Ex-agente da CIA abandona Itália por temer pela vida

A antiga agente da CIA Sabrina de Sousa abandonou Itália, onde se encontrava a cumprir uma pena de trabalho comunitário, por temer pela vida. Vai regressar aos Estados Unidos.

Em declarações ao jornal italiano Corriere Della Sera, a ex-espia, que tem nacionalidade portuguesa e norte-americana, afirmou que decidiu sair de Itália depois do Secretário de Estado Mike Pompeo e a diretora da CIA Gina Haspel terem ido a Roma numa visita oficial este mês.

“Fiquei aterrorizada pelas consequências que poderia enfrentar. A chegada de Haspel a Itália veio confirmar ao Governo italiano que a Administração norte-americana lavou as mãos no meu caso. A última vez que um diretor da CIA, John Brennan, visitou Portugal, acabei na prisão”, afirmou ao jornal italiano.

Sabrina de Sousa declarou ainda que deverá fazer novas revelações no seu caso dadas as recentes alterações do chamado Whistleblower Act – a lei norte-americana que permite, segundo explica o semanário Expresso, a proteção de denunciantes que expõem informações secretas.

Em 2017, uma juíza concedeu a Sabrina de Sousa a liberdade condicional para substituir a prisão onde ela deveria permanecer por três anos. Agora, alguns meses depois, a ex-espia preferiu violar as suas obrigações e regressar aos Estados Unidos. A Itália poderá pedir a sua prisão nos Estados Unidos e a subsequente extradição.

Sabrina de Sousa cumpria uma pena de trabalho a favor da comunidade, pelo rapto do clérigo radical islâmico Abu Omar, em 2003. Foi a única operacional da CIA condenada no caso.

A ex-agente da CIA, detida em 2015 em Portugal ao abrigo de um pedido de extradição para Itália, foi libertada em março de 2017 por decisão do Tribunal da Relação de Lisboa, após o Presidente italiano, Sergio Mattarella, ter concedido um perdão de um ano à pena de quatro anos de prisão aplicada a Sabrina de Sousa, em julgamento à revelia, pelo rapto do clérico radical.

O Tribunal da Relação de Lisboa determinou que Sabrina de Sousa fosse “colocada imediatamente em liberdade”, por solicitação das autoridades transalpinas, uma vez que, pela lei italiana, as penas até três anos podem ser substituídas por trabalho a favor da comunidade.

A diminuição da pena de prisão levou o procurador de Milão, titular do processo de Sabrina de Sousa, a revogar o Mandado de Detenção Europeu, cancelando a extradição da ex-agente da CIA.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …