Criador da ovelha Dolly tem a doença que queria curar

Ian Wilmut, o cientista que liderou a equipa que criou o clone da famosa ovelha Dolly, com o objetivo de descobrir uma cura para o Parkinson, revelou agora que é portador da doença.

O Professor Ian Wilmut ficou mundialmente conhecido, em 1997, quando revelou a Dolly, o primeiro mamífero a ser clonado a partir de uma célula adulta. O seu nascimento provou que as células especializadas podem ser usadas para criar uma cópia exata do animal de onde vieram.

A chegada da Dolly em 1996 criou histórias de terror e de esperança em igual medida. Além disso abriu caminho para outros cientistas trabalharem numa nova iniciativa de pesquisa sobre doenças, incluindo a doença de Parkinson, de acordo com a BBC.

Agora, passados quase 22 anos do nascimento do clone, o cientista revelou que, antes do natal, foi diagnosticado com Parkinson. “Não queria fazer um grande segredo à volta disto. Se é útil de alguma forma mencioná-lo e no contesto da pesquisa é bastante útil, então fico muito contente de o fazer”, revelou.

“Quando soube, tive uma sensação de clareza. Pelo menos agora sabemos e podemos começar a fazer algo sobre isso. Obviamente fiquei dececionado com a possibilidade de ver a minha vida encurtada e, mais particularmente, a minha qualidade de vida alterada”, revelou.

Ian demonstra já bastantes problemas de locomoção, uma das características da doenças degenerativa, já que o Parkinson pode causar uma série de sintomas, incluindo movimentos lentos, rigidez muscular e agitação involuntária.

The Roslin Institute / The University of Edinburgh

A ovelha Dolly foi o primeiro mamífero a ser clonado com sucesso a partir de uma célula adulta.

“Eu nunca fui um alpinista, mas, como escocês, gosto de andar. Perguntei ao meu médico na semana passada, caso recuperasse as forças, se seria razoável almejar caminhar quatro ou cinco quilómetros por dia. Ele foi bastante desencorajador”, explicou.

Os tratamentos existentes para a doença podem ajudar a controlar os sintomas, mas não há a fazer para retarda ou parar a progressão da doença. O trabalho original de clonagem levado a cabo pelo cientista e a sua equipa para produzir Dolly no Instituto Roslin da Universidade de Edimburgo teve consequências de longo alcance neste campo.

O trabalho abriu caminho para outros desenvolverem um método de usar células adultas para produzir células reprogramáveis que se poderiam desenvolver em qualquer tipo de tecido no corpo – as chamadas células-estaminais pluripotentes induzidas, ou iPSCs.

Essas células-estaminais personalizadas são usadas no MRC Center for Regenerative Medicine, em Edimburgo. Tilo Kunath, líder do grupo no centro, explicou que “a clonagem da ovelha Dolly pelo professor Wilmut realmente transformou o pensamento biológico“.

E acrescentou: “Isso realmente abriu os olhos de muitos cientistas – a partir daí, os cientistas começaram a ver como uma possibilidade a reversão da idade das células ou sa idade de um animal”.

“A sua descoberta abriu uma área da biologia que transformou a maneira como tentamos estudar doenças, a maneira como modelamos doenças e acho realmente empolgante que uma das condições que as iPSCs abordarão seja a doença de Parkinson.”

Estas células são muito promissoras como terapia devido ao seu potencial para reparar tecidos danificados. Os primeiros ensaios clínicos de iPSCs para Parkinson devem começar no Japão ainda este ano.

A Iniciativa Dundee-Edimburgo, que o professor Sir Ian Wilmut está a apoiar, planeia organizar os primeiros testes clínicos na Escócia, com o objetivo de reduzir a probabilidade de Parkinson e será lançado na sexta-feira.

O professor Sir Ian Wilmut explica: “Para mim, a ciência sempre foi importante, não apenas por causa do conhecimento básico que adquire, mas por causa das oportunidades, ou, neste caso, do tratamento“.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …

É responsabilidade a mais. Médicos não querem integrar Brigadas Rápidas dos lares

Está a ser difícil contratar médicos para as Brigadas de Intervenção Rápida dos lares que foram anunciadas pelo Governo. Mesmo a receberem acima da tabela de pagamentos, os médicos receiam a falta de condições e …

Restrições a turistas suavizadas. Finlândia tenta salvar a Lapónia (e a época de inverno)

A Finlândia, que vê o turismo estrangeiro em perigo na Lapónia, permite a partir de hoje a entrada de turistas de cerca de vinte países sem terem de fazer quarentena. As medidas surgem numa altura em …