Empresas entregam providência cautelar contra greve dos motoristas

António Cotrim / Lusa

Algumas empresas de transporte, representadas pelo advogado Carlos Barroso, vão entregar uma providência cautelar contra a greve dos motoristas de matérias perigosas ao trabalho suplementar entre 7 e 22 de setembro por considerarem que está “ferida de legalidade”.

Não foram reveladas quantas, e quais, empresas estão envolvidas nesta ação. Num comunicado, citado pelo Eco, as empresas defendem que a cláusula 61 (relativa à isenção de horário e que garante o pagamento de apenas duas horas extraordinárias, independentemente de serem feitas só essas 2 horas extra ou mais) substitui “o regime de trabalho suplementar”, logo, “não há lugar à aplicação deste instituto jurídico”.

Na visão das empresas, não há no setor o regime de trabalho suplementar, e por isso não pode haver greve.  “O SNMMP veio anunciar a apresentação de um novo pré-aviso de greve, que inclui a recusa à prestação de trabalho suplementar em dias úteis”, refere o comunicado.

Carlos Barroso argumenta, porém, que “os motoristas, nos termos da convenção coletiva em vigor, estão sujeitos ao regime previsto na cláusula 61.ª, que, resumidamente, prevê uma isenção de horário de trabalho, com o pagamento da respetiva compensação pecuniária”.

“Entendemos que, relativamente aos dias úteis, a greve anunciada está ferida de legalidade e a recusa em executar os serviços que forem determinados, dentro dos limites legais dos tempos de trabalho, constitui uma infração disciplinar, para além da perda do direito ao pagamento do valor dessa compensação prevista na cláusula 61.ª.”

O escritório de Carlos Barroso vai, assim, “intentar uma nova providência cautelar junto do Tribunal do Trabalho de Lisboa”, à semelhança do que já tinha feito em agosto, quando cinco transportadoras apresentaram uma providência cautelar a pedir a ilegalidade do pré-aviso de greve dos motoristas.

Também aí Carlos Barroso não quis revelar as empresas que representa, referindo apenas, segundo a Lusa, que três empresas são de matérias perigosas e duas de carga geral – uma que atua sobretudo no setor da distribuição e outra em contentores e atividade portuária.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …

Interpol alerta para ameaça do crime organizado ligado às vacinas. Falsificações podem ser fatais

A Interpol emitiu um alerta global aos perigos de burlas à volta da nova vacina para a covid-19. As falsificações podem ser lucrativas para os criminosos e fatais para quem as usar. A Interpol emitiu um …

Alguns distritos de Portugal continental e Madeira com avisos meteorológicos até domingo

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir de hoje e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de …

R abaixo de 1 em Portugal. Um milhão de pessoas pode já ter tido contacto com o vírus

Um doente covid-19 em Portugal está a infetar, em média, menos de uma pessoa, segundo dados do Instituto Ricardo Jorge revelados esta quinta-feira, que mostram que o Rt voltou a estar abaixo do 1. “Atualmente, o …

EUA aprovam legislação que pode excluir firmas chinesas do seu mercado de capitais

O Congresso norte-americano aprovou esta quinta-feira legislação que força as empresas chinesas a saírem dos índices bolsistas norte-americanos a menos que cumpram as regras de contabilidade nos Estados Unidos. A legislação, que pode afetar dezenas de …