Encontradas 40 crias de tigre mortas num templo na Tailândia

O templo budista onde foram encontradas as crias já foi acusado várias vezes de ser um centro de tráfico de animais.

40 crias de tigre foram encontradas na madrugada desta quarta-feira mortas numa arca congeladora do templo budista Wat Pha Luang Ta Bua, na província de Kanchanaburi, na Tailândia.

O templo é conhecido por usar os felinos como atração turística e já foi acusado por diversos ativistas de funcionar como um centro de tráfico de animais.

Apesar de o local não cobrar entrada, os visitantes são convidados, caso paguem uma determinada taxa, a alimentar os animais e a tirar fotografias com eles.

Além das crias, foram encontradas na mesma arca partes de corpos de outras espécies, revelou à BBC Tom Taylor, da Wildlife Friends Foundation.

“As crias deviam ter algum valor para o templo querer preservá-las. Mas agora a principal razão eu não sei dizer”, disse ainda Adisorn Nuchdamrong, do Departamento de Parques Nacionais da Tailândia, à agência Reuters.

As autoridades tailandesas já iniciaram uma operação para retirar todos os tigres vivos dos 137 que vivem no templo.

Desde 2001 que se trava uma batalha contra os monges para confiscar os animais, depois das várias denúncias de tráfico de animais selvagens e de maus tratos.

Os monges não podem comentar o caso mas desde sempre têm negado que tenham cometido qualquer crime.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O povo Tailandês por vezes me dá nojo.
    Sei que não devo generalizar mas cada vez me está mais difícil….
    São todos iguais, até mesmo de onde jamais se esperaria.

    Lamentável!
    Que desilusão.

Responder a Telma Cancelar resposta

Presidente promulga lei que lança app Stayaway Covid

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma que estabelece o responsável pelo tratamento dos dados e regula a intervenção do médico no sistema 'Stayaway Covid'. À margem de uma visita a Lagoa, no Algarve, …

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …