Cientistas desenvolvem plástico ecológico a partir de batatas

(dr) Biomebioplastics

Copo de plástico “verdadeiramente biodegradável” feito de fécula de batata da Biomebioplastics

O plástico é um dos maiores problemas que enfrentamos hoje em dia, representando uma grande ameaça para as espécies marinhas. O uso de materiais orgânicos, combinado com melhores técnicas de reciclagem, pode ser a solução.

O copo de café descartável é um dos inúmeros exemplos de objetos que nos passam pelas mãos no nosso dia-a-dia que consideramos inofensivos… mas na realidade, não o são. A camada de polietileno usada para tornar este tipo de copos impermeáveis, impede o reaproveitamento na hora de reciclar.

A startup Biome Bioplastics está a tentar mudar esse paradigma. Para isso, conta a BBC, desenvolveu um copo de café verdadeiramente reciclável, feito de fécula de batata. O plástico feito a partir da planta, chamado bioplástico, é completamente biodegradável.

Paul Mines, responsável da empresa, acredita que esta é a primeira vez que o bioplástico está a ser usado em embalagens descartáveis, completamente recicláveis e destinadas a líquidos quentes.

“Muitas pessoas compram copos descartáveis boa fé, achando que podem ser reciclados”, diz Mines, “mas a maior parte das embalagens descartáveis são feitas de papelão colado com plástico, o que faz com que não sejam adequados à reciclagem. E algumas são feitas de isopor, que também não pode ser reciclado.”

Todos os anos, são despejadas oito milhões de toneladas de plástico, e estima-se que em 2050 teremos mais plástico do que peixes nos mares – plásticos difíceis de eliminar do nosso quotidiano, que não são recicláveis.

A quantidade de plástico que flutua nos nossos oceanos é assustadora. Alguns plásticos depositados no mar podem demorar até cerca de mil anos para se decomporem por completo. Além disso, pedaços pequenos de plástico acabam por ser engolidos por animais.

É por estes motivos que o plástico é uma ameaça cada vez mais crescente e a comunidade científica está empenhada em lutar contra este problema, que põe em risco a saúde dos animais marinhos.

(dr) BioCellection

As estudantes Miranda Wang e Jeanny Yao montaram uma startup para tentar solucionar o problema de plásticos não recicláveis

Na Califórnia, nos EUA, a start up BioCollection transforma esses plásticos não recicláveis em químicos que podem ser posteriormente utilizados como matéria prima de vários produtos, como casacos de esqui ou peças automóveis.

“Identificamos um catalisador que corta as cadeias de polímero em pequenas cadeias. Uma vez que o polímero se divide em pedaços, o oxigénio do ar junta-se à cadeia e forma ácidos orgânicos que podem ser purificados e usados em diversos produtos”, explica Miranda Wang, uma das fundadoras da start up.

Wang e a colega Jeanny Yao lançaram a start up em 2016, na altura ainda estudantes em Vancouver, no Canadá, que pretendia criar uma bactéria que come o plástico dos oceanos e o transforma em água. A estimativa é que cada litro de solução com bactérias possa remover nove gramas de plástico das águas.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Silêncio de Moçambique alimenta suspeitas em torno da morte de empresário português

Moçambique quebrou, finalmente, um longo e estranho silêncio sobre o caso do empresário português Américo Sebastião, desaparecido há 19 meses, mas para dizer que não sabe nada sobre o assunto. O mistério alimenta as suspeitas …

Desabamento na maior lixeira de Maputo mata 12 pessoas

Doze pessoas morreram na madrugada de hoje na sequência do desabamento de parte da lixeira de Hulene, nos subúrbios da capital moçambicana, disse à Lusa fonte do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC). A lixeira …

Mallu sai, Jorge Palma (re)entra: RTP desfaz erro na pontuação do público

A RTP anunciou um erro nas votações de domingo, no âmbito da primeira semifinal do Festival da Canção. Assim, a canção composta por Jorge Palma e interpretada por Rui David está entre as sete apuradas …

Ministro das Finanças francês nega acusações de violação

O ministro das Finanças francês, Gérald Darmanin, negou as acusações de violação de que é alvo e que levaram ao debate político sobre a sua permanência no Governo em França. Gérald Darmanin disse esta segunda-feira numa …

"Eu nunca disse que a Rússia não interferiu nas eleições", afirma Trump

Depois de 13 cidadãos russos terem sido formalmente acusados pela justiça norte-americana de terem interferido nas eleições de 2016, Donald Trump afirma que os russos estão "a rir à gargalhada" dos americanos. O Presidente dos Estados …

Guterres distinguido com doutoramento "honoris causa"

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, foi hoje distinguido com o grau de doutor "honoris causa" pela Universidade de Lisboa, sob proposta do Instituto Superior Técnico, onde foi aluno e professor. Na cerimónia, com início …

"Pior que levar um tiro". Líder da comunidade cigana vai desonrar agressores de enfermeiros

O líder da comunidade cigana, Alberto Melo, vai castigar a família que agrediu enfermeiros nas urgências do Hospital de São João, no Porto. O caso aconteceu na passada terça-feira, quando uma dezena de elementos de uma …

Governo quer proibir farmácias de fazer descontos acima de 3%

Os descontos que algumas farmácias fazem podem vir a ser limitados no futuro, de acordo com uma intenção do Governo em proibir descontos acima dos 3%. Segundo o Público, o Ministério da Saúde elaborou um projeto …

Mina de urânio espanhola coloca Portugal em risco de contaminação radioactiva

Depois da polémica de Almaraz, há uma nova "guerra" Portugal-Espanha. Desta feita, por causa de uma mina de urânio a céu aberto que está a instalar-se perto da fronteira com Portugal e que pode vir …

Com um pedaço de drone iraniano na mão, Netanyahu diz que "é tempo de os parar"

Na Conferência de Segurança de Munique, na Alemanha, Benjamin Netanyahu garantiu que Israel agirá contra o Irão se necessário, afirmando que aquele país é a maior ameaça mundial. Uma semana depois dos ataques aéreos de Israel …