Crianças em instituições vão ter mais isenções de taxas moderadoras

Marcelo Camargo / ABr

-

O ministro da Saúde anunciou hoje que vai alargar as isenções de taxas moderadoras das crianças institucionalizadas e que vai abrir 200 vagas em medicina geral e familiar para médicos que trabalhem fora do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Relativamente às taxas moderadoras, o ministro Paulo Macedo disse que será alargada a isenção das taxas moderadoras para crianças institucionalizadas, mas sem adiantar mais pormenores.

Atualmente, estão isentas de taxas moderadoras no SNS as crianças até aos 12 anos.

Em declarações aos jornalistas no final da cerimónia que assinalou hoje o Dia Mundial da Saúde, Macedo recordou ainda que vão ser clarificadas as isenções totais de taxas moderadoras para os casos oncológicos, reconhecendo que “pontualmente” tem havido dúvidas sobre o assunto.

“Obviamente que a crise afeta as pessoas. O que estamos a fazer sistematicamente é [tomar] novas medidas no sentido de termos a certeza de que conseguimos cobrir em termos assistenciais os portugueses”, declarou.

O ministro da Saúde anunciou também que será publicada ainda hoje em Diário da República a abertura de 200 vagas em medicina geral e familiar para recrutar para o SNS médicos que atualmente estão fora do serviço público.

“Isto é dentro do princípio de que nós, no SNS recrutamos todos os médicos disponíveis de medicina geral e familiar que existam”, afirmou Paulo Macedo.

Esta medida visa, segundo explicou, combater “o grande problema que é a escassez” estrutural de médicos de medicina geral, bem como o problema das reformas de clínicos, sendo que só em dois meses já se aposentaram cerca de uma centena.

Na cerimónia que hoje assinalou o Dia Mundial da Saúde, o Ministério entregou 16 medalhas de méritos a profissionais que “deram contributos decisivos para a saúde em Portugal”.

Além destas medalhas foi entregue hoje ao médico Levi Guerra o Prémio Nacional de Saúde 2013, por ter contribuído para ganhos no setor que beneficiaram a população portuguesa.

Levi Eugénio Ribeiro Guerra nasceu em Águeda em 1930 e licenciou-se em Medicina. Foi diretor do Hospital de S. João, no Porto, entre outros cargos de direção, e em 1968 começou o programa de hemodiálises em doentes renais crónicos terminais no norte do país (Hospital de Santo António), onde criou o Serviço de Nefrologia.

Tem sido destacado pelo papel que lhe é atribuído na divulgação da diálise renal no norte e centro de Portugal.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …

Mais de 41 mil idosos vivem sozinhos ou isolados em Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 41.868 idosos a viverem sozinhos ou isolados em todo o país em outubro no âmbito da operação "Censos Sénior", anunciou esta segunda-feira a guarda. Em comunicado, a GNR adiantou ter …

Vai nascer um Pavilhão de Gelo em Lisboa (com apoio do Governo e de fundos públicos)

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, está certo de que, ainda nesta legislatura, vai nascer um Pavilhão do Gelo para a prática de desportos em Lisboa, com apoio de …

Sudão. Crimes contra a humanidade em ataques que mataram 120 manifestantes

Os ataques que em junho mataram pelo menos 120 manifestantes no Sudão podem configurar crimes contra a humanidade, revelou um relatório divulgado pela organização Human Rights Watch (HRW), que pede justiça para as vítimas e …

Bloqueios na capital da Bolívia levam à escassez de alimentos e de combustíveis

Os bloqueios nas estradas de acesso a La Paz, capital da Bolívia, e aos arredores, usados nos protestos que se somam à tensa crise política, impõem aos bolivianos a falta de produtos básicos cujos preços …

Pais da bebé Matilde já ajudaram 38 crianças

Os pais da bebé Matilde, que sofre de uma doença rara, ajudaram 38 crianças com os cerca de dois milhões de euros angariados através de uma campanha de solidariedade. Na página de Facebook "Matilde, uma bebé …