A “mais bonita” fábrica portuguesa de calçado faliu

Leather Spa / Facebook

Produzia 1.300 pares de calçado por dia e colecionava prémios na área da inovação. Mas os salários em atraso de 130 trabalhadores e a dívida de 5,3 milhões de euros ditaram a falência da empresa.

Foi na passada terça-feira que os credores da Abreu & Abreu, a empresa detentora da unidade industrial em Felgueiras onde eram fabricados os sapatos da marca própria Goldmud, deram ordem para a liquidição dos ativos no Tribunal de Amarante, segundo o Negócios.

Paulo Gonçalves, diretor de comunicação da associação dos industriais portugueses de calçado, garantiu que esta era a falência da “mais bonita fábrica do setor”. E Carlos Pereira, dirigente sindical, concorda: “A mais bonita em tudo – o edifício, em termos de máquinas e de condições de trabalho”.

No entanto, mais fatalista é Miguel Abreu, administrador e filho de um dos fundadores da Abreu & Abreu. “A mais bonita? Isso vale o que vale, agora está como está. Não valeu de nada”, disse ao confirmar que a empresa faliu com dívidas a um total de 357 credores.

E a fábrica chegou a esta situação por um “catapultar de situações, todas ao mesmo tempo, e, de repente, entrámos no abismo“. Miguel adiantou que foi sobretudo o “investimento realizado na fábrica e a falta de apoio da banca à nossa tesouraria, que estava estrangulada”, que levou a empresa ao tapete.

Há cerca de dois anos, a Abreu & Abreu investiu “mais de um milhão de euros” na deslocalização da fábrica de Lousada para Felgueiras, onde tinha adquirido uma unidade fabril, e que permitiu quase duplicar a capacidade de produção de 700 para 1.300 pares por dia.

“De resto, esta indústria, ao contrário do que se pensa, não está assim tão fácil. O mercado está muito instável, a meteorologia está toda ao contrário, o sistema de vendas está diferente, temos o online – enfim, tudo está a mudar, e nós fomos apanhados no meio desta rede”, explicou o gestor. Entretanto, contou, “passámos as encomendas que tínhamos a outras empresas sem receber nada em troca, apenas para satisfazer os nossos clientes”.

Quanto aos 130 trabalhadores da Abreu & Abreu, que tinham suspendido o contrato de trabalho em janeiro, porque “não tinham recebido o salário de dezembro nem metade do subsídio de férias”, Carlos Pereira afiançou que o recurso ao subsídio de desemprego foi um mero formalismo. “Não foram engrossar o desemprego em Felgueiras. Aqui, no sector do calçado, o desemprego é nulo. Já estão todos empregados noutras fábricas”, assegurou.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Médicos italianos investigados por homicídio negligente de Davide Astori

Dois médicos italianos estão a ser investigados por homicídio negligente na morte de Davide Astori, jogador e capitão da Fiorentina que morreu no passado mês de março na sequência de uma paragem cardiorrespiratória. A notícia, avançada …

Foi a gota de água. Passageiros "em desespero" invadiram barco da Transtejo

Uma dezena de passageiros invadiu, nesta terça-feira de manhã, um barco da Transtejo que faz a ligação entre o Seixal e o Cais do Sodré, em Lisboa. Foi o "desespero" pelos sucessivos atrasos que levam …

Hipatia, a primeira matemática da História, morreu de forma brutal (e ninguém sabe porquê)

O assassinato brutal de Hipatia está envolvo em mistério. E o enigma não é quem cometeu o crime, nem como, mas sim porquê. Em meados do primeiro milénio, uma mulher erudita foi despedaçada por uma multidão …

Freiras desviaram 500 milhões de escola católica para jogar em Las Vegas

Duas freiras norte-americanas admitiram terem desviado fundos escolares estimados em 500 milhões de dólares para realizarem viagens aos casinos de Las Vegas, anunciou na segunda-feira a arquidiocese de Los Angeles. O desvio de fundos destinados a …

Greve dos enfermeiros. “Não posso garantir” que não haja pessoas a morrer, diz bastonário

Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, esteve na segunda-feira reunido com vários diretores clínicos de hospitais afetados pela greve dos enfermeiros da área cirúrgica. À saída, foi questionado: "Pode garantir que não haja doentes a …

PJ faz buscas na Inspecção-Geral de Finanças após denúncias de subornos

Inspectores da Unidade de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária (PJ) estão a realizar buscas na Inspecção-Geral de Finanças (IGF) em Lisboa, e em instalações dos ministérios das Finanças e da Defesa e também da …

Empresa que facturou 16 milhões tem sede num casebre sem luz

Uma empresa que facturou 16 milhões de euros em 2012 tem como sede uma casa em ruínas, sem electricidade e quase sem janelas, em Mira. Suspeita-se da ligação a uma fraude fiscal com a exportação …

Bruno de Carvalho suspeito de tirar meio milhão de euros ao Sporting

Duas avultadas transferências de dinheiro, que saíram do Sporting a 24 de junho, estão sob suspeita. Estão em causa cerca de meio milhão de euros que terão sido pagos a duas construtoras. Não se sabe exatamente …

Voyager 2 da NASA já entrou no espaço interestelar

Pela segunda vez na história, um objeto feito pelo homem alcançou o espaço entre as estrelas. A sonda Voyager 2 da NASA saiu da heliosfera - a bolha protetora de partículas e campos magnéticos criada …

Bombeiros não informaram Proteção Civil de 50% das ocorrências

O corte de relações entre os bombeiros voluntários e a Proteção Civil está a fazer-se sentir. Os bombeiros não informaram a Proteção Civil de 50% das ocorrências no país. A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) …