Furacão Fred deixa Cabo Verde sem vítimas mas com estragos em todo o arquipélago

O primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, disse esta terça-feira que a passagem do furacão Fred pelo arquipélago deixou cerca de 50 famílias desalojadas e causou estragos em estradas, portos e aeroportos.

Segundo o primeiro-ministro cabo-verdiano, terão ficado desalojadas “cerca de 50 a 60 famílias em todas as ilhas”, devido à passagem do furacão, que entretanto passou a tempestade tropical e se afastou do arquipélago.

José Maria Neves, que falava aos jornalistas em conferência de imprensa após uma reunião interministerial para fazer uma primeira avaliação dos efeitos do furacão em Cabo Verde, adiantou que o Governo está a acompanhar a situação destas famílias.

“Das famílias que estão em escolas porque as suas casas são mais precárias, algumas regressarão às suas casas que não foram danificadas e as situações mais críticas terão respostas imediatas do Governo para apoiar no arrendamento de uma casa ou na reabilitação das suas casas”, disse José Maria Neves.

O primeiro-ministro, que disse não ter uma estimativa financeira dos prejuízos causados pelo furacão, adiantou que a chuva e o vento forte causaram estragos em todas as ilhas.

“Há alguns estragos e infraestruturas danificadas, particularmente nas ilhas do Sal e da Boavista, que foram as mais atingidas, mas há problemas um pouco por todo do país”, disse.

José Maria Neves destacou a destruição do pontão de Santa Maria e a existência de danos no aeroporto, na ilha do Sal, bem como os estragos no aeroporto da Boavista.

Deu conta ainda, a nível global, dos danos registados em várias estradas e habitações, além de cortes de energia e dificuldades nas comunicações.

O primeiro-ministro congratulou-se com o facto de não ter havido vítimas e adiantou que, nos próximos dias, ele próprio e vários ministros do seu Governo estarão no terreno a avaliar os estragos e as intervenções necessárias.

“Felizmente não há perdas humanas, apenas estragos materiais”, disse José Maria Neves, elogiando a resposta da Proteção Civil à situação.

Nos próximos dias, disse, será também feita uma avaliação técnica a todas as infraestruturas portuárias e às estradas para perceber as intervenções necessárias.

O primeiro-ministro adiantou que todos os aeroportos do arquipélago estão já a funcionar e que estão a ser tomadas todas as medidas para repor a navegação marítima.

Em curso estão também, segundo o chefe do Governo, ações para repor a acessibilidade de todas as praias, particularmente nas ilhas turísticas.

José Maria Neves garantiu ainda que o Governo está a trabalhar e “mobilizará recursos para repor a normalidade no país”.

O furacão Fred, que na segunda-feira atingiu Cabo Verde, obrigou ao encerramento dos aeroportos das ilhas de São Vicente, São Nicolau, Sal e Boavista para operações domésticas.

A Proteção Civil colocou o país em alerta, aconselhando a população a manter-se em casa e afastada de locais de risco.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Alverca 2-0 Sporting | Leões desinspirados afastados da Taça pelo Alverca

O Alverca surpreendeu hoje o Sporting com uma vitória por 2-0, na terceira eliminatória da Taça de Portugal, tornando-se no primeiro grande «tomba-gigantes» da competição ao afastar o atual detentor do troféu. Alex Apolinário, aos 10 …

A Barbie também arrenda casa no Airbnb

A boneca mais famosa do mundo celebra 60 anos. Agora, a empresa que produz a Barbie, a Matel, tornou a boneca uma anfitriã no Airbnb e vai arrendar uma mansão à beira-mar em Malibu, na …

Os primeiros bebés podem nascer no Espaço daqui a 12 anos

A empresa SpaceBorn United pretende realizar missões espaciais entre 24 e 36 horas para que algumas mulheres dêem à luz em órbita dentro de 12 anos. A notícia é avançada pelo fundador e CEO da empresa, …

Japão importou cinco vírus mortais, incluindo Ebola, por causa de Tóquio 2020

Com os Jogos Olímpicos à porta, um laboratório japonês decidiu importar cinco vírus mortais, nomeadamente Ebola, para fazer frente a um eventual surto durante a competição que vai levar ao país mais de 600 mil …

Empresa anónima quer os direitos do seu rosto para construir robôs (e paga 115 mil euros)

Uma empresa privada anónima está a oferecer 115 mil euros pelos direitos de usar o seu rosto numa nova linha de robôs humanóides. A empresa quer usar a imagem para dar uma cara a um robô …

Empresa está a vender vinho (com flocos de ouro) para celebrar o Brexit

Quando o Reino Unido abandonar a União Europeia, uma saída programada para 31 de outubro, é provável que as pessoas celebrem com um vinho especial com flocos de ouro. Para aqueles que querem celebrar a saída …

Neandertais ocuparam ilhas do Mediterrâneo dezenas de milhares de anos antes do que se pensava

Cientistas descobriram provas de que a ilha de Naxos, na Grécia, já era habitada por neandertais há 200.000 anos, dezenas de milhares de anos antes do que se pensava até agora. Um estudo publicado esta quinta-feira …

Testes "bárbaros" em macacos levam ativistas a pedir encerramento de laboratório alemão

Durante meses, um ativista pelos direitos dos animais trabalhou no Laboratório de Farmacologia e Toxicologia (LPT, na sigla inglesa), em Hamburgo, na Alemanha, onde testemunhou situações de violência contra os animais utilizados em testes e …

Próxima cimeira do G7 vai ser num resort de Donald Trump

A próxima cimeira do G7 será realizada num dos clubes de golfe do Presidente norte-americano, Donald Trump, na Florida, e o clima não constará da agenda de trabalhos, disse esta quinta-feira o chefe de gabinete …

Russos e ucranianos estão em guerra por causa de sopa

A sopa de beterraba é russa ou ucraniana? Um tweet do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Federação Russa veio falar em prato nacional e a reação na Ucrânia não tardou a chegar. O tweet é de …