Cientistas desenvolvem plástico ecológico a partir de batatas

(dr) Biomebioplastics

Copo de plástico “verdadeiramente biodegradável” feito de fécula de batata da Biomebioplastics

O plástico é um dos maiores problemas que enfrentamos hoje em dia, representando uma grande ameaça para as espécies marinhas. O uso de materiais orgânicos, combinado com melhores técnicas de reciclagem, pode ser a solução.

O copo de café descartável é um dos inúmeros exemplos de objetos que nos passam pelas mãos no nosso dia-a-dia que consideramos inofensivos… mas na realidade, não o são. A camada de polietileno usada para tornar este tipo de copos impermeáveis, impede o reaproveitamento na hora de reciclar.

A startup Biome Bioplastics está a tentar mudar esse paradigma. Para isso, conta a BBC, desenvolveu um copo de café verdadeiramente reciclável, feito de fécula de batata. O plástico feito a partir da planta, chamado bioplástico, é completamente biodegradável.

Paul Mines, responsável da empresa, acredita que esta é a primeira vez que o bioplástico está a ser usado em embalagens descartáveis, completamente recicláveis e destinadas a líquidos quentes.

“Muitas pessoas compram copos descartáveis boa fé, achando que podem ser reciclados”, diz Mines, “mas a maior parte das embalagens descartáveis são feitas de papelão colado com plástico, o que faz com que não sejam adequados à reciclagem. E algumas são feitas de isopor, que também não pode ser reciclado.”

Todos os anos, são despejadas oito milhões de toneladas de plástico, e estima-se que em 2050 teremos mais plástico do que peixes nos mares – plásticos difíceis de eliminar do nosso quotidiano, que não são recicláveis.

A quantidade de plástico que flutua nos nossos oceanos é assustadora. Alguns plásticos depositados no mar podem demorar até cerca de mil anos para se decomporem por completo. Além disso, pedaços pequenos de plástico acabam por ser engolidos por animais.

É por estes motivos que o plástico é uma ameaça cada vez mais crescente e a comunidade científica está empenhada em lutar contra este problema, que põe em risco a saúde dos animais marinhos.

(dr) BioCellection

As estudantes Miranda Wang e Jeanny Yao montaram uma startup para tentar solucionar o problema de plásticos não recicláveis

Na Califórnia, nos EUA, a start up BioCollection transforma esses plásticos não recicláveis em químicos que podem ser posteriormente utilizados como matéria prima de vários produtos, como casacos de esqui ou peças automóveis.

“Identificamos um catalisador que corta as cadeias de polímero em pequenas cadeias. Uma vez que o polímero se divide em pedaços, o oxigénio do ar junta-se à cadeia e forma ácidos orgânicos que podem ser purificados e usados em diversos produtos”, explica Miranda Wang, uma das fundadoras da start up.

Wang e a colega Jeanny Yao lançaram a start up em 2016, na altura ainda estudantes em Vancouver, no Canadá, que pretendia criar uma bactéria que come o plástico dos oceanos e o transforma em água. A estimativa é que cada litro de solução com bactérias possa remover nove gramas de plástico das águas.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Vulcão Kilauea provoca nuvem de gases ácidos e farpas de vidro

O vulcão Kilauea está a originar um novo perigo para a população da zona, devido às nuvens de gases ácidos, vapor e de partículas semelhantes ao vidro que estão a ser causadas pela chegada da …

Estudar música ou falar mais do que uma língua torna o cérebro mais eficiente

Uma equipa de cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, realizou uma investigação e concluiu que músicos bilingues têm um cérebro mais eficiente. Cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, …

Gel inteligente "caminha" e move objetos debaixo de água

Uma equipa de engenheiros criou um gel inteligente impresso em 3D capaz de caminhar debaixo de água, agarrar e mover objetos. O produto tem potencial em engenharia biomédica por ser semelhante a tecidos do corpo …

Ferramentas de madeira encontradas em Espanha eram de neandertais

Não é muito comum encontrarem-se na Europa ferramentas de madeira associadas a neandertais. Os instrumentos encontrados em Espanha têm cerca de 90 mil anos e as ferramentas de madeira descobertas em Itália têm cerca de …

600 anos e 4 terramotos: cientistas desvendam como é que a Torre de Pisa ainda continua em pé

Era um mistério que há anos intrigava engenheiros: como é que a Torre de Pisa consegue resistir a terremotos estando tão inclinada? Com 58 metros de altura, o campanário da catedral da cidade italiana de Pisa …

Descoberto primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar

Cientistas descobriram o primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar, na órbita de Júpiter, revela um estudo publicado esta segunda-feira. O "2015 BZ509", com origem fora do Sistema Solar, está 'aninhado' na órbita de …

"Não sejas malvado". Google apagou o seu popular lema do código de conduta

A gigante tecnológica eliminou do código de conduta que distribui aos seus funcionários o popular lema "Bon't Be Evil", "não sejas malvado", que fazia parte da cultura da empresa desde os anos 2000. O lema não …

Prisão preventiva para todos os agressores de Alcochete

O juiz de instrução criminal do Tribunal do Barreiro decretou, esta segunda-feira, a medida de coação de prisão preventiva a todos os 23 arguidos detidos na sequência das agressões na Academia do Sporting, em Alcochete. Num …

12 anos depois, nasceu o primeiro bebé na ilha onde é proibido nascer

Este fim de semana, uma brasileira deu à luz uma bebé, na remota ilha de Fernando de Noronha onde, por falta de de estrutura hospitalar, os nascimentos não são autorizados. O arquipélago Fernando Noronha, no Brasil, …

Sem-abrigo multados e detidos por pedirem esmola e dormirem na rua

O número de pessoas em situação de sem-abrigo que estão a ser multadas, condenadas e presas por mendigar ou dormir nas ruas é cada vez maior em Inglaterra e no País de Gales. Em relação a …