Novo estudo explica porque é que os cegos ouvem tão bem

Vários estudos mostraram que pessoas que ficaram cegas no início da sua vida podem experimentar poderes auditivos aprimorados em comparação com pessoas com visão.

Pela primeira vez, uma experiência pode ter revelado a base neural desse fenómeno. A suposição comum de que pessoas sem visão têm uma audição superior não é apenas uma suposição: é corroborado por um conjunto de estudos que demonstra isso, além de outras vantagens que a condição parece conferir.

Mas enquanto os cientistas sabem há muito tempo que as pessoas com cegueira precoce têm uma audição mais aprimorada ou precisa, os mecanismos cerebrais que o permitem permanecem longe de serem compreendidos.

“Existe a ideia de que os cegos são bons em tarefas auditivas, porque têm que abrir o seu caminho no mundo sem informações visuais”, disse a neurocientista Ione Fine, da Universidade de Washington. “Queríamos explorar como isto acontece no cérebro”.

Para esse fim, Fine e a sua equipa usaram imagens de ressonância magnética funcional (fMRI) para examinar a atividade no córtex auditivo – a parte do cérebro que processa a informação auditiva – em pessoas cegas e num grupo de controlo de pessoas com visão.

Quatro dos participantes cegos tinham cegueira de início precoce e cinco tinham a condição de anoftalmia – uma condição oftalmológica rara, caraterizada pela ausência de um ou ambos os olhos.

Na experiência, os participantes ouviram uma série de tons puros a ressoar em frequências diferentes, enquanto um dispositivo de ressonância magnética gravou a sua atividade cerebral. Um grupo de controlo passou pelo mesmo procedimento.

Quando os investigadores analisaram os resultado descobriram que as pessoas cegas tendiam a processar os tons numa largura de banda mais estreita e precisa do que os indivíduos com visão, sugerindo que o seu senso de frequência no córtex auditivo era mais refinado do que o grupo sem cegueira.

“O nosso estudo mostra que os cérebros dos indivíduos cegos são mais capazes de representar frequências”, explica Kelly Chang, uma dos integrantes da equipa. “Para uma pessoa com visão, ter uma representação precisa do som não é tão importante porque têm visão para ajudar a reconhecer objetos, enquanto indivíduos cegos só têm informações auditivas. Isso dá uma ideia de que mudanças no cérebro explicam por que as pessoas cegas são melhores a identificar sons no ambiente”.

A equipe sugere que os resultados chegam à primeira evidência de mudanças sistemáticas no ajuste neural no córtex auditivo humano como resultado da cegueira. A maneira como o córtex auditivo desenvolve a forma de neuroplasticidade permanece desconhecido, mas no artigo publicado na revista The Journal of Neuroscience, a equipa especula que poderia ser “uma adaptação ao desenvolvimento da cegueira precoce, os efeitos contínuos da privação visual e ou demandas auditivas diferenciais que resultam da cegueira”.

Estudos futuros poderiam ajudar a chegar mais perto de entender a base das adaptações auditivas do cérebro mas, pelo menos por enquanto, os cientistas têm um novo alvo a ser examinado, mesmo que ainda haja muito a aprender. “Em indivíduos cegos, precisam de ser extraídas do som mais informações – e essa região parece desenvolver capacidades aprimoradas como resultado”, explicou Fine.

“Isto fornece um exemplo elegante de como o desenvolvimento de habilidades dentro do cérebro infantil é influenciado pelo ambiente em que crescem.”

PARTILHAR

RESPONDER

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …