Cientistas revelam como o álcool nos torna mais agressivos

No estudo participaram homens jovens a quem foi administrado dois copos de vodka para avaliar a reação do cérebro e níveis de agressividade em resposta a uma provocação.

Cientistas australianos identificaram com grande exatidão porquê e como é que as pessoas se tornam mais agressivas depois de beber álcool. E ainda que as mudanças químicas no cérebro causadas pelo álcool já tenham sido assinaladas como causa de violência durante décadas, o novo estudo vem confirmar isso mesmo.

Os especialistas, coordenados por Thomas Denson, professor de psicologia da Universidade de Austrália, chegaram à conclusão de que as bebidas alcoólicas podem promover um comportamento agressivo porque impede a ação de controlo do córtex pré-frontal, a área do cérebro desenhada para mitigar a agressividade.

O estudo foi publicado no início do ano na revista Cognitive, Affective & Behavioral Neuroscience.

Para corroborar a hipótese, no estudo participaram 50 homens jovens saudáveis, que foram divididos em dois grupos. O primeiro ingeriu dois copos de vodka – cada um com 2,42 mililitros da bebida destilada a 37,5% por cada quilo de peso corporal -, enquanto que ao segundo foi administrado um placebo, segundo a RT.

Depois, todos os participantes foram submetidos a uma ressonância magnética e a realizar uma série de tarefas competitivas com outras pessoas de forma a avaliar os níveis de agressão em resposta a uma provocação.

A ressonância magnética permitiu observar a ativação de áreas do cérebro passo a passo. Dessa forma, os investigadores perceberam que as provocações não tiveram qualquer efeito sobre as respostas neurais dos participantes. No entanto, durante os comportamentos agressivos, só os que beberam álcool mostraram uma clara diminuição na atividade do córtex pré-frontal médio e dorso-lateral, “incluindo com uma dose baixa”.

“Estas regiões podem apoiar diferentes comportamentos, como a paz em frente a uma agressão, dependendo se a pessoa está sóbria ou não”, assegura Denson.

Estas descobertas apoiam a teoria que considera a disfunção do córtex pré-frontal como um fator que catalisa a agressão nas pessoas com intoxicação etílica. Estima-se que o álcool está na origem de 50% dos delitos violentos.

Denson e os seus colegas afirmaram que levarão a cabo mais estudos em profundidade e com um maior número de participantes para confirmar a correlação entre o álcool e o “bloqueio” da função inibidora por parte do córtex pré-frontal.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma pequena galáxia a orbitar a Via Láctea (e ninguém sabe como foi lá parar)

Segue 1 é o nome da pequena galáxia que orbita muito perto da Via Láctea. O corpo celeste é fraco e de pequenas dimensões, tendo surpreendidos os cientistas - pois ninguém sabe ao certo como …

Morreu o virtuoso guitarrista português Phil Mendrix

Filipe Mendes, mais conhecido por Phil Mendrix, faleceu esta segunda-feira. A notícia foi confirmada pela página oficial do músico português no Facebook. Phil Mendrix, um dos mais virtuosos guitarristas nacionais, morre com apenas 70 anos. O …

Finalmente, a Matemática desvendou quem escreveu "In My Life" dos Beatles

Mais de 50 anos depois da criação da música "In My Life", um dos sucessos dos Beatles, a Matemática concluiu quem foi o autor da canção, depois de tanto John Lennon como Paul McCartney reclamarem …

Com 14 anos Ethan ainda não pode votar, mas já é candidato a governador nos EUA

Ethan Sonnebord ainda não pode votar, mas, aos 14 anos, é candidato do Partido Democrata ao cargo de governador do estado de Vermont, nos Estados Unidos. Ao contrário do que acontece na grande maioria dos estados …

China tenta travar divórcios com “período de reflexão”

Tribunais em toda a China estão a começar a impor aos casais que se querem divorciar um período de espera, de entre duas semanas e três meses, visando travar o aumento no número de separações. Segundo …

Descobertos novos geóglifos que podem reescrever história da Amazónia

Novos geóglifos descobertos no estado brasileiro do Acre reforçam a ideia de que havia uma numerosa população milenar e hierarquizada na Amazónia 2.500 anos antes da chegada dos europeus. Estes dados podem “reescrever” a história …

Ministro da Noruega demite-se após violar regras de segurança em viagem ao Irão

Per Sandberg foi obrigado a demitir-se por ter infringido as regras de segurança do Governo ao não informar sobre uma viagem privada ao Irão e por ter levado o telemóvel profissional. O ministro das Pescas norueguês, …

Bomba de 220 quilos da Segunda Guerra Mundial desativada em França

Uma bomba inglesa de 220 quilos, datada da Segunda Guerra Mundial, encontrada no fim de junho em Rouen, no noroeste de França, foi neutralizada neste domingo, anunciaram as autoridades locais. A operação foi realizada por agentes …

Agência do Ambiente pondera aplicar multas por ruído

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) está a analisar a aplicação de multas para o incumprimento das regras do ruído, obrigando as grandes cidades e infraestruturas de transportes a ter mapas e planos estratégicos para …

Pelo menos dois mortos e um milhão de pessoas afetadas por inundações nas Filipinas

Pelo menos duas pessoas morreram e uma desapareceu nas Filipinas devido a inundações que afetam mais de um milhão de pessoas após a passagem da tempestade tropical Yagi, informaram esta segunda-feira as autoridades. O centro e …