O problema dos detritos espaciais está a agravar-se (e há um componente explosivo)

O novo relatório da Agência Espacial Europeia (ESA) concluiu que, embora estejamos cientes do problema e tenhamos tomado medidas nos últimos anos para mitigá-lo, as medidas não estão a acompanhar a escala do lixo espacial.

À medida que aumenta o número de objetos que povoam o Espaço próximo à Terra, aumenta o risco de colisão – que, por sua vez, produz ainda mais detritos espaciais. Mas as colisões não são o maior problema, de acordo com o relatório da ESA: nos últimos 10 anos, as colisões foram responsáveis ​​por apenas 0,83% de todos os eventos de fragmentação.

“O maior contribuinte para o atual problema dos detritos espaciais são as explosões em órbita, causadas pela sobra de energia – combustível e baterias – de naves espaciaos e foguetes”, disse Holger Krag, chefe do Programa de Segurança Espacial da ESA, citado pelo Science Alert.

O problema do lixo espacial foi levantado pela primeira vez na década de 1960, mas as medidas de mitigação tardaram muito a serem implementadas. Atualmente, as nações que exploram o Espaço são mais cuidadosas.

Entre as medidas de mitigação está a construção de naves espaciais capazes de suportar melhor o ambiente hostil do Espaço sem se desintegrarem ou a libertação de energia e combustível armazenados para fazer com que as naves espaciais “mortas” tenham menos probabilidade de explodir.

Há também a hipótese de mover uma nave espacial “morta” para uma órbita mais segura, o que significaria a criação de uma “órbita cemitério“-

De acordo com o Science Alert, nas últimas duas décadas, acontecerem 12 eventos de fragmentação, um número que tende a aumentar. Cada evento de fragmentação introduz milhares de pequenos pedaços destroços na órbita da Terra sendo que, em velocidades orbitais, até mesmo os fragmentos mais pequenos podem desativar um satélite.

De acordo com o modelo estatístico da ESA, existem mais de 130 milhões de fragmentos espaciais antropogénicos menores do que um milímetro.

Apesar de o esforço das nações ser mais vincado, a forma como usamos o Espaço está a mudar: os enxames de satélites estão a tornar-se mais comuns, pelo que o mais importante, segundo a ESA, é que os países cooperem para manter o Espaço o mais limpo possível.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. além dos microplásticos no oceano, agora descobriram os detritos do espaço. a poluição aumenta em todo o lado, mas está tudo bem desde que haja crescimento económico (i.e., mais produção e mais consumo).

RESPONDER

Alec Baldwin

Hollywood em choque. Alec Baldwin recebeu arma carregada, mas disseram-lhe que estava "fria"

A morte da directora de fotografia Halyna Hutchins, depois de ter sido atingida pelo actor Alec Baldwin durante as filmagens de "Rust", deixou o mundo de cinema de Hollywood abalado. E ninguém percebe como é …

Provedor da Santa Casa sob suspeita. Renda com desconto, gastos e bolsa investigados

A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu documentos e computadores ao provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), Edmundo Martinho, e à professora Maria da Luz Cabral. Em causa estarão suspeitas relacionadas com despesas, uma …

O empresário John Textor

FC Porto tenta desviar John Textor. Empresário só quer o Benfica

John Textor foi abordado várias vezes nos últimos meses por intermediários alegadamente com ligações ao FC Porto, que procuravam levar o empresário a investir na SAD azul e branca. Mas o empresário assegura que, em …

Biden adia publicação de arquivos sobre assassinato de John F. Kennedy

A Casa Branca informou esta sexta-feira que irá adiar a publicação de documentos confidenciais relacionados com o assassinato do presidente dos Estados Unidos John F. Kennedy. O atual presidente norte-americano, Joe Biden, afirmou em comunicado que …

Dirigente da Al-Qaida abatido na Síria em ataque com drone

O exército norte-americano anunciou esta sexta-feira ter abatido um dirigente do grupo extremista Al-Qaida, num ataque com 'drone' na Síria. "Um ataque aéreo norte-americano realizado esta sexta-feira no noroeste da Síria matou o dirigente da Al-Qaida …

"Venezuelização" do país. Governo arrasado pelos descontos para os combustíveis no IVAucher

O anúncio do Governo de um desconto de 10 cêntimos por litro de combustível abastecido, através do programa IVAucher, está a ser duramente criticado por muitos portugueses. E há até quem fala na "venezuelização" do …

covid, Lisboa

Plano da DGS avança os três cenários que podem levar a novo confinamento

A Direcção-Geral da Saúde publicou o plano de combate à pandemia para este Outono / Inverno com base em três cenários. O surgimento de uma nova variante com características que permitam a evasão do vírus …

A tábua babilónica que se descobriu ter a representação de um fantasma.

Tábua babilónica tem a mais antiga figura de um fantasma (e explica como livrar-se dele)

Foi oficialmente descoberta a representação mais antiga de um fantasma numa tábua de argila babilónica com 3.500 anos, que estava guardada no Museu Britânico, em Londres. A ilustração estava no museu desde o século XIX, mas …

Eleições ou continuar a governar se o OE chumbar? "Estou preparado para tudo".

O primeiro-ministro disse esta sexta-feira estar preparado para continuar a governar, mesmo que o Orçamento para 2022 chumbe, mas adiantou que respeitará se o Presidente da República tiver um entendimento diverso e convocar eleições antecipadas. Esta …

A humanidade sobreviveu a cinco apocalipses. E está preparada para mais

Nos últimos meses, a atenção mediática tem recaído sobre temas como pandemias, vulcões, sismos e outras catástrofes a que, não sendo novidades, a humanidade tem vindo a sobreviver de forma quase inexplicável. Pandemias, vulcões, sismos, cheias …