Família de Angélico não chega a acordo com stand

A tentativa de conciliação entre a família do cantor Angélico Vieira e o stand Impocar falhou hoje, depois de as partes não terem chegado a acordo na audiência prévia que teve lugar no Tribunal da Póvoa de Varzim.

O processo em que a família do cantor exige ao stand 134.500 euros, referente ao valor de dois carros – um Ferrari 131 e um Audi A4 -, vai, assim, prosseguir, até porque os responsáveis do Impocar alegam que Angélico Vieira não pagou o BMW 635 ao volante do qual morreu, em 2011.

O advogado da Impocar, João Magalhães, afirmou que Angélico Vieira, além de não ter pago o carro que conduzia na altura do acidente, no valor de 150 mil euros, também não liquidou reparações, no valor de 30 mil euros, noutros dois automóveis.

A família de Angélico alega que o proprietário do stand falsificou o contrato de compra e venda do BMW e exige que lhe seja devolvido o valor das duas viaturas que o ator terá dado para troca (134.500 euros).

O proprietário diz que todos os contratos foram integralmente cumpridos.

Nesta sessão, que foi também de apresentação de provas, João Magalhães revelou que houve “a contraposição de alguns valores que os pais de Angélico Vieira desconheciam”: “Naturalmente, é sempre difícil ser-se confrontado com algo que não se sabe”.

O causídico acrescentou que a estratégia foi “reservar até ao último minuto a revelação dessas situações, designadamente de viaturas que o senhor Angélico Vieira tinha comprado e liquidado à Auguscar [atual Impocar] para algumas estrelas da ribalta das telenovelas portuguesas”.

No entanto, o advogado da Impocar revelou que, se a família aceitar pagar os 20 mil euros, custo da reparação da caixa de velocidades do Ferrari que Angélico Vieira tinha antes do BMW, chega-se a acordo.

A proposta foi recusada pelo advogado da família, que não quis prestar declarações aos jornalistas.

O processo seguirá agora para um outro juiz, que depois conduzirá ao coletivo.

O cantor e ator Angélico Vieira morreu no Hospital de Santo António, no Porto, dias após o acidente que ocorreu na A1, quilómetro 258,909, sentido norte-sul, pelas 03:15 de 25 de junho de 2011, provocando também a morte do passageiro Hélio Filipe e ferimentos nos ocupantes Armanda Leite e Hugo Pinto.

As autoridades concluíram que a viatura se despistou na sequência do rebentamento de um pneu, na altura em que o veículo seguia a uma velocidade entre 206,81 e 237,30 quilómetros horários e que Angélico, assim como o outro passageiro da frente, seguiam com cinto de segurança.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Manchas gigantes de Betelgeuse podem explicar o seu estranho escurecimento

As manchas gigantes da estrela Betelgeuse podem estar por detrás do estranho escurecimento que esta estrela tem vindo a experimentar, segundo uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Max Planck, na Alemanha. …

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …