Cidade chinesa vai ser a primeira com carros robô sem condutor

Baidu

A Baidu está a desenvolver um sistema de inteligência artificial para comandar carros sem condutor

A Baidu está a desenvolver um sistema de inteligência artificial para comandar carros sem condutor

A empresa de tecnologia chinesa Baidu, dona do segundo maior motor de buscas do mundo, revelou um plano para permitir que carros sem condutor circulem livremente por toda uma cidade.

O plano de cinco anos prevê uma introdução lenta de carros, carrinhas e autocarros autónomos na cidade de Wuhu, no leste do país.

Inicialmente, estes veículos não levarão passageiros. As viagens em zonas de teste determinadas na cidade servirão para refinar a tecnologia.

Ao longo do tempo, essas zonas devem ser expandidas e passageiros poderão seguir nos veículos.

A ideia é que Wuhu, com aproximadamente 700 mil habitantes, seja a primeira cidade do mundo a adotar a direção autónoma, defende Wang Jing, o encarregado do programa de carros sem condutor da Baidu.

“Essa é a primeira cidade corajosa, ousada e inovativa o suficiente para testar a direção autónoma”, afirmou o responsável ao programa BBC Click.

Direção eficiente

Wang Jing afirma que a primeira fase do teste deve durar cerca de três anos e envolver áreas restritas da cidade, onde autocarros, carrinhas médias e carros serão testados.

Depois de três anos, essas áreas serão expandidas e o serviço será comercializado para cerca de três milhões de habitantes de Wuhu.

Ao fim de cinco anos, toda a cidade será aberta para a circulação de veículos sem condutor em conjunto com carros, camiões e autocarros com condutor.

Jing descreve que a cidade quer usar veículos robôs porque são uma maneira eficiente para transportar pessoas e mercadorias.

Segundo o empresário, o modelo atual – em que várias famílias possuem carros – é um desperdício de recursos porque muitos desses veículos passa a maior parte do tempo parados. Carros robôs, segundo Wang Jing, seriam usados de forma muito mais intensa.

Expansão

Um estudo divulgado recentemente afirmou que o uso generalizado de carros sem condutor geraria congestionamentos.

O estudo do grupo de contabilidade KPMG sugere que os carros robôs passariam a ser usados por segmentos da população que normalmente não usam carros, como os jovens e os idosos, o que aumentaria consideravelmente o número de carros nas ruas.

Wang Jing espera que o teste na cidade de Wuhu dê origem a mais projetos semelhantes em outros lugares.

“Estamos a tentar passar a experiência e dados para o governo central para que possam ver os benefícios. Isto tornará mais fácil para nós levar o projeto para outras cidades na China. Esperamos que seja um ponto de início para levar isso para outros países”, explica.

A Baidu é reconhecida por trabalhar com a montadora alemã BMW no desenvolvimento de sistemas de controlo para veículos automatizados.

O carro que surgir desta parceria e outros veículos desenvolvidos pela montadora chinesa Chery devem ser usados no teste em Wuhu.

Muitas empresas de tecnologia, incluindo a Google, e montadoras por todo o mundo também estão a trabalhar em tecnologia de controlo carros autónomos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …