Furacão Fred deixa Cabo Verde sem vítimas mas com estragos em todo o arquipélago

O primeiro-ministro de Cabo Verde, José Maria Neves, disse esta terça-feira que a passagem do furacão Fred pelo arquipélago deixou cerca de 50 famílias desalojadas e causou estragos em estradas, portos e aeroportos.

Segundo o primeiro-ministro cabo-verdiano, terão ficado desalojadas “cerca de 50 a 60 famílias em todas as ilhas”, devido à passagem do furacão, que entretanto passou a tempestade tropical e se afastou do arquipélago.

José Maria Neves, que falava aos jornalistas em conferência de imprensa após uma reunião interministerial para fazer uma primeira avaliação dos efeitos do furacão em Cabo Verde, adiantou que o Governo está a acompanhar a situação destas famílias.

“Das famílias que estão em escolas porque as suas casas são mais precárias, algumas regressarão às suas casas que não foram danificadas e as situações mais críticas terão respostas imediatas do Governo para apoiar no arrendamento de uma casa ou na reabilitação das suas casas”, disse José Maria Neves.

O primeiro-ministro, que disse não ter uma estimativa financeira dos prejuízos causados pelo furacão, adiantou que a chuva e o vento forte causaram estragos em todas as ilhas.

“Há alguns estragos e infraestruturas danificadas, particularmente nas ilhas do Sal e da Boavista, que foram as mais atingidas, mas há problemas um pouco por todo do país”, disse.

José Maria Neves destacou a destruição do pontão de Santa Maria e a existência de danos no aeroporto, na ilha do Sal, bem como os estragos no aeroporto da Boavista.

Deu conta ainda, a nível global, dos danos registados em várias estradas e habitações, além de cortes de energia e dificuldades nas comunicações.

O primeiro-ministro congratulou-se com o facto de não ter havido vítimas e adiantou que, nos próximos dias, ele próprio e vários ministros do seu Governo estarão no terreno a avaliar os estragos e as intervenções necessárias.

“Felizmente não há perdas humanas, apenas estragos materiais”, disse José Maria Neves, elogiando a resposta da Proteção Civil à situação.

Nos próximos dias, disse, será também feita uma avaliação técnica a todas as infraestruturas portuárias e às estradas para perceber as intervenções necessárias.

O primeiro-ministro adiantou que todos os aeroportos do arquipélago estão já a funcionar e que estão a ser tomadas todas as medidas para repor a navegação marítima.

Em curso estão também, segundo o chefe do Governo, ações para repor a acessibilidade de todas as praias, particularmente nas ilhas turísticas.

José Maria Neves garantiu ainda que o Governo está a trabalhar e “mobilizará recursos para repor a normalidade no país”.

O furacão Fred, que na segunda-feira atingiu Cabo Verde, obrigou ao encerramento dos aeroportos das ilhas de São Vicente, São Nicolau, Sal e Boavista para operações domésticas.

A Proteção Civil colocou o país em alerta, aconselhando a população a manter-se em casa e afastada de locais de risco.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Príncipes da Torre". Um dos crimes mais misteriosos de sempre pode ter sido resolvido

Novas evidências sugerem que Ricardo III pode mesmo ter ordenado o assassinato de dois príncipes em Inglaterra. É talvez uma das maiores histórias de mistério de assassinato da história britânica — um jovem rei e o …

Acordo de Concertação prevê licenças e apoios fiscais à formação

Já se conhecem algumas das medidas previstas no Acordo de Formação Profissional e Qualificações, assinado ontem pelo governo, confederações patronais e UGT. O governo, as confederações patronais e a UGT assinaram, esta quarta-feira, o Acordo de …

Relatório do Novo Banco estilhaça PSD. Pinto Luz sai em defesa de Passos Coelho e critica Rui Rio

Esta quarta-feira, Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, deixou duras críticas ao atual líder do PSD depois de o partido ter aprovado o relatório que acusa o Governo de Pedro Passos Coelho …

Cientistas "encontraram" a válvula de Nikola Tesla nos intestinos de tubarões

Cientistas descobriram que os intestinos de tubarões funcionam de forma semelhante à famosa válvula unidirecional de Nikola Tesla, criada há mais de 100 anos. Pela primeira vez, cientistas fizeram exames 3D de intestinos de tubarão para …

Recolher obrigatório, limitação horária nos restaurantes e restrições por concelho podem acabar hoje

Na reunião de terça-feira no Infarmed, os peritos concluíram haver condições para começar a aliviar algumas das medidas restritivas em vigor. Em Conselhos de Ministros, que se irá realizar hoje, o Governo irá definir novas …

Alerta de tsunami no Alasca depois de sismo de magnitude 8.2

A península do Alasca, a oeste dos Estados Unidos, foi atingida por um sismo de magnitude 8.2 na noite de quarta-feira (7h15 de quinta-feira em Lisboa) e já foi lançado um alerta de tsunami na …

Conselho de Ministros reúne-se para discutir próximos passos no desconfinamento

O Conselho de Ministros reúne-se esta quinta-feira para decidir os próximos passos no processo de abertura do país, dois dias depois de especialistas terem sugerido a evolução das medidas de restrição de acordo com a …

Capacete magnético mostra-se eficaz na redução de tumor cerebral

O diagnóstico de um cancro é sempre complicado, mas há partes do corpo onde a presença da doença pode ser mais ameaçadora. É o caso do glioblastoma, um tipo de cancro cerebral, que se não …

Engenheiros japoneses fizeram levitar objectos com "armadilha acústica"

Engenheiros japoneses descobriram uma forma de fazer pequenos objectos levitar usando apenas ondas sonoras, o que pode ser um passo importante para a tecnologia. A engenharia biomédica, o desenvolvimento de farmacêuticos e a nanotecnologia podem vir …

Juno fez a maior aproximação a Ganimedes das duas últimas décadas (e as imagens são de cortar a respiração)

A NASA divulgou, recentemente, um vídeo da sonda Juno a passar por Júpiter e Ganimedes, uma das suas luas. As imagens são de cortar a respiração. Juno visitou Ganimedes em junho. As imagens foram captadas no …