Envolvido em escândalo financeiro, cardeal Becciu renunciou ao cargo no Vaticano

Claudio Peri / EPA

O prefeito da Congregação da Causa dos Santos, o cardeal Angelo Becciu, resignou esta quinta-feira ao cargo e aos seus direitos enquanto cardeal, numa altura em que vê o seu nome envolvido num escândalo financeiro, adiantou a Associated Press (AP).

Numa declaração emitida ao final da tarde, o Vaticano não deu pormenores sobre as razões que levaram o Papa Francisco a aceitar a resignação do cardeal.

No anúncio de apenas uma frase, o Vaticano apenas comunicou a renúncia de Becciu e a perda de direitos cardinalícios associados.

Becciu foi implicado num escândalo financeiro que envolve negócios imobiliários em Londres, no qual a sede da Igreja Católica perdeu milhões de euros em comissões pagas a intermediários.

Há um ano, o jornal britânico Financial Times divulgou que o Vaticano tinha estado a investigar um investimento de 200 milhões de dólares (180 ME), considerado pouco transparente, que envolveu o empresário angolano António Mosquito.

A Secretaria de Estado do Vaticano recorreu a consultores externos, em 2012, para realizar um empréstimo de 200 milhões de dólares, com fundos que tinha em contas bancárias suíças, à Falcon Oil, uma empresa petrolífera angolana, controlada pelo conhecido empresário de Angola António Mosquito, também com negócios em Portugal.

Porém, depois de ter decidido não conceder o empréstimo à Falcon Oil, a Secretaria do Vaticano decidiu investir a verba, juntamente com um fundo italiano com sede em Londres, na compra de uma participação minoritária num imóvel que aquela entidade financeira já tinha no exclusivo bairro londrino de Chelsea.

O negócio imobiliário de Londres foi o objecto da investigação judicial do Vaticano, no decurso da qual a polícia do Vaticano apreendeu documentos e computadores dos escritórios da Secretaria de Estado.

O Vaticano recusou-se a comentar o conteúdo da investigação, limitando-se a informar que foram investigadas transacções financeiras passadas.

O empresário angolano António Mosquito, que foi accionista de referência da Global Média, proprietária entre outros títulos do Diário de Notícias, Jornal de Notícias e da rádio TSF, e possuiu a maioria do capital da construtora Soares da Costa, aproximou-se directamente do Vaticano para propor um investimento de 200 milhões de dólares (180 ME), disse uma autoridade sénior do Vaticano.

António Mosquito conhecia o cardeal Giovanni Angelo Becciu, desde que este fora embaixador do Vaticano em Angola, entre 2001 e 2009.

A Falcon Oil e o empresário Mosquito não responderam ao pedido do FT de um comentário sobre esta investigação, escreve o jornal.

Até 2018, o cardeal Becciu era o segundo mais alto funcionário da Secretaria de Estado do Vaticano, reportando directamente a Bento XVI e, mais tarde, ao Papa Francisco.

A realização do investimento imobiliário de Londres foi autorizada por aquele cardeal, disseram fontes directamente envolvidas na operação.

Em maio de 2018, o Papa Francisco nomeou o arcebispo italiano Angelo Becciu para prefeito da Congregação da Causas dos Santos, sucedendo ao cardeal Angelo Amato, no cargo desde 2008.

Becciu, que desde 2011 foi o substituto dos Assuntos Gerais do Secretário de Estado da Santa Sé, já tinha sido núncio apostólico em Angola, em 2001, e em Cuba, entre 2009 e 2011 e foi nomeado cardeal em junho de 2018.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ventura tem "receio" que partido seja ilegalizado

Este domingo, o Chega vai organizar uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura admitiu ter um "receio muito significativo". O Observador avança que a manifestação tem início no Príncipe Real, passa pelo Tribunal Constitucional …

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …

Portugal bateu recorde de vacinação no sábado. Foram administradas 120 mil vacinas

Este sábado, Portugal registou um recorde diário de pessoas vacinadas contra a covid-19. No total, foram administradas 120 mil doses da vacina. De acordo com os números avançados pela task force responsável pelo plano de vacinação, …

Os milionários estão a fugir de Nova Iorque

A cidade de Nova Iorque está a preparar-se para enfrentar para um êxodo dos seus residentes mais ricos após as autoridades terem aprovado um orçamento que fará com que paguem a maior taxa de impostos …