois alimentos idênticos, e em que um deste esteve antes na posse de um humano, as gaivotas decidiram alimentar-se de forma mais frequente a partir de produtos manipulados, de acordo com a nova investigação.

“Apesar de serem muito comuns nas cidades, pouco se sabe do comportamento urbano das gaivotas. Queríamos descobrir se as gaivotas são simplesmente atraídas pela visão dos alimentos ou se as ações das pessoas podem também chamar a atenção deste animais para um determinado alimento”, disse Madeleine Goumas, autora principal do estudo, citada em comunicado da universidade britânica.

Os cientistas descobriram agora que o Homem pode ter um impacto na escolha alimentar destes animais. “O nosso estudo mostra que os sinais humanos podem desempenhar um papel importante na forma como as gaivotas encontram comida e pode explicar, em parte, porque é que as gaivotas conseguiram colonizar áreas urbanas”, sustentou.

A investigação foi conduzida nas cidades britânicas de Falmouth e Penzance, tendo sido abordadas gaivotas-prateadas. Ao todo, foram testados 38 animais.

“As nossas descobertas sugerem que as gaivotas tendem a aproximar-se de alimentos que viram a ser manipulados por pessoas, para que possam associar áreas onde há pessoas a comer a refeições fáceis”, rematou Laura Kelley, autora sénior do estudo.

Os resultados do estudo foram esta semana publicados na revista The Royal Society.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.