Casal desaparecido há 75 anos encontrado num glaciar nos Alpes

GLACIER 3000 / EPA

Restos de roupa, botas de alpinismo e outros objectos que terão pertencido a Marcelin e Francine Dumoulin

Ao cabo de 75 anos, foram encontrados os corpos de um casal suíço que estava desaparecido desde 1942. O recuo de um glaciar nos Alpes suíços revelou os restos mortais de Marcelin e Francine Dumoulin.

Foi um trabalhador da empresa Glacier 3000, que está em obras no glaciar Tsanfleuron, nos Alpes suíços, que encontrou os corpos do casal, próximo de uma estância de esqui, a cerca de 2600 metros de altitude.

“Os corpos estavam deitados perto um do outro. Eram um homem e uma mulher a usarem roupas datadas do período da II Guerra Mundial” refere o presidente da Glacier 3000, Bernhard Tschannen, em declarações reproduzidas pela BBC.

Tschannen destaca ainda que o casal deve ter caído numa fenda, revelando que o seu trabalhador encontrou também mochilas, recipientes de lata, um frasco de vidro e sapatos na zona.

Os cadáveres estavam preservados pelo gelo e tinham os documentos de identificação, mas, mesmo assim, as autoridades vão realizar testes de ADN para confirmar a identidade do casal.

Marcelin Dumoulin, um sapateiro de 40 anos, e Francine Dumoulin, uma professora de 37 anos, eram pais de sete crianças e desapareceram quando foram ordenhar as vacas num prado nos Alpes suíços, em 1942.

Depois do trágico desaparecimento, os filhos acabaram por ser separados e distribuídos por famílias diferentes. A filha mais velha do casal, de 79 anos, conta que os irmãos perderam o contacto e que alguns deles são agora, “estranhos”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Google cria modelo de cérebro mais detalhado (e com maior resolução) de sempre

A recriação 3D do cérebro de uma mosca da fruta - que mostra 20 milhões de sinapses e 25 mil neurónios - é a que tem a maior resolução até ao momento. Uma equipa de …

Morreu Kobe Bryant, uma das maiores estrelas de sempre da NBA

Kobe Bryant, um dos maiores basquetebolistas de sempre, morreu na manhã deste domingo em Calabasas, Califórnia, num desastre de helicóptero. De acordo com a TMZ, Bryant viajava com, pelo menos, três outras pessoas num helicóptero privado, …

Há seis queixas de violência policial por semana

Em Portugal, são apresentadas em média seis queixas semanais por violência policial, escreve o semanário Expresso na sua edição deste fim-de-semana, citando os dados mais recentes da Procuradoria-Geral da República. De acordo com os números, relativos …

CRISPR tornou galinhas resistentes a um vírus comum

A técnica de edição genética CRISPR tem sido usada para tornar as galinhas resistentes a um vírus comum, uma abordagem que poderia aumentar a produção de ovos e de carne em todo o mundo. Mesmo quando …

A Cybertruck de Musk poderá ser "incrivelmente barata" de produzir

A Cybertruck de Elon Musk, CEO da Tesla e da Space X, pode ser "incrivelmente barata" de produzir graças à sua inovadora tecnologia de carroçaria, afirmou um especialista em entrevista à Autoline Network. O engenheiro Sandy …

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …