Adolescente descobriu uma antiga cidade Maia a olhar para as estrelas (ou talvez não)

Google Earth

-

Um adolescente canadiano com 15 anos descobriu uma antiga cidade maia, na selva do Iucatão, sem sair de casa – apenas a observar imagens de constelações a partir do seu computador. Mas a história pode não ser bem assim.

William Gadoury, um jovem canadiano de 15 anos que confessa o seu fascínio pela civilização maia, afirma ter descoberto que a posição de estrelas em diversas constelações do mapa celeste correspondia à localização de 117 conhecidas cidades maias.

A correspondência entre constelações e cidades maias é uma descoberta que nunca tinha sido feita pelos arqueólogos e outros cientistas que durante séculos estudaram a civilização meso-americana, que se desintegrou antes da chegada de Cristóvão Colombo, em 1492.

Gadoury reparou que, no caso de uma constelação de três estrelas, apenas dois astros correspondiam a outras tantas cidades, pelo que começou a investigar se poderia haver uma urbe ainda não descoberta.

O adolescente de Saint-Jean-de-Matha, na região de Lanaudière (Québec), começou a estudar imagens de satélite proporcionadas pela agência espacial canadiana (CSA), até que descobriu o que pareciam estruturas humanas na selva do Iucatão, no sudoeste do México, segundo relata a notícia publicada inicialmente no Le Journal de Montréal.

Tanto a CSA como as agências espaciais dos EUA e do Japão corroboraram que as estruturas descobertas pelo jovem correspondem a uma pirâmide e a cerca de 30 edifícios do que parece ser uma das maiores cidades da civilização maia.

Gadoury batizou a suposta nova cidade como “K’aak Chi'”, que significa “Boca de Fogo” na língua maia.

Nem tudo o que reluz

Os especialistas em civilização maia, no entanto, já começaram a alertar para as falhas nesta teoria. Para alguns investigadores mexicanos e especialistas em arqueologia, a suposta descoberta do jovem William Gadoury é uma teoria que deve ser verificada e uma especulação arriscada.

O arqueólogo David Stuart refere à Wired que a descoberta é “falsa”, enquanto o colega Ivan Sprajc afirma que muito provavelmente as imagens captadas pelo jovem podem simplesmente retratar um campo abandonado e um lago seco.

Considerando a precisão das observações astronómicas dos maias, Héctor Hernández Álvarez, arqueólogo da Universidade Autónoma do Iucatão, no México, não considera a ideia descabida, já que os maias eram conhecidos por serem bons astrónomos e por manterem registos precisos da Lua, de Vénus e talvez até de Marte.

“Atualmente, as novas tecnologias de deteção remota permitem identificar povoações e descobrir sítios que foram ocupados por grupos de humanos no passado”, refere, citado pelo El País.

“O que tem de se confirmar é se isto realmente coincide com a ideia de que as cidades maias foram planeadas com base num cosmograma”, ou seja, uma mapa bidimensional do cosmos.

Por seu turno, Harri Kettunen, presidente da Associação Europeia de Maianistas e investigador na Universidade de Helsínquia, na Finlândia, refere ao Observador que “não há razões para acreditar que isto seja baseado em investigação científica”.

Nikolai Grube, especialista em hieróglifos maias e professor na Universidade de Bona, na Alemanha, explica que o padrão para a construção das cidades maias estava relacionado, principalmente, com “a disponibilidade de recursos, como água, bom solo e acesso a rotas comerciais”.

“A maior parte das cidades que o jovem liga por linhas para mostrar que representam constelações não são contemporâneas”, explicou ao Observador.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há investigações a acidentes com comboios pendentes há mais de dez anos

A TSF avança esta terça-feira que há investigações a acidentes com comboios pendentes há mais de dez anos por causa da falta de pessoal. De acordo com a rádio, o Gabinete de Prevenção e Investigação de …

Cientistas "acordam" bactérias com 100 milhões de anos

Os micróbios e as bactérias estavam presentes em argilas enterradas no fundo do mar do oceano Pacífico e são apontados como os organismos vivos mais antigos do planeta Terra. Uma equipa de cientistas, dos Estados Unidos …

PSD e PS lesaram o Estado nos contratos dos aviões C-295 da Força Aérea

O Tribunal de Contas (TdC) concluiu que o Estado português perdeu 9,25 milhões de euros de compensação pelo incumprimento das contrapartidas na compra de 12 aviões C-295 à Airbus Defense and Space (ADS), num relatório …

Sob suspeita, Juan Carlos exila-se na República Dominicana (via Porto)

O rei emérito de Espanha, Juan Carlos, viajou este fim-de-semana para a República Dominicana, depois de decidir viver noutro país face à repercussão pública das investigações sobre os seus alegados fundos em paraísos fiscais. O destino …

É possível inativar o novo coronavírus no leite materno. Basta pasteurizá-lo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Toronto e da Sinai Health, no Canadá, realizou uma pesquisa que comprovou que pasteurizar o leite materno inativa o vírus Sars-CoV-2. Uma nova investigação, cujo artigo científico foi recentemente …

Cientistas tornam a luz invisível visível pela primeira vez

Uma equipa de cientistas da Vrije Universiteit Brussel e de Harvard conseguiu, pela primeira vez, tornar visível a luz de campo próximo. Existem vários tipos de luz, alguns visíveis e outros invisíveis ao olho humano. Os …

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …