Discutir celibato dos padres “não é prioridade”

Diocese de Aveiro / Facebook

António Francisco dos Santos, Bispo do Porto

António Francisco dos Santos, Bispo do Porto

O bispo do Porto considera que “este não é o timing” para discutir o fim do celibato dos padres católicos, mas admitiu que a questão está “em aberto”.

O tema de um eventual fim do celibato pelos padres católicos ocidentais foi admitido a 27 de maio pelo papa Francisco, para quem o assunto “não é um dogma de fé” e “a porta está sempre aberta” para tratar o tema.

Para António Francisco dos Santos, a questão do celibato “no calendário atual não é prioridade”, dado a Igreja Católica considerar que não se trata de um tema controverso, mas sim de algo que, na ótica clerical, está colocada “da forma certa”.

“O celibato na igreja ocidental, católica de rito latino, é uma norma disciplinar, não é um dogma. A igreja católica de rito oriental aceita ordenar homens casados e não é uma igreja inferior ou menor”, afirmou em entrevista à Lusa o bispo do Porto, para quem a proibição de casar “é um dom e graça” que os padres devem “saber reconhecer”.

Isso não impede que “um dia a Igreja não pense de outra forma e ordene homens casados”, disse António Francisco dos Santos, para quem é importante saber reconhecer os sacerdotes que vivem o dom do celibato com “doação, entrega e verdade” e “sentido de serviço” à Igreja, sendo fiéis ao compromisso que fizeram aquando da ordenação presbiteral.

O prelado lembrou que a Igreja Católica ordena diáconos, “fiéis responsáveis pela proclamação da palavra de Deus”, que não necessitam de votos de celibato, podendo ser casados.

Sociedade tem dificuldade em assumir compromissos definitivos

Quanto ao casamento entre os fiéis, o bispo admitiu que o número de pessoas a optar pelo matrimónio católico tem diminuído, porque “têm muitas dificuldades em assumir compromissos para sempre“.

Isto acontece “não só no casamento, mas na vida profissional e em várias áreas” da vida atual.

“Temos uma tendência para adiar facilmente a decisão que nos compromete para sempre, mas só compromissos definitivos é que nos proporcionam caminhos de felicidade”, frisou.

A “rapidez” com que, muitas vezes, a vida se constrói não dá possibilidade às pessoas de assumir compromissos “para sempre”, disse o bispo, considerando que face à “instabilidade com que se vive o emprego” é normal que as famílias fiquem “fragilizadas”, fazendo com que os jovens adiem o casamento.

Cabe à Igreja, sublinhou, “acompanhar e preparar os jovens a abrir caminhos para uma vida feliz no matrimónio cristão e numa família estruturada”, não devendo distanciar-se, nem esquecer-se dos jovens que não seguem estes caminhos, porque, também eles, fazem parte da família cristã.

Questionado sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo e o uso de preservativos, António Francisco dos Santos remeteu estas questões para “o espaço de decisão e opção” das famílias: “devemos respeitar muito as decisões das famílias e ajudá-las na formação da sua consciência, formando no espírito cristão este espaço de decisão e opção”.

Quanto ao momento vivido pela Igreja Católica, o bispo do Porto considerou que esta está num processo de transformação “positivo” que “muito se deve” ao carisma do papa Francisco.

“Gostaria de ser seu discípulo e seguidor, podendo trazer para a diocese do Porto aquilo que ele procura trazer ao mundo”, sublinhou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …