Actor britânico vai testar nova vacina contra cancro do cérebro

BBC

O actor Robert Demeger vai ser o primeiro paciente na Europa a testar a nova vacina contra o cancro do cérebro.

O actor Robert Demeger vai ser o primeiro paciente na Europa a testar a nova vacina contra o cancro do cérebro.

Entrou na fase de testes uma nova vacina, que se propõe tratar uma forma agressiva do cancro do cérebro com uma abordagem que se baseia em ensinar sistema o imunológico do paciente a combater o cancro.

O actor Robert Demeger, 62 anos, foi diagnosticado este ano com cancro no cérebro. É o primeiro paciente europeu a receber o tratamento, no hospital King’s College, em Londres.

O King’s College faz parte de um grupo de mais de 50 hospitais – os outros são nos Estados Unidos – que estão a testar o tratamento.

A vacina é personalizada para cada doente e foi desenvolvida para ensinar o sistema imunológico a lutar contra as células de um tumor.

Demeger, um actor de televisão e teatro, teve que desistir de seu papel de Otelo, no consagrado Teatro Nacional, depois de ter começado a ter convulsões.

O actor chegou a ter um substituto, para o caso de se sentir mal no palco, mas não chegou a precisar da sua ajuda.

“Fui diagnosticado com um tumor no cérebro e marcaram-me uma cirurgia numa questão de dias”, conta Demeger à BBC.

Antes de ser operado, Demeger foi convidado a ser o primeiro paciente na Europa a participar na experiência internacional com a nova vacina.

Os cirurgiões removeram então o máximo possível do seu tumor – que foi depois levado para um laboratório, onde foi incubado com células dendríticas (células imunológicas tiradas do seu sangue).

O objectivo foi ensinar as células a reconhecer o tumor. A vacina personalizada que resultou do processo foi injectada no seu braço, na esperança de que as células treinariam o seu sistema imunológico a localizar e destruir o cancro.

Demeger irá agora recebe dez doses da vacina nos próximos dois anos.

BMJ

Dr. Keyoumars Ashkan, cirurgião do King's College

Dr. Keyoumars Ashkan, cirurgião do King’s College

Keyoumars Ashkan, neurocirurgião do King’s College,  lidera a parte britânica da pesquisa.

Segundo Ashkan, há uma grande necessidade de novos tratamentos para o câncer de cérebro. “Mesmo que um tumor pareça igual em dois pacientes, na realidade ele varia muito”.

“Por isso, a terapia padrão provavelmente não é a melhor. Há uma necessidade de fornecer tratamento individualizado baseado no tipo de cancro de cada paciente”.

Ashkan realçou que a actual pesquisa, que envolverá 300 pacientes, é necessária para mostrar se o tratamento é realmente eficiente. Metade dos paciente receberá a vacina real e os restantes tomarão placebos.

“Até obtermos os resultados deste estudo não saberemos se a terapia deve ser dada a todos os pacientes”, diz Ashkan.

Demeger afirma que está encantado por fazer parte deste estudo.

A cirurgia para remover o cancro afectou a sua fala, porque o tumor estava próximo da zona do cérebro que lida com a linguagem.

Demeger, que tinha a voz como seu meio de vida, teve que reaprender a comunicar. “Adoraria voltar a atuar, é o meu trabalho”.

“Tenho trabalhado com um terapeuta da fala e com o chefe das vozes no Teatro Nacional”, diz o actor, “e não sei se poderei voltar aos palcos em semanas ou meses, mas estou esperançoso”.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …

Sue, o T-rex, terá tido uma forte dor de dentes devido a uma infeção

Sue, o T-rex cujo esqueleto é um dos mais completos já descobertos até aos dias de hoje, terá sofrido uma forte dor de dentes durante a sua existência. "Dois dentes estão realmente fundidos e um terceiro …

Câmara com IA confundiu careca do bandeirinha com a bola (e arruinou o jogo de futebol)

Os adeptos da equipa de futebol escocesa Inverness Caledonian Thistle FC experimentaram uma hilariante falha tecnológica durante um jogo no fim de semana passado. De acordo com o IFLScience, o clube escocês anunciou há algumas semanas …

"Francisco Louçã fez bullying para precipitar ruptura do Bloco com o PS"

O PS acredita que foi a postura de "bullying" de Francisco Louçã que forçou o Bloco de Esquerda a precipitar uma "ruptura com o PS", conforme avança o deputado João Paulo Correia, vice-presidente da bancada …

Remdesivir: de droga milagrosa a negócio milionário com "muito, muito mau aspeto"

Apresentado como único medicamento anti-viral eficaz no combate à covid-19, foi o primeiro medicamento aprovado pela FDA, regulador farmacêutico americano, no tratamento da doença. Agora, a sua eficácia é contestada — e os negócios milionários …