Diplomata iraniano condenado a 20 anos por ataque contra grupo de oposição exilado em França

Um diplomata iraniano foi julgado e condenado a 20 anos de prisão por planear um ataque terrorista contra um grupo de oposição exilado na França, após as autoridades terem encontrado uma bomba escondida num veículo.

Assadollah Assadi, que trabalhava na embaixada austríaca do Irão, teve a sua imunidade diplomática negada, visto estar de férias na Alemanha quando foi detido, avançou na quinta-feira a Sky News.

Os advogados do grupo de oposição, conhecido como MEK, alegaram que Assadi planeou o ataque a pedido das mais altas autoridades do Irão, embora Teerão tenha negado o envolvimento no caso.

Mais de meio quilo do explosivo TATP e um detonador foram encontrados na mala de um Mercedes, mandado parar pela polícia belga a 30 de junho de 2018. As autoridades tinham sido avisadas ​​pelos serviços de inteligência sobre um possível ataque à reunião anual do MEK, realizada naquele dia em Villepinte, no norte de Paris.

Especialistas informaram que o dispositivo era profissional e poderia ter causado uma explosão significativa no evento, onde se reuniram cerca de 25.000 pessoas. Entre os presentes estava o advogado de Donald Trump, Rudy Giuliani, o ex-presidente conservador da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos (EUA), Newt Gingrich, e a ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt.

Assadi foi detido na Alemanha um dia após a descoberta da bomba e transferido para a Bélgica. Como estava de férias quando foi preso, não teve direito à imunidade diplomática.

O diplomata transportou os explosivos do Irão para a Áustria através de um voo comercial. Assadi deixou a bomba numa pizzaria, onde o casal Amir Saadouni e Nasimeh Naami a recolheu. Após a recolha, colocaram o dispositivo na mala do veículo, que foi parado pela polícia. Foram condenados a 15 e 18 anos de prisão, respetivamente. Um quarto réu, Mehrdad Arefani, foi condenado a 17 anos.

O MEK (Mujahedeen-e-Khalq) costumava ser uma organização armada. Atualmente, opera como um grupo de oposição, tendo sido retirado das listas de terroristas dos EUA e da União Europeia após denunciar a violência e estabelecer ligações com políticos ocidentais, apoiando as sanções norte-americanas contra o Irão.

Assadi se recusou a testemunhar no julgamento e não compareceu à sentença de quinta-feira, que decorreu na cidade de Antuérpia, na Bélgica.

  Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

Preço da luz no mercado regulado deverá subir 0,2% em 2022

O preço da eletricidade para os consumidores do mercado regulado deverá subir 0,2% no próximo ano face à média do ano em curso, segundo a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) hoje anunciada. “Para …

Governo recua e anuncia redução de imposto sobre combustíveis. Gasolina desce dois cêntimos e gasóleo um

Com a subida abrupta do preço dos combustíveis, o Governo anunciou esta sexta-feira à tarde que irá reduzir o ISP. Na prática, ao consumidor isto significa que o preço da gasolina vai baixar dois cêntimos …

Bolsonaro admite que chora sozinho na casa de banho

Num encontro organizado pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília, na quinta-feira, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, admitiu que costuma chorar na casa de banho. “Quantas vezes eu choro na casa de banho, em …

Jogadores em greve no Brasil, presidente no Estádio da Luz

Crise financeira grave no Cruzeiro, jogadores não apareceram para treinar e o presidente estava em Portugal. O plantel do Cruzeiro não apareceu no treino marcado para a tarde desta quinta-feira. Na véspera, os jogadores já tinham …

"É devastador": os millenials que querem ter filhos, mas não têm condições financeiras

Têm três empregos, querem mudar de carreira ou estão a mudar-se para zonas distantes para ter alojamento mais acessível. Assim é a vida dos millenials, que fazem tudo para juntar dinheiro suficiente para sustentar uma …

Milionário Robert Durst condenado a prisão perpétua por matar melhor amiga

O tribunal de Los Angeles condenou o excêntrico milionário de 78 anos a pena perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, pelo homicídio em primeiro grau de Susan Berman (o equivalente a homicídio qualificado), segundo a …

Cientistas tentam desvendar por que comemos demais

Em 2019, cientistas descobriram que certas células em ratos obesos impediam os sinais que indicam a sensação de saciedade. Agora, uma nova investigação fez uma abordagem ainda mais profunda sobre o papel destas células. O estudo, …

"Tenho todas as condições para vencer as eleições legislativas de 2023", diz Rangel

Paulo Rangel apresentou esta tarde formalmente a sua candidatura à liderança do PSD e afirma que tem todas as condições para unir o PSD e vencer as eleições legislativas em 2023. Em conferência de imprensa, o …

Putin admite aceitar pagamentos com criptomoedas num futuro próximo

Vladimir Putin admitiu que as criptomoedas têm valor, adiantando que esta forma de pagamento poderá tornar-se viável no país. Contudo, para já "ainda é muito cedo" para fazer previsões devido à sua natureza "incerta". A notícia …

Subida dos combustíveis. Estado arrecada mais 5 cêntimos de IVA por litro

Com a subida do preço dos combustíveis, o Estado está a arrecadar mais imposto por cada litro vendido por via do IVA. A subida dos combustíveis em Portugal tem sido uma realidade que não é de …