CPLP: João Soares pede a Xanana que recuse adesão da Guiné Equatorial

oscepa / Flikckr

-

O deputado do Partido Socialista português João Soares escreveu uma carta ao primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, pedindo-lhe que, quando assumir a presidência rotativa da CPLP, “recuse firmemente a entrada da Guiné Equatorial” na organização.

Na carta, a que a Lusa teve hoje acesso, João Soares sublinhou que a Guiné Equatorial é “a mais longa ditadura no poder no mundo e uma das mais corruptas e torcionárias” e considerou que a sua adesão à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, “além de ser absurda em termos de ligação com a língua portuguesa, violaria um dos princípios básicos essenciais” da organização.

Afirmando-se admirador da “firmeza de convicções democráticas” de Xanana Gusmão, o deputado português concluiu que “uma entrada dessa ditadura sanguinária na CPLP”, durante a presidência do histórico da resistência timorense, lhe causaria “profunda tristeza”.

Escrita e datada de dia 19 de fevereiro, antes ainda da decisão dos ministros dos Negócios Estrangeiros da CPLP, que na quinta-feira recomendaram a adesão da Guiné Equatorial à CPLP, a carta é escrita por João Soares “na qualidade de cidadão português” e de “parlamentar de um país membro e fundador da CPLP”.

“Teria uma imensa vergonha se o Governo do meu país, Portugal, pudesse ser cúmplice desse gigantesco erro político. Que aliás, na minha modesta opinião, comprometeria gravemente a imagem da CPLP”, escreveu o antigo presidente da Câmara de Lisboa, depois de recordar as posições de organizações como a Freedom House, a Amnistia Internacional, a Human Rights Watch ou os Repórteres Sem Fronteiras sobre o país liderado há quase 35 anos por Teodoro Obiang.

Informando que escreveu também ao Presidente de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, João Soares disse não poder acreditar que Xanana Gusmão ou o chefe de Estado “possam de alguma forma ser favoráveis à entrada na CPLP desse país”.

“Porque no fundo é esse predador, ditador corrupto e torcionário que quer ganhar estatuto com a entrada para a CPLP. Não o povo da Guiné Equatorial por quem ele teve sempre o mais profundo desprezo”, escreveu.

O país liderado por Teodoro Obiang é observador da CPLP desde 2006, mas a adesão como membro pleno foi condicionada nas cimeiras de Luanda e de Maputo por se considerar que o país não cumpria os requisitos necessários.

A reunião extraordinária dos ministros dos Negócios Estrangeiros da CPLP recomendou na quinta-feira em Maputo a adesão da Guiné Equatorial à organização.

A adesão, como membro de pleno direito, foi aprovada como uma recomendação para a cimeira de chefes de Estado da organização que se realiza em Díli em julho próximo, quando Timor-Leste assume a presidência da organização, disse à Lusa o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Fundação Champalimaud anuncia prémio de um milhão de euros para erradicar o cancro

A Fundação Champalimaud anunciou, esta segunda-feira, um prémio de um milhão de euros a atribuir anualmente, e sem limite temporal, vocacionado para a "erradicação do cancro". O prémio é atribuído em parceria com o casal de …

A maior lixeira da China ficou cheia 25 anos antes do previsto

O maior depósito de lixo da China, Jiangcungou, na cidade de Xi'an, já está cheio, 25 anos antes da altura prevista. O aterro tinha sido preparado para receber 2500 toneladas de resíduos por dia. Porém, de …

Cigarros eletrónicos podem prejudicar o coração mais do que os cigarros comuns

Há muito que está provado que fumar é uma das principais causas de mortes por doenças cardíacas. Agora, há evidências crescentes de que os cigarros eletrónicos podem causar danos ao coração. Em dois estudos que serão …

Sindicato dos Magistrados acusa Conselho Superior de fazer escolhas pessoais

O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) acusou, esta segunda-feira, o Conselho Superior do Ministério Público de escolher os procuradores para os departamentos mais importantes da investigação criminal por preferências pessoais. Em comunicado, o Sindicato …

Esta empresa está a produzir "carne" feita de ar

Enquanto várias startups estão a vender "carne" feita de plantas, a Air Protein, uma empresa sediada na Califórnia, nos Estados Unidos, está a criar carne feita de ar. A ideia não é nova, uma vez que …

Autoridade da Concorrência faz buscas em cinco empresas de vigilância privada

A Autoridade da Concorrência (AdC) anunciou, esta segunda-feira, que realizou diligências de busca e apreensão em cinco empresas do setor da vigilância privada, no distrito de Lisboa, "por suspeitas de práticas anticoncorrenciais lesivas do normal …

"Breaking Bad" da vida real. Dois professores de Química acusados de produzir metanfetamina

Dois professores universitários de Química do estado do Arkansas, nos Estados Unidos, foram detidos no domingo por suspeitas de produzirem metanfetaminas. O caso tem atraído atenção mediática por se parecer inspirar no enredo da série …

TAP regista prejuízos de 111 milhões de euros até setembro

A TAP registou, nos primeiros nove meses deste ano, prejuízos acumulados de 111 milhões de euros que atribui a "variações cambiais sem impacto na tesouraria". "A TAP S.A. apurou um prejuízo acumulado, nos primeiros nove meses …

Coreia do Norte não está interessada em mais cimeiras com os EUA

A Coreia do Norte advertiu, esta segunda-feira, que "não está interessada" em mais cimeiras com os Estados Unidos, se Washington persistir na recusa em fazer concessões. A Coreia do Norte deu a Washington até ao final …

Refugiado detido que escreveu um livro pelo Whatsapp conquista a liberdade

O jornalista e escritor curdo-iraniano Behrouz Boochani, que estava detido há seis anos num centro de imigrantes na Austrália, conquistou a liberdade. Boochani escreveu, através de mensagens da rede social Whatsapp, o livro “No Friend But …