Criada molécula capaz de aproveitar todo o espectro da luz solar

Uma equipa de químicos da Universidade Estadual de Ohio, nos Estados Unidos, criou pela primeira vez uma molécula capaz de recolher energia de todo o espectro da luz solar, releva um novo estudo.

A nova molécula consegue aproveitar 50% mais energia do que as atuais células solares.

Além de recolher energia oriunda do Sol de forma mais eficiente, pode também atuar como catalisador para transformar a energia solar em hidrogénio, noticia a Europa Press.

De acordo com a investigação, cujos resultados foram recentemente publicados na revista Nature, esta descoberta poderá ajudar o Homem na transição dos combustíveis fósseis para fontes de energia limpas, que não contribuem para a mudança climática.

“A ideia é que podemos usar fotões do Sol e transformá-los em hidrogénio. Para simplificar, estamos a capturar energia da luz solar e a armazená-la em ligações químicas para que esta possa ser utilizada posteriormente”, explicou Claudia Turro, autora principal do estudo, citada em comunicado de imprensa.

A equipa de cientistas de Ohio conseguiu demonstrar, pela primeira vez, que é possível recolher energia de todo o espectro visível da luz solar, incluindo o infravermelho de baixa energia, parte do espectro de onde, até agora, era muito difícil de recolher e transformar de forma rápida e eficiente em hidrogénio.

O hidrogénio, recorde-se, é um combustível limpo, ou seja, não produz carbono ou dióxido de carbono como subproduto da sua utilização.

“O que faz funcionar o sistema é que este é capaz de colocar a molécula num estado excitado, onde absorve o fotão e é capaz de armazenar dois eletrões para produzir hidrogénio. Este armazenamento de dois eletrões num única molécula derivada de dois fotões, bem como o seu uso para a produção de hidrogénio, é [um feito] sem precedentes”, disse Turro, relembrando que o mundo precisa de energias renováveis.

“Imaginem se pudéssemos usar a luz solar para gerar a nossa energia em vez [de usar] carvão, gás ou petróleo, o que poderíamos fazer para lidar com as mudanças climáticas”.

Longo caminho pela frente

Para transformar a luz do Sol em energia, é necessário ter uma forma de capturar esta luz e um catalisador. A maioria dos estudos anteriores que tentar recolher energia solar e transformá-la em hidrogénio, focaram-se em comprimentos de onde de maior energia do que a da luz solar (como raios ultravioleta), e em catalisadores de duas ou mais moléculas, capazes de trocar eletrões enquanto criam energia solar.

O grande problema das técnicas até agora usadas é que a energia se costuma perder em sistemas com mais de uma molécula. Por outro lado, sistemas com apenas uma molécula eram igualmente ineficientes porque não permitiam aos cientistas recolher energia de todo o espectro da luz solar.

Agora, a equipa de Turro descobriu como criar um catalisador a partir de uma molécula – uma forma do elemento ródio – capaz de recolher energia de todo o espectro visível da luz solar, desde o infravermelho até ao ultravioleta.

Apesar do estudo ser muito promissor, importa referir que há ainda muito caminho a trilhar. O hidrogénio não deverá tornar-se numa escolha de combustível em breve.

As próximas etapas da investigação passam por melhor a tecnologia da molécula para produzir hidrogénio durante um período de tempo mais longo, bem como a contrução de um catalisador a partir de materiais mais baratos – o ródio é um metal extremamente raro e caro, valendo atualmente cinco vezes mais do que o outro.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O monopólio da energia a base carbônica ainda tem muitos anos pela frente, aliás NUNCA irá acabar.
    Mal se acenda uma fogueira já estaremos a fazer uso da mesma. Lenha e carvão irão arder até ao fim do universo.

RESPONDER

Ano letivo chinês recomeça online devido ao coronavírus

O ano letivo recomeçou esta semana após as festividades do Ano Novo chinês. Para evitar atrasos no programa, o Governo criou uma plataforma de ensino online. Esta segunda-feira ficou marcada pelo recomeço das aulas na China, …

Afinal, alguns pterossauros sabiam andar bem em quatro patas

Pegadas de pterossauros descobertas em Crayssac, no sul de França, mostram que, afinal, estes dinossauros voadores eram bons caminhantes. Embora os primeiros fósseis de pterossauro tenham sido descobertos há mais de dois séculos, os cientistas não …

Primeiro debate quinzenal arranca esta terça-feira com perguntas de Rio a Costa

Esta terça-feira acontece a o primeira discussão parlamentar entre o líder do PSD, Rui Rio, e o primeiro-ministro, António Costa, depois do Orçamento do Estado. O primeiro debate quinzenal do ano arranca esta terça-feira com as …

Coimas a banqueiros arrastam-se em tribunal. Maioria acaba prescrita

Dez gestores bancários acumulam multas de 16,8 milhões de euros, um montante que iguala todas as coimas decididas pela CMVM a bancos em 15 anos. Dez antigos gestores bancários acumulam coimas de quase 17 milhões de …

O nojo pode levar a pensamentos e sentimentos religiosos

Um novo estudo revela que o sentimento de nojo pode estar na base de pensamentos religiosos. O medo de Deus e do pecado mostrou ser maior em pessoas que se enojavam mais facilmente. Mesmo as pessoas …

"Os pássaros não são estúpidos". Secretário de Estado desvaloriza críticas a aeroporto do Montijo

Os ambientalistas têm alertado que dezenas de milhares de aves de médio e grande porte cruzam-se na zona de proteção especial do estuário do Tejo, junto ao local onde será construído o novo aeroporto do …

Acusado de racismo e sexismo, conselheiro político de Boris demite-se

Andrew Sabisky, conselheiro direto do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, demitiu-se esta segunda-feira, depois de ser acusado de racismo e sexismo pelo próprio Partido Conservador por causa de declarações suas no passado. Em causa estão declarações feitas …

"Impressora de pele" promete ajudar na cicatrização de queimaduras

Uma nova impressora 3D portátil é capaz de depositar "folhas de pele", umas sobre as outras, e criar um curativo biológico para cobrir grandes queimaduras. A nova impressora 3D foi desenvolvida por uma equipa de investigadores …

"Made in Space". A primeira fábrica espacial vai começar a ganhar forma

Com o objetivo de construir coisas cada vez maiores no Espaço, uma empresa do Colorado, nos Estados Unidos, está a preparar-se para uma missão de demonstração de construção. A Blue Canyon Technologies vai fornecer a infraestrutura …

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …