Os poluentes atmosféricos entram no nosso corpo pela pele

Um estudo norte-americano mostrou que certos poluentes podem entrar no nosso corpo, não só através do ar que respiramos, mas também a partir da nossa pele.

Todos sabemos que, em áreas muito poluídas, devemos evitar inalar quaisquer tipo de toxinas presentes no ar. Porém, um novo estudo, publicado na Environmental Health Perspective, revelou que alguns poluentes atmosféricos, chamados de ftalatos, podem ser igualmente absorvidos pela nossa pele, tal como se os estivéssemos a respirar.

Os ftalatos são um grupo de produtos químicos “semi-voláteis”, geralmente usados ​​para tornar o plástico mais flexível, mas também funcionam como agentes de dissolução para outro tipo de materiais.

Encontrados em todo o tipo de cosméticos, fragrâncias e em produtos de limpeza, esta substância deriva do petróleo e estima-se que sejam produzidos cerca de dois milhões de toneladas por ano a nível mundial.

Desta forma, entrar em contacto com este material é bem mais fácil do que pensávamos. Como afirma John Kissel, responsável pelo estudo e professor na Universidade de Washington, é como se a nossa pele fosse uma esponja que absorve estes poluentes.

Classificados como “disruptores endócrinos”, os ftalatos afetam o nosso sistema hormonal e podem estar presentes no nosso corpo a partir do sangue, da urina e até mesmo do leite materno.

Kissel e a sua equipa de investigação queriam perceber este efeito da “absorção dérmica”, por isso, através de uma amostra de seis voluntários saudáveis do sexo masculino, expuseram-nos a uma área com concentrações elevadas de dois tipos de ftalatos: ftalato de dietilo (DEP) e di (n-butil) ftalato (DNBP).

Os seis voluntários foram expostos aos produtos químicos durante um período de 6 horas, numa câmara especial. Primeiro, usaram máscaras de respiração especializadas que os impediu de inalar qualquer um dos ftalatos, e, posteriormente, foram para outra câmara sem essas mesmas máscaras.

Além de só poderem usar calções de banho durante essa exposição, os voluntários também foram proibidos de usar qualquer produto de higiene pessoal doze horas antes de entrar nas câmaras e a urina só foi recolhida 66 horas depois.

A equipe descobriu então que a absorção do DEP através da pele foi de quase 10% mais elevada do que por inalação. Também a absorção de DNBP foi de 82% superior.

A amostra é pequena mas os investigadores querem continuar a estudar este fenómeno, também para perceber como esta absorção pode afetar a nossa saúde. O estudo relacionou certos resultados a doenças como alergias, asma e até cancro da mama, fatores que necessitam ainda de ser testados.

Por isso mesmo, em vários países europeus, assim como nos Estados Unidos, os ftalatos já estão a ser proibidos, embora ainda não haja uma regulação bem definida.

HypeSience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Pois vou informar-vos onde podem encontrar disruptores endócrinos, que tocamos todos os dias e que ninguém se apercebe: os talões das máquinas registadoras. Bastam dois segundos de toque para permanecer na pele e ser absorvido depois. Pior mesmo se vamos tocar em comida e levar os dedos à boca…
    Pesquisem.

RESPONDER

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …

Apple e Google removem das suas lojas de aplicações um dos jogos mais populares do mundo

As gigantes tecnológicas Apple e Google removeram esta semana das suas lojas de aplicações, a App Store e a Google Play Store, respetivamente, o Fortnite, um dos jogos mais populares de todo o mundo. As …

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …