//

Cama de campismo de Tutankamon era uma “pequena maravilha da técnica”

czechr / Flickr

A famosa máscara de Tutankhamon

O Faraó Tutankamon terá usado a primeira cama de campismo articulada do mundo. Esta é a conclusão de um novo estudo científico que se debruçou sobre a “pequena maravilha da técnica” que foi usada pelo homem que governou o Egipto há mais de 3 mil anos.

Esta cama articulada que Tutankamon terá usado para dormir nas noites que passou fora do palácio real foi descoberta em 1922, pelo arqueólogo britânico Howard Carter, a par de outros artefactos, no túmulo do Faraó.

Mas só agora, volvido quase um século, é que a cadeira guardada no Instituto Griffith da Universidade de Oxford, no Reino Unido, foi devidamente analisada.

A arquitecta japonesa Naoko Nishimoto, especialista em móveis antigos, estudou cuidadosamente o móvel e concluiu que é “uma pequena maravilha da técnica”, conforme conta ao Live Science.

Com cerca de 1,80 metros de comprimento, a cama é feita com folhas de papiro, tem como suportes de madeira oito patas de leão e é dobrável em forma de Z, graças a um “engenhoso mecanismo”, refere a investigadora.

Griffith Institute/University of Oxford

Cama de campismo de Tutankamon

“Esta é a única cama de campismo de tamanho real que já foi encontrada. Nenhum outro Faraó, exceptuando o Rei Tut, tinha uma tal cama. É intrigante”, destaca a investigadora da Universidade Musashino, de Tóquio, no Japão.

Naoko Nishimoto considera que se trata de uma cama “revolucionária” que terá sido feita “especialmente” para Tutankamon. A arquitecta acredita que terá sido a primeira do seu género, revelando “um sistema híbrido confortável feito com uma moldura de madeira, dobradiças de bronze e uma esteira de tecelagem”.

Com “um nível extraordinário de conforto, design elegante e uma tecnologia sofisticada”, poderemos estar perante o protótipo mais antigo da moderna cama de campismo articulada.

  SV, ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.