“Eficácia não justifica”. França deixa de comparticipar medicamentos homeopáticos

A ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, anunciou que as comparticipações de tratamentos homeopáticos vão terminar até 2021, por demonstrarem “eficácia científica suficiente para justificarem a comparticipação”.

A França vai deixar, até 2021, de comparticipar medicamentos homeopáticos, por “falta de eficácia”.  “Decidi dar início ao processo para acabar com esta comparticipação”, afirmou a  ministra da Saúde francesa, Agnes Buzyn, ao Le Parisien.

A decisão do governo francês surge depois de um oficial recentemente tornado público ter concluído que não há evidências de suficiente eficácia destes produtos farmacêuticos.

Até agora, os produtos homeopáticos eram reembolsados em França a 30%. A partir de 1 de janeiro do próximo ano, passarão a ter um reembolso de 15%, e em 2021 a taxa cairá para zero. Este período de transição permitirá “um tempo para a pedagogia”,  para os pacientes e para “os industriais se organizarem”, explica a ministra da Saúde.

Os laboratórios pediram uma “moratória” sobre esta questão e um “debate parlamentar”, após a publicação em junho de um relatório científico da Alta Autoridade de Saúde (HAS). A agência, encarregada de avaliar estes medicamentos, concluiu que os produtos homeopáticos não tinham “demonstrado cientificamente uma eficácia suficiente para justificar um reembolso”.

De acordo com um estudo realizada em outubro de 2018 pela consultora francesa Ipsos, mais de metade dos franceses já usou produtos homeopáticos “várias vezes”.

Segundo a AFP, o ano passado a homeopatia representou 126,8 milhões de euros num total de cerca de 20 mil milhões de euros para o conjunto de medicamentos reembolsados, segundo a previdência social.

Na Europa, o estatuto da homeopatia varia significativamente. Na Alemanha é amplamente praticada e reembolsada, e está praticamente ausente no sistema público de saúde britânico, que em 2017 recomendou que os médicos deixassem de a prescrever.

Na Espanha é pouco praticada. O governo de Madrid, que se posicionou abertamente contra a prática, lançou o ano passado um plano para lutar contra as “pseudoterapias”.

Após o anúncio de Agnes Buzyn, o grupo francês Boiron, líder mundial em homeopatia, pediu para ser recebido com “urgência” pelo presidente Emmanuel Macron, garantindo que fará “todos os esforços para combater a decisão, contrária a uma prática muito popular”.

Os laboratórios afirmam que o fim do reembolso irá ameaçar 1.300 postos de trabalho.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Lá como cá… e em tantos outros países… são os lobbies farmacêuticos a ditar as sua leis…
    O povo anda feliz a drogar-se com químicos que, na maior parte dos casos, fazem muito mais mal que bem…
    Enfim! É o mundo que temos / somos / construímos…
    Haja bom-senso…

RESPONDER

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …