Alunos dos Açores vão ter mais uma aula de Português e Matemática que o resto do país

SESI SP / Flickr

Os alunos do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico dos Açores vão ter mais uma aula por semana de Português e de Matemática do que os seus colegas do resto do país no ano lectivo que agora se inicia.

A iniciativa, anunciada este domingo pelo presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, durante a cerimónia de inauguração das obras de requalificação da Escola Básica António José d’Ávila, na cidade da Horta, é uma das medidas de combate ao insucesso escolar que o executivo quer implementar este ano.

“Porque entendemos que o domínio da língua e do raciocínio matemático são fundamentais para desenvolver as restantes competências, disponibilizamos nos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, a todas as escolas, neste ano lectivo, um crédito horário lectivo adicional”, explicou Vasco Cordeiro.

Este crédito adicional permitirá que cada turma disponha de mais 90 minutos semanais, que serão divididos entre as disciplinas de Português e Matemática, aumentando de cinco para seis o número de horas lectivas em cada uma.

massgovernor / Flickr

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro

O chefe do executivo adiantou ainda que a região está a elaborar um Plano Regional de Promoção do Sucesso Escolar, para aplicar já este ano lectivo, que inclui várias medidas destinadas a combater o insucesso escolar.

“Este plano regional vai ser concebido a partir da audição de todos os intervenientes no processo educativo, contará com uma comissão científica de reconhecida competência e orientará a luta que enfrentamos em termos educativos: a do combate ao insucesso escolar e ao abandono escolar precoce”, sublinhou Vasco Cordeiro.

Outra das medidas anunciadas foi a criação da figura de “mediadores escolares“, ou seja, docentes formados em parceria com a Associação de Empresários pela Inclusão Social, que irão trabalhar junto dos alunos com maiores dificuldades de aprendizagem.

“Oito escolas da nossa região aderiram a este projecto, orientado para o desenvolvimento das competências não cognitivas, mas essenciais ao sucesso escolar dos jovens com risco de insucesso escolar”, sublinhou.

Vasco Cordeiro lembrou, no entanto, que o as “condições necessárias” para o sucesso escolar não dependem apenas do Governo ou das escolas, mas que começa sobretudo “em cada família açoriana”.

No ano lectivo que agora se inicia, estão matriculados mais de 41 mil alunos, distribuídos por mais de 175 escolas da rede pública, onde vão leccionar cerca de 4700 professores e cerca de 2300 funcionários.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É lamentável como de um comentário se faz uma notícia que por sua vez é discrepante da verdade. Basta, sr jornalista ir confirmar que na realidade os Açores apenas se igualaram ao Continente no que agora propõem a mais.

RESPONDER

Cavani: brasileiros com milhões... mas pessimistas

O Grémio estabelece quatro parcerias para contratar o uruguaio. No entanto, a direção do clube não acredita que Cavani se vai mudar para Porto Alegre. "Na vida, se não conversas, nada sabes. Até pode surgir uma …

Ministério da Saúde indiano sem dados sobre médicos que morreram de covid-19. Associação fala em 382 óbitos

Depois de o Ministério da Saúde indiano ter afirmado esta semana que o não dispõe dos dados sobre os profissionais de saúde que morreram devido à covid-19, a Associação Médica do país publicou uma lista …

Chega apresenta proposta que prevê castração química para pedófilos

O projeto de revisão constitucional do Chega, entregue hoje no parlamento, prevê a remoção dos órgãos genitais a criminosos condenados por violação de menores, algo que em si mesmo encerra dúvidas de conformidade com a …

Fluminense: as derrotas pós-Evanilson e as quatro ausências de Fred

O reforço do FC Porto deixou a equipa brasileira que, desde essa transferência, contabiliza mais derrotas do que vitórias. A instabilidade de Fred não ajuda. Portugal continua mais atento ao Flamengo do que ao Fluminense, mesmo …

MP suíço pede 28 meses de prisão para presidente do PSG e 3 anos para Valcke

O Ministério Público suíço pediu, esta terça-feira, uma pena de 28 meses de prisão para Nasser Al-Khelaïfi, presidente do Paris Saint-Germain, e de três anos para Jérôme Valcke, antigo número dois da FIFA. Trata-se dos primeiros …

Empresa japonesa cria lâmpada UV inócua para humanos que inativa coronavírus

Uma empresa japonesa desenvolveu uma lâmpada de radiação ultravioleta que inativa o novo coronavírus, recorrendo a um comprimento de onda que um estudo científico diz ser inócuo para os seres humanos. A lâmpada Care 222 foi …

Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter "ocultado factos relevantes"

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19. Na sua intervenção durante o debate geral da …

Há um "clima de medo e insatisfação" nas Forças Armadas, diz Associação de Sargentos

O presidente da Associação Nacional de Sargentos (ANS), Lima Coelho, disse à Rádio Renascença que se vive um "clima de medo e insatisfação nas Forças Armadas", que inclui ameaças, avaliações injustas, demora excessiva das reclamações …

Teletrabalho e questões ambientais são prioridade para o PS no início da sessão legislativa

A líder parlamentar do PS afirma que duas das principais prioridades da sua bancada no início da presente sessão legislativa vão passar pela regulamentação do teletrabalho e pela aprovação de uma lei de bases do …

Justiça alemã abre novo inquérito contra suspeito do desaparecimento de Maddie

A justiça alemã abriu um novo inquérito contra o principal suspeito do desaparecimento de Maddie McCann, relativo à violação de uma jovem irlandesa, em 2004, anunciou, esta terça-feira, o procurador de Brunswick. "Posso confirmar que investigamos …