Actor britânico vai testar nova vacina contra cancro do cérebro

BBC

O actor Robert Demeger vai ser o primeiro paciente na Europa a testar a nova vacina contra o cancro do cérebro.

O actor Robert Demeger vai ser o primeiro paciente na Europa a testar a nova vacina contra o cancro do cérebro.

Entrou na fase de testes uma nova vacina, que se propõe tratar uma forma agressiva do cancro do cérebro com uma abordagem que se baseia em ensinar sistema o imunológico do paciente a combater o cancro.

O actor Robert Demeger, 62 anos, foi diagnosticado este ano com cancro no cérebro. É o primeiro paciente europeu a receber o tratamento, no hospital King’s College, em Londres.

O King’s College faz parte de um grupo de mais de 50 hospitais – os outros são nos Estados Unidos – que estão a testar o tratamento.

A vacina é personalizada para cada doente e foi desenvolvida para ensinar o sistema imunológico a lutar contra as células de um tumor.

Demeger, um actor de televisão e teatro, teve que desistir de seu papel de Otelo, no consagrado Teatro Nacional, depois de ter começado a ter convulsões.

O actor chegou a ter um substituto, para o caso de se sentir mal no palco, mas não chegou a precisar da sua ajuda.

“Fui diagnosticado com um tumor no cérebro e marcaram-me uma cirurgia numa questão de dias”, conta Demeger à BBC.

Antes de ser operado, Demeger foi convidado a ser o primeiro paciente na Europa a participar na experiência internacional com a nova vacina.

Os cirurgiões removeram então o máximo possível do seu tumor – que foi depois levado para um laboratório, onde foi incubado com células dendríticas (células imunológicas tiradas do seu sangue).

O objectivo foi ensinar as células a reconhecer o tumor. A vacina personalizada que resultou do processo foi injectada no seu braço, na esperança de que as células treinariam o seu sistema imunológico a localizar e destruir o cancro.

Demeger irá agora recebe dez doses da vacina nos próximos dois anos.

BMJ

Dr. Keyoumars Ashkan, cirurgião do King's College

Dr. Keyoumars Ashkan, cirurgião do King’s College

Keyoumars Ashkan, neurocirurgião do King’s College,  lidera a parte britânica da pesquisa.

Segundo Ashkan, há uma grande necessidade de novos tratamentos para o câncer de cérebro. “Mesmo que um tumor pareça igual em dois pacientes, na realidade ele varia muito”.

“Por isso, a terapia padrão provavelmente não é a melhor. Há uma necessidade de fornecer tratamento individualizado baseado no tipo de cancro de cada paciente”.

Ashkan realçou que a actual pesquisa, que envolverá 300 pacientes, é necessária para mostrar se o tratamento é realmente eficiente. Metade dos paciente receberá a vacina real e os restantes tomarão placebos.

“Até obtermos os resultados deste estudo não saberemos se a terapia deve ser dada a todos os pacientes”, diz Ashkan.

Demeger afirma que está encantado por fazer parte deste estudo.

A cirurgia para remover o cancro afectou a sua fala, porque o tumor estava próximo da zona do cérebro que lida com a linguagem.

Demeger, que tinha a voz como seu meio de vida, teve que reaprender a comunicar. “Adoraria voltar a atuar, é o meu trabalho”.

“Tenho trabalhado com um terapeuta da fala e com o chefe das vozes no Teatro Nacional”, diz o actor, “e não sei se poderei voltar aos palcos em semanas ou meses, mas estou esperançoso”.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma nova teoria para explicar a onda de sismos silenciosos que fez a Terra tremer em 2018

Em maio de 2018, milhares de terramotos sacudiram a pequena ilha francesa de Mayotte, no arquipélago das Comoras, situado entre o continente africano e Madagáscar. A maioria foram tremores leve mas, um deles, a 15 …

Os futuros colonos de Marte poderão ter miopia, ossos mais densos e até outra cor de pele

https://vimeo.com/338334578 Caso os seres humanos consigam colonizar Marte, os novos colonos do Planeta Vermelho vão sofrer uma série de mutações que os distanciará dos humanos da Terra. Estas alterações serão tão drásticas que os habitantes de …

Adolescente italiana libertada depois de matar pai abusivo. Autoridades alegaram legítima defesa

Uma adolescente italiana que matou o seu pai abusivo foi libertada da prisão domiciliária que as autoridades lhe tinham imposto depois de os promotores considerarem que a jovem agiu em legítima defesa. De acordo com …

Asteróide gigante com lua própria vai passar muito próximo da Terra este sábado

Um asteróide com sua própria "lua" potencialmente perigoso passará este sábado no ponto mais próximo em relação ao nosso planeta pela primeira vez desde que foi descoberto em 1999. Segundo o portal Cnet, trata-se de um …

Adolescente encontra (por acaso) mandíbula de um mastodonte com 34 mil anos

Enquanto procurava relíquias do período neolítico, uma estudante fez uma descoberta surpreendente: encontrou uma mandíbula de um mastodonte com 34 mil anos. Uma adolescente do estado norte-americano de Iowa encontrou uma mandíbula de um mastodonte com …

Encontrado o navio que transportou os últimos escravos africanos para os EUA. Estava num rio

Afundado há 160 anos, um navio emergiu do fundo das águas de um rio do Alabama para contar a história dos últimos escravos africanos nos Estados Unidos. O Clotilda terá sido o último navio de sempre …

Banca. Aumento das comissões é "inevitável"

A diretora-geral da Associação Portuguesa de Bancos disse esta sexta-feira ser "inevitável" que se verifique um aumento do peso relativo das comissões no produto bancário, assinalando que o próprio Banco Central Europeu tem reconhecido …

Presidente do PSG indiciado por corrupção ativa

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaïfi, foi indiciado por corrupção ativa num âmbito de um processo judicial que investiga suspeitas relativas à atribuição da organização dos Mundiais de Atletismo a Doha, no Qatar. De acordo com …

Incêndios: Governo decreta Situação de Alerta até 30 de maio

O território continental está desde as 20:00 desta sexta-feira e até às 23:59 de 30 de maio, quinta-feira, em Situação de Alerta, devido às previsões meteorológicas que “apontam para um significativo agravamento do risco de …

Vivia numa habitação social. De repente, herdou uma propriedade de 50 milhões

Um teste de ADN mudou a vida de Jordan Rogers para sempre. O britânico, de 31 anos, promete tentar ajudar outras pessoas que vivem na situação que ele próprio sentiu na pele. Jordan Rogers trabalhava como …