Descoberto método inovador para formar vasos sanguíneos no coração

Unknow / Wikimedia

No âmbito de um estudo internacional foi descoberto um método inovador para induzir a formação de novos vasos sanguíneos no coração, abrindo perspetivas para o aparecimento de outros tratamentos de doenças cardiovasculares.

Uma investigação internacional, liderada por Henrique Girão, da Faculdade de Medicina de Coimbra, “permitiu descobrir como induzir a formação de novos vasos sanguíneos no coração, usando exossomas produzidos por células em cultura“, anunciou a Universidade de Coimbra (UC) numa nota enviada à agência Lusa.

A descoberta poderá abrir caminho para “abordagens terapêuticas inovadoras no tratamento de doenças cardiovasculares”, sublinha a UC.

Os exossomas – “pequenas vesículas sinalizadoras que permitem a comunicação e partilha de informação entre células, órgãos e tecidos”- podem ser encontrados na “maioria dos fluidos biológicos, incluindo sangue, urina e saliva”, circunstância que tem merecido grande atenção por parte dos cientistas, dado o seu “enorme potencial terapêutico e de diagnóstico”.

No estudo, os investigadores demonstraram que “o conteúdo destas pequenas vesículas varia com as condições a que o coração é sujeito”, isto é, “a informação veiculada pelos exossomas é determinada pelos estímulos, ou danos, induzidos no coração, como é o caso da isquemia, que leva ao enfarte do miocárdio”, explica a UC.

A partir desta informação, a equipa de especialistas “descobriu que exossomas libertados por células do músculo cardíaco sujeitas a isquemia têm a capacidade de libertar sinais que promovem o crescimento de novos vasos sanguíneos no coração“.

As células do músculo cardíaco “quando deixam de ser devidamente alimentadas, por privação de nutrientes e oxigénio, devido à obstrução de um vaso sanguíneo, emitem pedidos de ajuda com o objetivo de estimular o crescimento de novos vasos sanguíneos que possam compensar os que se encontram bloqueados ou disfuncionais, permitindo restabelecer a circulação sanguínea e a função cardíaca“, adianta Henrique Girão.

Os especialistas começaram, assim, por “identificar o tipo de mensagem que é emitido pelas células do músculo cardíaco, quando expostas a condições adversas”.

Depois, acrescenta o investigador da Faculdade de Medicina da UC, foi demonstrado que são “exossomas ricos em determinadas moléculas reguladoras, denominadas miRNA, os responsáveis por induzir os mecanismos que levam ao crescimento de novos vasos sanguíneos, num processo designado como angiogénese“.

Ensaios realizados no âmbito do mesmo estudo, com cobaias às quais foram aplicadas, através de uma injeção intracardíaca, exossomas libertados pelas células danificadas, permitiram verificar que, ao fim de um mês, os corações dos animais sujeitos ao tratamento apresentavam mais vasos sanguíneos e registavam uma melhoria da função cardíaca.

A descoberta, publicada na revista científica Cardiovascular Research, pode “abrir portas a abordagens terapêuticas inovadoras para tratar doenças de coração provocadas por disfunção vascular como, por exemplo, no caso do enfarte do miocárdio, a principal causa de morbilidade e mortalidade em todo o mundo”, salienta Henrique Girão.

“Para além de doenças cardíacas, esta abordagem poderá ser útil em outras patologias em que a terapia passe pela promoção do crescimento de novos vasos”, observa o investigador.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Águas passadas ainda movem moinhos. Rui Rio e Catarina Martins atacam com fantasmas da troika e do PREC

No debate deste domingo, não houve tema em que Rui Rio e Catarina Martins estivessem de acordo. Os líderes do PSD e do BE aproveitaram todos os temas para mostrar as diferenças que separam os …

Vinte anos depois, surgem regras de lares para crianças em perigo

A Lei de Proteção de Crianças e Jovens foi aprovada em 1999. Desde então, um diploma para definir o papel das casas de acolhimento era aguardado. Existe agora, 20 anos depois, um projeto, mas se …

Este caranguejo usa os dentes que tem no estômago para "rosnar" aos inimigos

Os caranguejos-fantasmas usam os dentes que têm na região gástrica para "rosnar" aos seus inimigos quando se sentem ameaçados. Geralmente, quando o nosso estômago faz barulho é sinal de que estamos com fome. Pois bem, de …

Rei de Espanha inicia ronda de consultas para tentar evitar novas eleições

Felipe VI vai receber 15 líderes partidários por ordem da sua representação parlamentar, terminando na terça-feira, ao fim da tarde, com o secretário-geral do PSOE e atual chefe do Governo de gestão. Depois de ver os …

Costa venceu os debates, mas PS cai nas sondagens (e PSD ainda está longe)

Uma nova sondagem para o Jornal de Notícias e TSF mostra o Partido Socialista na frente com 39,2% das intenções de voto, ainda fora de terreno de maioria absoluta, mas mantém a distância para …

A Matemática resolveu o mistério do bilhete da lotaria que tem sempre prémio

Em 1969, Adrian R.D. Mathias propôs um enigma matemático no qual existiria um bilhete de lotaria que seria sempre premiado. A resposta à abordagem teórica de Mathias só pode ser resolvida recorrendo à teoria dos …

Vandalizadas instalações da delegação da União Europeia em Israel

As paredes da delegação da missão da União Europeia (UE) em Israel apareceram, este domingo, vandalizadas com grafiti e com acusações ameaçadoras de que “o dinheiro alemão mata judeus”. A delegação da UE naquele país já …

Morreu Ric Ocasek, vocalista dos The Cars

Ric Ocasek, vocalista dos The Cars, foi encontrado morto no domingo à tarde em sua casa em Manhattan, anunciou a polícia de Nova Iorque. Segundo um porta-voz do Departamento de Polícia de Nova Iorque, foi a …

Espanha vence Argentina e sagra-se campeã do mundo de basquetebol

A Espanha sagrou-se campeã mundial pela segunda vez na sua história, 13 anos depois, ao bater a Argentina por 95-75, na final da 18.ª edição da prova, em Pequim, na China. A formação comandada por Sergio …

Por que ganhamos peso à medida que envelhecemos? A Ciência respondeu

Muitas pessoas lutam para controlar o seu peso à medida que envelhecem. Fazem dietas e praticam exercício físico, mas, quando chegam à balança, ficam dececionadas. Agora, uma nova investigação descobriu porque é que as pessoas …