Cromossoma Y está a desaparecer das células sanguíneas dos homens

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que 44% dos homens com mais de 70 anos tinham perdido o cromossoma Y nas suas células sanguíneas.

De acordo com o portal The Atlantic, os especialistas analisaram amostras de 205.011 homens, obtidas através de um banco de genes no Reino Unido.

Os cientistas estimam que 20% da população masculina representada no estudo terá perdido o cromossoma Y nas suas céulas sanguíneas. Nos participantes com mais de 70 anos, a percentagem mais que duplicava, atingindo os 43,6%.

A equipa identificou 156 variantes genéticas autossómicas relacionadas com a perda do cromossoma Y, preferencialmente próximas aos genes envolvidos na regulação do ciclo celular, suscetibilidade ao cancro ou fatores somáticos de crescimento de tumores.

Os seres humanos, recorde-se, têm 23 pares de cromossomas. Nas mulheres, o 23.º par é XX, enquanto que nos homens o 23.º é XY.

Os autores do estudo não sabem ao certo o que causa esta situação, mas acreditam que a perda do cromossoma Y ocorre por predisposição a processos que promovem erros durante a divisão celular ou a processos que ajudam a criar um ambiente onde as células aneuplóides – células com um número anormal de cromossomas – podem proliferar.

Na prática, a perda do cromossoma Y nas células sanguíneas pode estar a permitir que mutações de vários tipos se acumulem, podendo estas mesmas mutações ser elos subjacentes para problemas de saúde, como é o caso do cancro e das doenças cardíacas.

Análises posteriores mostraram que pessoas com alta predisposição genética para perder o cromossoma Y correm maior risco de vir a ter algum tipo de cancro. As variantes genéticas encontradas também influenciam outros aspetos, como o envelhecimento reprodutivo ao a diabetes tipo 2.

John Perry, o biólogo da universidade britânica que liderou o estudo, sugere que os novos resultados são um sinal dos danos que o ADN sofre ao longo da vida. “Assumimos que a perda do cromossoma Y é determinada por mecanismos comuns que predispõem à instabilidade do genoma e ao cancro em muitos tipos de células”, apontou.

Os resultados da investigação foram publicados no fim de novembro na revista Nature.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Abanca pagou menos de 250 milhões pelo EuroBic

O Abanca ofereceu menos de 250 milhões de euros por 95% do EuroBic, segundo avança o Jornal Económico, o que significa que o banco espanhol avaliou o EuroBic ligeiramente abaixo do múltiplo a que transaciona …

Alegado escritor-fantasma confessa que recebeu pagamentos de Sócrates

Domingos Farinho, alegado escritor-fantasma do livro de José Sócrates "A Confiança no Mundo", confessou que recebeu pagamentos do ex-primeiro-ministro através da RMF Consulting. No requerimento de abertura de instrução que apresentou em janeiro de 2020, o …

Os cavalos perdem quatro dedos no útero

Os cavalos têm apenas um dedo em cada pata, sendo os cascos o equivalente à falange dos nossos dedos médios. No entanto, os seus ancestrais tinham mais dedos em cada pata, variando entre três e …

"Década perdida". Novo Banco com prejuízos de 1.058,8 milhões em 2019

O presidente executivo do Novo Banco disse esta sexta-feira que os últimos dez anos foram uma "década perdida" para a empresa que começou por ser BES e passou em 2014 a Novo Banco, mas …

Estados Unidos assinam acordo de paz com os talibãs no Afeganistão

O presidente norte-americano, Donald Trump, pediu esta sexta-feira aos afegãos para "aproveitar a oportunidade de paz", ao abrigo do acordo de paz que os Estados Unidos vão assinar no sábado com os rebeldes talibãs. A …

Portugal poderá ter um milhão de infetados (e ser decretada quarentena obrigatória)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admite que poderá haver um milhão de portugueses infetados pelo Covid-19, 21.000 na semana mais crítica, assegurando que as autoridades de saúde estão a preparar-se para esta possibilidade. “Estamos a …

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …

A Terra pode ter uma nova (e temporária) mini-lua

A Terra pode ter um novo vizinho, ainda que temporário. Astrónomos do Catalina Sky Survey, programa financiado pela NASA, acreditam ter identificado um asteróide que ficou preso na gravidade da Terra - pode ser a …

Príncipe italiano vende massa fresca numa roulote nos Estados Unidos

O príncipe italiano Emanuele Filiberto é dono da "Princípe de Veneza", a única roulote que vende massa fresca em Los Angeles, nos Estados Unidos. Harry e Meghan Markle podem bem pôr os olhos neste exemplo de …