Cientistas descobrem chimpanzés selvagens infetados com lepra pela primeira vez

Kimberley Hockings / Tai Chimpanzee Project

Woodstock, chimpanzé macho do Parque Nacional de Taï, infetado com Lepra

A lepra é uma doença particularmente perturbadora e dolorosa que, até agora, foi encontrada sobretudo em humanos. Mas uma equipa internacional de investigadores detetou recentemente a doença em chimpanzés selvagens.

Kimberley Hockings, um cientista que trabalha no Parque Nacional de Cantanhez, na Guiné-Bissau, reparou que vários chimpanzés selvagens daquele local apresentavam lesões no rosto.

“Nunca vi isto em chimpanzés”, escreveu Fabian Leendertz, veterinário de vida selvagem, a quem Hockings enviou um e-mail a pedir ajuda.

O veterinário decidiu, então, examinar amostras fecais de Woodstock, um chimpanzé selvagem do Parque Nacional Taï que apresentava os mesmos sintomas, e encontrou traços de Mycobacterium leprae, a bactéria que provoca a Lepra.

Além disso, os investigadores sequenciaram o genoma do patógeno e descobriram que era de um genótipo raro chamado 2F. Já na Guiné-Bissau, os chimpanzés estavam infetados com outro genótipo chamado 4N/O.

A lepra é uma doença sobre a qual não existe muita informação, mas que já afetou milhões de pessoas em todo o mundo. Depois de ter sido descoberta uma combinação de antibióticos que tratava a doença, o interesse científico diminuiu e, durante anos, os investigadores pensaram que afetava apenas humanos.

Mas, nas últimas duas décadas, o patógeno foi descoberto em tatus-galinha e esquilos vermelhos, onde se observou o mesmo genótipo bacteriano, denominado 3I, associado a infeções humanas na Europa medieval – o que indica que este terá passado dos humanos para os animais.

Agora, o novo estudo mostra que os chimpanzés selvagens sofrem de lepra, uma doença nunca antes documentada nestes animais. As estirpes da doença não parecem, no entanto, relacionadas e é improvável que tenham origem no contacto com humanos, argumentam os autores. O que significa que a descoberta pode indicar uma fonte desconhecida de lepra.

De acordo com a Science Magazine, as doenças humanas podem transmitir-se para os chimpanzés, com consequências devastadoras, mas Leendertz acredita que uma transmissão recente entre humanos e chimpanzés é improvável.

Além disso, os genótipos responsáveis ​​por ambos os surtos são raros em humanos, diz o estudo. “O cenário mais provável é que haja algum reservatório de lepra não identificado”, disse o veterinário.

Anne Stone, uma geneticista evolucionista na Universidade Arizona State, disse que suspeita há muito tempo que a bactéria da lepra possa prosperar noutro reservatório, em parte por causa do tamanho pequeno do seu genoma.

Além disso, Stone sugere que a bactéria poderia ter outro hospedeiro antes de passar para os humanos. “Os dados apontam cada vez mais para a possibilidade de que algo que não os humanos seja realmente o hospedeiro principal”, diz Stone, explicando que esse hospedeiro tanto poderia ser um animal caçado pelos chimpanzés como o meio ambiente.

Mas os roedores são os principais candidatos a hospedeiro, diz a cientista, que não descarta a hipótese de alguns insetos também terem sido infetados pela doença.

É um novo caminho interessante para a pesquisa da lepra, diz Charlotte Avanzi, outra autora do artigo. “Qualquer pista que possamos obter de animais ou de qualquer lugar é muito, muito útil”, acrescenta.

Até ao momento, os chimpanzés infetados parecem estar a lidar bem com a doença, embora um esteja a perder peso, diz Hockings. Mas tratá-los não é uma opção, “os humanos precisam de tomar antibióticos durante meses para tratar a lepra. Não se pode fazer isso com animais selvagens”, explica acrescenta Leendertz.

Por enquanto, a doença não parece colocar em risco os grupos como um todo, “mas é uma ameaça adicional, claro, além da caça ilegal, perda de habitat e outras doenças”, diz.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Charlie" é o robô peixe-gato da CIA que permitiu pesquisas subaquáticas (e já realizou missões secretas)

De várias formas e tamanhos, os robôs têm sido sido muitas vezes usados por muitas entidades para trabalhos de pesquisa e investigação. A CIA não é exceção e por isso desenvolveu um peixe robótico chamado …

Possível obra de Banksy surge na parede de uma famosa prisão. Pode representar Oscar Wilde

Um graffiti possivelmente pintado pelo famoso artista de rua Banksy apareceu durante a noite no lado de fora de uma parede da prisão de Reading, no Reino Unido. Na madrugada desta segunda-feira, a obra foi avistada …

Na tentativa de tirar a selfie perfeita com um elefante, indiano acaba morto pelo animal

No passado domingo, dia 28 de fevereiro, um homem de 21 anos morreu enquanto tentava tirar uma selfie com um elefante. O animal andou a pairar por zona residencial e anteriormente já tinha matado uma …

Milhares de professores vacinados antes de médicos. Presidente do México acusado de fazer política com a vacinação

Milhares de professores do ensino público que lecionam nas zonas mais rurais do México foram vacinados contra o novo coronavírus antes dos profissionais de saúde que combatem a pandemia na mesma região. De acordo com …

Passageiros com documentos e teste de covid-19 falsificados detetados pelo SEF

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, no domingo, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, três cidadãos portadores de documentação falsa, dois dos quais na partida de um voo com destino à República da …

Coronadiktatur, Gesichtskondom, Fussgruss. Os alemães inventaram milhares de palavras novas sobre a pandemia

O confinamento de quase quatro meses na Alemanha não colocou restrições ao seu idioma de palavras multissilábicas. Os alemães inventaram mais de 1.200 novas palavras para descrever as regras e realidades da vida em tempo …

Ordem coordena vacinação de 4000 médicos "deixados para trás"

A Ordem dos Médicos vai vacinar cerca de quatro mil médicos que trabalham em hospitais e clínicas privadas e que, por algum motivo, não foram vacinados na altura devida. De acordo com um comunicado da ordem, …

A mais recente turbina eólica chama-se Wind Catcher e é portátil

Uma empresa dinamarquesa decidiu inovar e desenvolver uma turbina eólica portátil. O Wind Catcher é mais leve, mais poderoso e mais fácil de usar do que qualquer outro sistema de energia eólica no mercado. O Wind …

Spike Lee vai produzir série documental para o 20.º aniversário dos atentados de 11 de setembro

O realizador Spike Lee está a preparar uma série documental para estrear no 20.º aniversário dos atentados do 11 de Setembro, um "retrato sem precedentes" dos nova-iorquinos e da capacidade de recuperação depois da destruição …

Guru de investimentos, Warren Buffett, assume ter cometido um "erro"

O bilionário norte-americano Warren Buffett, considerado o "guru" dos mercados de investimento, assumiu ter cometido um erro quando adquiriu, em 2016, a Precision Castparts por 32,1 mil milhões de euros. Na carta que escreve anualmente para …