Encontrado fóssil de aranha com 110 milhões de anos (e os seus olhos ainda brilham no escuro)

Espécies com corpos moles – como as aranhas – não ficam fossilizadas em pedras em comparação com os animais com ossos e dentes. Na maior parte das vezes, estes animais são encontrados preservados em âmbar.

Contudo, de acordo com um novo estudo publicado na revista Journal os Systematic Paleontology, foi encontrado um fóssil de aranha numa área de xisto na Coreia do Sul chamada Formação Jinju do Cretáceo Inferior.

As aranhas fossilizadas encontradas tinhas cerca de 2,5 centímetros, mas o facto mais extraordinário é que os seus olhos ainda brilhavam mesmo depois de tantos milhões de anos terem passado.

“Devido ao facto de que estas aranhas ficaram preservadas em estranhas manchas prateadas na rocha escura, foi imediatamente possível notar que os seus olhos eram muito grandes”, afirmou Paul Selden, membro da equipa, enfatizando que se trata do chamado “tapete brilhante”, uma membrana existente dentro do globo ocular de certos animais, capaz de refletir a luz que entra nos olhos, melhorando a visão noturna dos animais.

Estes aracnídeos viveram no planeta há aproximadamente 110 milhões de anos e usavam esta capacidade da visão durante a caça noturna.

Os fósseis de aranhas são muito raros, já que os animais de corpo mole como os insetos sofrem uma decomposição rápida, por isso muito raramente ficam fossilizados como acontece com o esqueleto dos outros animais.

Segundo o investigador, normalmente, as “aranhas flutuavam, porém neste caso, elas afundaram-se, o que as manteve longe das bactérias em decomposição“.

Além disso, as rochas onde os fósseis foram encontrados estavam cobertas com restos de pequenos crustáceos e peixes, o que sugere que uma floração de algas teria apanhado os fósseis, provocando o seu afundamento.

A descoberta dos insetos conservados na rocha ajudou os cientistas a descobrirem pela primeira vez as características anatómicas das aranhas que viveram há milhões de anos. Já os olhos em forma de canoa do aracnídeo ajudará os investigadores na identificação da árvore evolutiva destes insetos.

ZAP // Sputnik News

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho que quinto parágrafo.

    A preservação ocorreu pelo fato de ter havido uma fossilização rápida. E não uma morte lenta e natural.

    Quanto ao brilho dos olhos…creio que talvez seja pelo fato de que não se passaram “milhões” de anos.

RESPONDER

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …

Depois do coro de críticas, brasões da Praça do Império passam do jardim para a calçada

Os brasões florais que representam as capitais de distrito e as ex-colónias portuguesas vão mesmo ser retirados da Praça do Império, em Lisboa, mas passarão a estar representados em pedra da calçada. É a solução …

Vulcão, La Palma

Aeroporto de Las Palmas inoperacional devido à acumulação de cinzas

O aeroporto de La Palma, na Ilha de Tenerife, nas Canárias, está inoperacional por acumulação de cinzas, resultante da erupção do vulcão Cumbre Vieja, informou hoje a empresa gestora dos aeroportos e do tráfego aéreo …

Siza Vieira reforça que é "trabalho" dos Bancos discutir com os clientes o reembolso das moratórias

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, reforça que cabe aos Bancos "discutir com os seus clientes que têm moratórias nos sectores mais afectados" pela pandemia o reembolso das dívidas após o fim destes mecanismos …

Domingos Soares de Oliveira de saída do Benfica

Além de João Varandas Fernandes e José Eduardo Moniz, o administrador Domingos Soares de Oliveira também não vai integrar a lista de Rui Costa para as próximas eleições. Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato …

Depois do Bayern, Barcelona também está atento a Luis Díaz

Luis Díaz continua a somar boas exibições e clubes interessados na sua contratação. Agora fala-se do desejo do Barcelona em contratar o colombiano em janeiro. Luis Díaz atravessa um momento de forma excecional ao serviço do …