Uma das 200 raparigas raptadas pelo Boko Haram recusa ser libertada

Uma das 200 adolescentes nigerianas de Chibok, raptadas pelo Boko Haram, recusou ser libertada numa troca de prisioneiros com o grupo jihadista nigeriano, declarando estar “bem” e “casada”, anunciou a Presidência daquele país africano.

A mesma fonte, citada pela agência France Press, começou por anunciar há semanas a existência de conversações com o grupo armado no sentido da libertação de 83 raparigas. Agora, apenas 82 foram libertadas.

De acordo com o porta-voz da Presidência nigeriana, uma das 276 estudantes de liceu raptadas em Chibok, nordeste do país, em 2014, “disse não”: “Estou bem onde estou. Estou casada”.

Depois de mais esta libertação – 21 adolescentes foram trocadas em outubro; 3 foram encontradas pelo exército nigeriano e 57 conseguiram escapar – o Boko Haram mantém cativas ou sob o seu controlo 113 raparigas.

As jovens agora devolvidas “não todas originárias da cidade de Chibok, mas também de aldeias nos arredores”, indicou a mesma fonte.

O Boko Haram, que utiliza o rapto massivo como forma de recrutamento, raptou dezenas de milhares de pessoas, que o exército nigeriano tem vindo a libertar ao ritmo das suas incursões em território controlado pelo grupo terrorista.

As pessoas resgatadas são depois todas submetidas pelo Governo nigeriano, ou respetivas forças armadas, a processos frequentemente muito longos de apuramento da identidade e grau de simpatia em relação ao Boko Haram. Estes processos de “screening” duram por vezes vários meses.

Garba Shehu, porta-voz da Presidência nigeriana, garantiu que as raparigas não tinham ainda sido entregues às respetivas famílias, porque as autoridades tinham a necessidade de garantir as respetivas identidades.

“Os nomes foram publicados, mas devido à semelhança de alguns nomes, preferimos assegurar-nos das suas identidades mostrando as fotografias às famílias”, explicou, de acordo com a AFP, o porta-voz.

A Amnistia Internacional apelou no passado domingo às autoridades nigerianas para não prolongarem o tempo do inquérito militar tradicional que pretende aferir o grau de ligação do Boko Haram.

No início de abril, a Unicef denunciou também a detenção de centenas de crianças pelas forças armadas nigerianas, que as interrogam sobre o Boko Haram e a eventual filiação ao grupo jihadista.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

André Ventura - Chega

Autárquicas serão "início do fim do reinado" de Costa. Em Moura, Ventura é apelidado de "fascista"

Esta sexta-feira à noite, em Moura, um grupo de pessoas juntou-se perto do comício de André Ventura, em protesto, apelidando o líder do Chega de "fascista". O líder do Chega, André Ventura, apresentava esta sexta-feira os …

Incêndios na Turquia chegam a zonas turísticas. Há suspeitas de mão criminosa

Os devastadores incêndios que se estão a fazer sentir na zona sul da costa da Turquia já fizeram pelo menos quatro mortes. Depois das ondas de calor mortais nas Américas, inundações na Europa e China e …

Sonae vende 24,99% da empresa que detém o Continente por 528 milhões de euros

O grupo Sonae acordou vender uma participação de 24,99% na Sonae MC, a proprietária dos supermercados Continente, por 528 milhões de euros, informou em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A alienação de …

Supertaça. Sporting e Sp. Braga defrontam-se 39 anos depois (e adeptos regressam aos estádios)

Sporting e Sp. Braga lutam este sábado pelo primeiro título da época (e os adeptos já vão estar na bancada). O encontro da 43.ª edição da supertaça Cândido de Oliveira está marcado para este sábado, …

Vacinação de crianças divide peritos. Mas sem a inoculação dos mais novos a imunidade pode não chegar

Na sexta-feira, a Direção-Geral de Saúde anunciou que recomenda que a vacinação contra a covid-19 de jovens dos 12 aos 15 anos com comorbilidades. No entanto, o tema está a gerar controvérsia e divide opiniões …

Governo com margem política para abdicar de 15% do Novo Banco

Em 2022, o Governo tem margem política para abdicar do direito de entrar como acionista no Novo Banco (NB), inicial­mente com uma participação de mais de 2%, mas que pode subir a 15%. Para já, nem …

Tóquio2020. Biles renuncia também às finais de salto e barras assimétricas

A ginasta norte-americana Simone Biles, que renunciou à final do concurso geral individual dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, também não vai participar das finais de domingo de salto e barras assimétricas, informou esta sexta-feira a Federação …

Governo não pediu parecer à CNPD sobre as "bodycams" em polícias. Método vai "aumentar a transparência"

A proposta da nova lei da videovigilância, que vai permitir que os polícias passem a usar câmaras nos uniformes, já foi aprovada em Conselho de Ministros, mas ainda não chegou ao Parlamento. Também não foi …

Marcelo reuniu com Lula, mas não revela o teor da conversa. Presidente diz que visita é apenas de cariz cultural

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse sexta-feira à chegada a São Paulo que a cultura tem um "papel fundamental" na convergência entre Portugal e o Brasil, rejeitando que a agenda alargada de …

PSP abre processos disciplinares por uso indevido de farda em manifestação

A PSP abriu processos disciplinares, por uso indevido e incorreto do uniforme, a agentes que participaram em 21 de junho, em Lisboa, numa manifestação organizada pelo Movimento Zero, confirmou esta sexta-feira à Lusa o porta-voz, …