Família do condutor do Porsche condenada a pagar dez milhões à filha de Paul Walker

(dr) Meadow Walker

Meadow tinha 14 anos quando Paul Walker morreu

Meadow tinha 14 anos quando Paul Walker morreu

Meadow Walker, de 17 anos, única filha do ator Paul Walker, que morreu vítima de um acidente de carro em novembro de 2013, vai receber cerca de dez milhões de dólares, montante proveniente de parte da herança de Roger Rodas.

Roger Rodas dirigia o Porsche em que seguia Paul Walker, protagonista da saga “Velocidade Furiosa”, e no qual foram vítimas de um acidente fatal a 30 de novembro de 2013,

O anúncio do acordo foi feito por Jeffrey Milam, advogado da jovem.

“A quantia paga pelo património de Roger Rodas a Meadow Walker cobre apenas uma parte do rendimento que o pai teria conquistado enquanto estrela de cinema internacional, que teve sua vida interrompida de forma trágica”, refere o comunicado oficial divulgado por Milam.

No mesmo documento pode ainda ler-se que “o motorista do carro teve culpa parcial pelo acidente” e por isso está ainda pendente a decisão de um outro processo “que opõe a filha do ator à Porsche” e que procura responsabilizar a conceituada marca “por produzir um veículo com defeito que causou a morte de Paul Walker”.

Dos 10 milhões que a jovem vai receber por parte de Roger Rodas, cerca de três milhões vão diretamente para gastos e honorários de advogados envolvidos no caso.

Rodas, antigo piloto de corridas de automóvel, era amigo de Walker e seu consultor financeiro. Eram co-proprietários de uma equipa de automobilismo.

O acidente ocorreu no regresso de uma acção de solidariedade, “Reach Out Worldwide”, em prol das vítimas do furacão Haiyan, que assolou em 2013 as Filipinas.

Meadow, na altura com 15 anos, encontrava-se no evento e terá assistido ao acidente.

Os médicos legistas confirmaram que o actor morreu devido a após “lesões traumáticas e térmicas” sofridas na sequência do impacto e da explosão. Não foi encontrado nenhum traço de álcool nem de drogas nos corpos de Walker ou Rodas.

Num outro processo, apresentado em setembro de 2015, Meadow Walker processou a Porsche por homicídio.

De acordo com a acção apresentada pela filha do actor, o carro estava a uma velocidade entre os 101 a 114 quilómetros por hora quando o condutor, Roger Rodas, perdeu o controlo do veículo.

O processo alega que o incêndio no automóvel começou apenas um minuto e 20 segundos após o impacto, altura em que Walker ainda estaria vivo.

Os advogados de Meadow defendem que a fabricante de automóveis sabia que o Carrera GT tinha “uma história de instabilidade” e que o acidente poderia ter sido evitado se o carro tivesse um sistema de estabilização.

Também a viúva de Roger Rodas abriu em Maio do ano passado um processo contra a Porsche.

ZAP / Move

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Americanos; sempre a bater recordes de estupidez!…
    Primeiro atacaram a Porsche, agora a família do dono do Porsche!…
    Enfim…

RESPONDER

PAN defende atribuição de cartão de cidadão a sem-abrigo

A iniciativa recomenda ao executivo socialista, liderado por António Costa, que seja atribuído "um cartão de identificação a todos aqueles que não têm uma casa ou um teto". O PAN apresentou na Assembleia da República um …

Governo quer criar regras especiais para alunos do profissional acederem ao Ensino Superior

O Governo quer criar um modelo de acesso específico para alunos do ensino profissional que queiram prosseguir estudos superiores, uma proposta que chegou a estar desenhada na anterior legislatura, mas que ainda não avançou. Segundo noticiou …

Menos de metade dos médicos do SNS trabalha em regime de exclusividade

Menos de metade (42,9%) dos médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) trabalha em regime de exclusividade, avança o Jornal de Notícias, citando números da Administração Central dos Serviços de Saúde.  Segundo dados apresentados esta quinta-feira …

Grávidas e crianças até aos 10 anos não devem comer peixe-espada e atum, recomenda Espanha

A Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição publicou novas recomendações no final de outubro para o consumo de determinados tipos de pescado, nomeadamente o atum e o peixe-espada, tubarão ou cação e Lúcio. Em causa …

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …

Só o Governo prevê uma aceleração em 2020. OCDE também está pouco otimista (e deixa um conselho a Centeno)

A economia portuguesa vai abrandar nos próximos anos, segundo antecipa a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). No Economic Outlook publicado esta quinta-feira, as previsões para a economia nacional aponta para um crescimento …

Trump exige que se pare "a caça às bruxas" em reação a testemunho de embaixador

"Esta caça às bruxas deve parar agora. Tão prejudicial para o nosso país!", escreveu Donald Trump no Twitter, em reação ao testemunho do seu embaixador da União Europeia. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou …

Seis embaixadores portugueses mudam de países

Há seis embaixadores portugueses que vão mudar de cidade. O Presidente da República já assinou o decreto que rege a nomeação de novas chefias para tutelar as embaixadas de Portugal em Berlim, Madrid, Praga e …

Rúben Dias pede dois milhões por ano. Vieira não está disposto a pagar tanto

A negociação de contrato entre Rúben Dias e o SL Benfica atingiu um impasse. O jogador não se contenta com um salário inferior a dois milhões de euros líquidos por ano, mas Vieira não está …

Secretarias de Estado instaladas em "casa" dos governantes

As três secretarias de Estado que ficarão fora de Lisboa serão instaladas nas terras natal dos seus respetivos governantes. Esta medida do Governo faz parte de um esforço de descentralização. O Governo decidiu avançar nesta legislatura …