//

Crescem pelos na boca desta mulher (e ninguém sabe porquê)

Uma mulher sofre de uma rara síndrome em que lhe crescem pelos nas gengivas. Embora tenha sido submetida a uma intervenção médica, nada parece resolver o seu problema.

O caso já tem mais de uma década, mas ainda hoje continua a surpreender especialistas. Com 19 anos, uma mulher italiana visitou os médicos da Universidade de Campania Luigi Vanvitelli à procura de respostas para o seu problema: cresciam-lhe pelos dentro da boca, entre as gengivas. A jovem foi então diagnosticada com um raríssimo caso de “hirsutismo gengival”.

Um estudo foi publicado, este mês, na revista científica Oral Surgery, Oral Medicine, Oral Pathology, and Oral Radiology. Na investigação são documentados os sintomas desta rara condição médica que dura há mais de uma década.

Agora, os médicos dizem que se trata de síndrome do ovário poliquístico (SOP), que é uma das desordem endocrinológica, que tem como sintomas: ciclos menstruais irregulares, excesso de pelos corporais, queda de cabelo, acne, hipertensão arterial e alteração do metabolismo da glicose.

Embora tenha recorrido a uma intervenção cirúrgica para retirar os pelos, e há primeira vista parecer ter resultado, eles voltaram a aparecer alguns anos mais tarde. Para piorar a situação, de acordo com o All That’s Interesting, espalharam-se para o queixo e pescoço. As pílulas contracetivas que tomou também não surtiram qualquer tipo de efeito nas hormonas.

Zhurakivska / OOOOJournal

Através da análise de uma amostra da sua gengiva repararam que os pelos que estavam a crescer na sua boca eram estranhamente espessos.

Para além desta mulher, apenas são conhecidos outros cinco casos desta rara condição. Em todos os casos eram homens.

Se por um lado é completamente normal ter-se glândulas sebáceas na boca, ter pelos está longe disso. “Não há uma explicação clara para a presença anómala de algo relativamente comum e a ausência de outro na mucosa oral”, realçam os cientistas no estudo.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.