Cientistas identificam quantas mutações geram cada tipo de cancro

Annie Cavanagh / Wellcome Images

Células cancerígenas

Cientistas britânicos decifraram quantas mutações são necessárias para transformar uma célula saudável em cancerosa: entre uma e dez, dependendo do tipo de tumor.

As descobertas foram feitas por cientistas do Welcome Trust Sanger Institute e publicadas esta quinta-feira na revista científica Cell. Durante décadas, o assunto deste estudo foi alvo de calorosos debates entre cientistas que trabalham em investigações sobre o cancro.

Segundo os cientistas, as mais recentes descobertas podem agora aprimorar o tratamento contra a doença. Quando se compara uma célula saudável com uma cancerosa, é possível encontrar dezenas de milhares de diferenças, ou mutações, no ADN, avança a BBC.

Algumas dessas mutações fazem com que o cancro se desenvolva, enquanto outras não têm qualquer impacto no desenvolvimento. Por isso, os autores do estudo foram descobrir quais eram, de facto, importantes.

Para isso, os cientistas analisaram o ADN de 7.664 tumores, de forma a encontrar mutações perigosas, que transformam células saudáveis em cancerosas.

Com isso, os cientistas fizeram três importantes descobertas: uma única mutação é capaz de provocar cancro da tiróide e do testículo, quatro mutações são capazes de provocar cancro da mama e do fígado e dez mutações provocam cancro colorretal.

“Há décadas que tínhamos conhecimento sobre as bases genéticas do cancro, mas a discussão sobre quantas mutações são responsáveis pela transformação em célula cancerosa era controversa”, diz Peter Campbell, o autor principal do estudo.

“O que conseguimos nesta pesquisa foi fornecer os primeiros dados objetivos. Das milhares de mutações no genoma do cancro, só uma pequena porção é responsável por ditar o comportamento da célula, o que a torna cancerosa”, explica.

Metade das mutações identificadas ocorreu em conjuntos de genes que nunca tinham sido associados ao cancro antes. O objetivo do estudo, a longo prazo, é promover tratamentos mais precisos contra a doença.

Ao descobrirem quais as mutações, entre milhares, que estão a fazer o cancro avançar, os médicos poderão determinar os medicamentos mais eficazes para combater especificamente determinada mutação. Drogas como o herceptin e os inibidores BRAF já são usadas para atacar mutações em tumores.

A identificação das mutações capazes de transformar uma célula em cancerosa foi possível graças ao uso da teoria da evolução de Charles Darwin.

Geralmente, essas mutações deveriam aparecer com mais frequência nos tumores do que em mutações “neutras” – aquelas que não transformam células saudáveis em cancerosas.

Segundo os cientistas, isso ocorre porque as forças da seleção natural garantem uma vantagem evolutiva às mutações que ajudam as células a crescerem e dividirem-se mais rapidamente.

No entanto, Nicholas McGranahan, do Instituto de Pesquisa do Cancro do Reino Unido e do Instituto do Cancro da Universidade College London (UCL), faz ressalvas ao alcance da descoberta.

“O cancro é uma doença que está sempre em desenvolvimento e constante mudança. Faz sentido usar essas ideias de evolução das espécies para analisar falhas genéticas que permitem o crescimento do tumor, mas esse estudo foca-se apenas numa parte da evolução do cancro. Só ajuda a resolver parte do quebra-cabeça”, pondera.

Segundo o cientista, outros componentes do ADN acomodados nos cromossomas também são peças-chave na identificação das causas de surgimento do cancro e precisam de ser analisados para permitir uma resposta clara sobre a evolução da doença.

ZAP //

RESPONDER

É um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" proibir refeições em panteões

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, considerou hoje que seria um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" restringir totalmente "qualquer serviço de refeições nos panteões". "Concordo com as restrições, mas não na …

Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de 'legionella', garantindo que "todos os procedimentos foram implementados corretamente". "Todos os procedimentos foram implementados corretamente …

Rui Santos "paineleiro com feitio de gaja", Bruno de Carvalho "machista preconceituoso"

A associação Capazes não poupou críticas ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que acusa de "machismo, misoginia e homofobia", depois das violentas críticas que o presidente do Sporting endereçou a Rui Santos, comentador …

Detido diretor nacional do Tesouro angolano por suspeita de desvio de verbas

O diretor nacional do Tesouro angolano foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no âmbito de uma investigação policial a alegados desvios de verbas do Estado através de contratos celebrados com empresas fictícias. De acordo …

Milhares de contas russas no Twitter foram usadas para influenciar referendo do Brexit

Investigadores concluíram que nos dias anteriores à votação do referendo sobre o Brexit, centenas de contas falsas no Twitter com origem russa tentaram influenciar a decisão da saída do Reino Unido da União Europeia. De acordo …

Submarino militar argentino desapareceu com 44 pessoas a bordo

A Marinha da Argentina confirmou esta sexta-feira que está à procura de um submarino militar com 44 tripulantes, com o qual perdeu todo o o contacto há mais de 72 horas. O submarino militar argentino o …

Secretária de Estado desvaloriza "jantarinho" da Web Summit no Panteão

A secretária de Estado da Indústria desvalorizou o polémico jantar no Panteão Nacional e garante que nenhum membro do Governo esteve presente. "Não temos nada a ver com isso", afirmou à agência Lusa. A secretária de Estado …

Primeiro-ministro demissionário libanês acolhido em França

O primeiro-ministro demissionário libanês, que chegou este sábado a Paris procedente da Arábia Saudita, vai regressar ao Líbano na próxima quarta-feira para participar na festa nacional, informou a Agência Nacional de Notícias. Saad Hariri, que se …

Corte no subsídio de desemprego acaba em Janeiro

O fim do corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego vai entrar em vigor já a partir de Janeiro de 2018 e irá abranger todos os desempregados, incluindo os que já estão a receber …

Neblina de hidrocarbonetos de Plutão mantém planeta anão mais frio do que o esperado

A composição gasosa da atmosfera de um planeta geralmente determina a quantidade de calor que fica aí preso. No entanto, para o planeta anão Plutão, a temperatura prevista com base na composição da sua atmosfera …