/

Elon Musk é administrador do Twitter (mas pode ter violado a lei)

1

Anúncio feito pelo director-executivo do Twitter. Parag Agrawal acredita que o milionário vai acrescentar “muito valor” à rede social.

Numa semana, Elon Musk anuncia que poderá criar uma rede social, entre críticas sérias ao Twitter. Na semana seguinte, Elon Musk surge na lista de administradores do Twitter.

Parag Agrawal, director-executivo daquela rede social, anunciou nesta terça-feira que o milionário, proprietário da SpaceX e da Tesla (entre outros cargos), passou a integrar a administração do Twitter.

“Estou entusiasmado por partilhar que Elon Musk entrou na nossa administração! Após conversas com Elon ao longo das últimas semanas, ficou claro para nós que ele vai acrescentar muito valor à nossa administração”, justificou Parag.

Elon Musk ficará como administrador do Twitter, no mínimo, até 2024. Uma novidade que surge um dia depois de ter sido revelado que o milionário passou a ter 9,2% das acções da plataforma – passou a ser o maior accionista na empresa.

Uma aquisição que pode ter quebrado a lei norte-americana: estes negócios têm de ser anunciados oficialmente, no máximo, 10 dias depois da sua concretização; algo que Musk não terá cumprido, porque a compra foi concretizada no dia 14 de Março e só terá sido divulgada no início de Abril.

Elon Musk garantiu espera ajudar a rede social a ter “melhorias significativas ao longo dos próximos meses”.

Há pouco mais de uma semana, Elon Musk comentou que estava a pensar “seriamente” sobre a criação de uma nova rede social, depois de ter considerado que o Twitter não é “rigoroso” no que diz respeito à liberdade de expressão.

“O Twitter funciona como praça pública da cidade. Se falha em aderir ao princípio da liberdade de expressão, basicamente isso mina a democracia. O que deveria ser feito?”, questionou.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.