Alunos dos Açores vão ter mais uma aula de Português e Matemática que o resto do país

SESI SP / Flickr

Os alunos do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico dos Açores vão ter mais uma aula por semana de Português e de Matemática do que os seus colegas do resto do país no ano lectivo que agora se inicia.

A iniciativa, anunciada este domingo pelo presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, durante a cerimónia de inauguração das obras de requalificação da Escola Básica António José d’Ávila, na cidade da Horta, é uma das medidas de combate ao insucesso escolar que o executivo quer implementar este ano.

“Porque entendemos que o domínio da língua e do raciocínio matemático são fundamentais para desenvolver as restantes competências, disponibilizamos nos 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, a todas as escolas, neste ano lectivo, um crédito horário lectivo adicional”, explicou Vasco Cordeiro.

Este crédito adicional permitirá que cada turma disponha de mais 90 minutos semanais, que serão divididos entre as disciplinas de Português e Matemática, aumentando de cinco para seis o número de horas lectivas em cada uma.

massgovernor / Flickr

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro

O presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro

O chefe do executivo adiantou ainda que a região está a elaborar um Plano Regional de Promoção do Sucesso Escolar, para aplicar já este ano lectivo, que inclui várias medidas destinadas a combater o insucesso escolar.

“Este plano regional vai ser concebido a partir da audição de todos os intervenientes no processo educativo, contará com uma comissão científica de reconhecida competência e orientará a luta que enfrentamos em termos educativos: a do combate ao insucesso escolar e ao abandono escolar precoce”, sublinhou Vasco Cordeiro.

Outra das medidas anunciadas foi a criação da figura de “mediadores escolares“, ou seja, docentes formados em parceria com a Associação de Empresários pela Inclusão Social, que irão trabalhar junto dos alunos com maiores dificuldades de aprendizagem.

“Oito escolas da nossa região aderiram a este projecto, orientado para o desenvolvimento das competências não cognitivas, mas essenciais ao sucesso escolar dos jovens com risco de insucesso escolar”, sublinhou.

Vasco Cordeiro lembrou, no entanto, que o as “condições necessárias” para o sucesso escolar não dependem apenas do Governo ou das escolas, mas que começa sobretudo “em cada família açoriana”.

No ano lectivo que agora se inicia, estão matriculados mais de 41 mil alunos, distribuídos por mais de 175 escolas da rede pública, onde vão leccionar cerca de 4700 professores e cerca de 2300 funcionários.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É lamentável como de um comentário se faz uma notícia que por sua vez é discrepante da verdade. Basta, sr jornalista ir confirmar que na realidade os Açores apenas se igualaram ao Continente no que agora propõem a mais.

RESPONDER

A cidade do futuro está a chegar. Volocopter promete táxis voadores já em 2022

A empresa alemã Volocopter prometeu na Web Summit que os seus táxis aéreos estarão a operar de forma comercial dentro de dois ou três anos. Em declarações ao ZAP, Alexander Zosel, co-fundador da empresa, disse …

João Mário dispensado dos trabalhos da seleção por lesão

O médio, um dos 25 convocados para os duelos de Portugal com Lituânia e Luxemburgo, de apuramento para o Euro 2020, foi dispensado da seleção nacional, esta segunda-feira, devido a problemas físicos. De acordo com uma …

12 mil anos de história genética mostram que todos os caminhos vão (mesmo) dar a Roma

Afinal, pode haver alguma verdade no famoso provérbio que diz que "todos os caminhos vão a Roma". Essa é a conclusão de investigadores que descobriram a rica história genética da área. No auge do Império Romano, …

Nuno Manta Santos anuncia saída do Marítimo

Nuno Manta Santos deixou de ser o treinador do Marítimo, anunciou, esta segunda-feira, o técnico na sua página do Facebook, deixando a equipa insular no 14.º lugar da I Liga portuguesa de futebol. A saída do …

Marcelo nota "salto" nas relações com Itália mas deixa um desafio à comunidade portuguesa

Esta segunda-feira, em Roma, o Presidente da República considerou que houve "um salto humano" nas relações luso-italianas e um "estreitamento" em termos culturais, económicos e políticos, mas pediu à comunidade portuguesa para "ir mais longe". "Agora …

Falta de funcionários. Brandão Rodrigues responsabiliza algumas escolas por atraso no processo

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lembrou que algumas escolas demoraram a iniciar o processo de contratação de funcionários, garantindo que atualmente há muito mais assistentes e novas formas de colmatar as necessidades dos …

Cientistas inventam novo método para testar neurotoxinas letais sem usar cobaias

Os testes em animais não vão ser mais precisos relativamente a um grupo de neurotoxinas mortais, graças a uma nova investigação da Universidade de Queensland, na Austrália. Por mais benéfica que a Ciência seja para a Humanidade, …

México concede asilo a Morales. Ex-Presidente da Bolívia promete regressar "com mais força"

O ex-Presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou na segunda-feira que está de partida para o México, país que lhe concedeu asilo político, mas prometeu regressar brevemente "com mais força e energia", um dia depois de …

Avós e tios do bebé encontrado no lixo vivem em Portugal

Os avós e os tios do bebé recém-nascido encontrado, na semana passada, num caixote do lixo, em Lisboa, vivem em Portugal e já foram contactados pelo embaixador cabo-verdiano. Em declarações ao jornal Público, o embaixador Eurico …

Aranhas e formigas inspiram metal que não se afunda

Cientistas criaram um metal altamente hidrofóbico que não se consegue afundar. As possíveis aplicações deste material estão a entusiasmar a comunidade científica. A tradição de os humanos se inspirarem nos animais e na natureza para algumas …