Aprovado o primeiro comprimido que avisa o médico de que foi engolido

(dr) Proteus Digital Health

O sensor incorporado no Abilify MyCite envia a informação para um adesivo digital que deteta a toma do comprimido.

Foi aprovado nos EUA o Abilify MyCite, o primeiro comprimido digital que garante a toma da medicação. Composto por comprimidos com sensores, um adesivo digital e uma aplicação móvel, o fármaco destina-se ao tratamento da esquizofrenia.

A Food and Drugs Administration, organismo regulador que vigia os medicamentos dos Estados Unidos, aprovou esta segunda-feira o primeiro comprimido digital. Chama-se Abilify MyCite e é o primeiro comprimido monitorizado que permite averiguar se os pacientes tomam a medicação e a que horas.

Os Abilify MyCite são comprimidos de aripiprazol para tratamento de esquizofrenia, que têm um pequeno sensor feito de silicone, cobre e magnésio, embebido no comprimido, que permite saber se foi ingerido.

O paciente ingere o comprimido e este, algum tempo depois e graças à ação do suco gástrico, ativa um sinal elétrico. O sensor envia a informação para um “penso-recetor“, previamente colado na zona das costelas do paciente, e este envia a informação via bluetooth para uma aplicação móvel.

O doente tem assim acesso à hora a que o comprimido foi tomado e à dosagem, e pode ainda autorizar o médico a consultar a informação sobre a toma do medicamento. O adesivo deve ser substituído semanalmente e é capaz de registar os níveis de atividade, as horas dormidas, os passos dados e ainda o batimento cardíaco.

Ainda assim, a deteção da toma pode demorar entre 30 minutos a duas horas, razão pela qual a FDA alerta que o mecanismo em questão não deverá ser utilizado para controlar a toma em tempo real ou durante uma emergência, até porque em alguns casos a toma pode até não chegar a ser detetada.

À semelhança de qualquer outro medicamento, o Abilify MyCite pode também causar efeitos secundários como “náuseas, vómitos, prisão de ventre, dores de cabeça, tonturas, falta de controlo nos movimentos, ansiedade, insónia e inquietação”, lê-se no comunicado divulgado pela FDA.

Depois de o comprimido ser lançado no mercado no próximo ano, a comunidade médica, ainda reticente, irá comprovar se esta nova tecnologia ajuda a garantir que a toma da medicação é realmente cumprida.

No entanto, nem todos podem tomar o Abilify MyCite, que não é recomendado a idosos com demência e doentes com alucinações, que podem sentir-se perseguidos por este sistema. Assim, é aconselhado que os profissionais de saúde façam um diagnóstico ao doente para averiguar se é capaz de o gerir.

O comprimido é o resultado de anos de investigação da farmacêutica japonesa Otsuka, que já vendia o medicamento Abilify desde 2002, e da empresa norte-americana Proteus Digital Health, responsável pela criação do sensor e do adesivo.

O Abilify MyCite surge da necessidade de assegurar que os doentes seguem o tratamento. Segundo o The New York Times, o não cumprimento da toma de medicamentos prescritos nos Estados Unidos tem um custo de cerca de 85,7 mil milhões de euros anuais, em boa parte porque o paciente volta a precisar de novos tratamentos e medicamentos.

PARTILHAR

RESPONDER

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …