Açores são o melhor sítio para ver o super eclipse de sexta-feira

d.r. Ismos Corner / OMSI

Eclipse total do Sol

Eclipse total do Sol

Os Açores são a região do país com melhores condições para observar o eclipse solar parcial que ocorre esta sexta-feira, revelou fonte do observatório astronómico da região, que vai estar de portas abertas para quem quiser ver o fenómeno.

“Aqui nos Açores temos realmente as melhores condições, as mais favoráveis, para observar este eclipse parcial”, afirmou Pedro Garcia, técnico do Observatório Astronómico de Santana – Açores (OASA), em declarações à agência Lusa, acrescentando que nas ilhas de São Miguel e Santa Maria será possível observar 71% do eclipse, enquanto nas Flores e Corvo chega aos 80%.

Na próxima sexta-feira, a Europa vai poder ver um eclipse do sol, que será total para quem estiver no extremo norte do oceano atlântico, nomeadamente nas ilhas Faroé, Svalbard e na região Ártica, enquanto em Portugal será visto de forma parcial. É o maior eclipse solar desde 1999.

“O OASA irá estar aberto entre as 7h e as 9h da manhã [mais uma hora em Lisboa], altura em que irá decorrer o eclipse. Vamos estar com todo o material necessário para receber quem quiser vir observar o fenómeno raro”, disse Pedro Garcia, acrescentando que a entrada para maiores de 12 anos terá o custo de um euro.

Em Ponta Delgada, o fenómeno terá início às 6h53 locais, com a lua a cruzar o limbo do sol quando este ainda está muito perto do horizonte, pelo que o fenómeno terá melhor visibilidade na ponta mais este da ilha de São Miguel.

O máximo deste eclipse parcial irá acontecer às 7h49 locais no grupo oriental dos Açores (São Miguel e Santa Maria) e um minuto depois no grupo central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Faial e Pico), com a lua a cobrir cerca de 77% do diâmetro solar.

O técnico do OASA adiantou que a lua terminará a sua passagem às 8h50 locais, altura em que terminará o eclipse, alertando que a visibilidade do fenómeno está dependente das condições meteorológicas.

“Irá notar-se, com bastante garantia, uma ligeira redução da luz. Irá escurecer um pouco e será visível nos Açores todos”, explicou Pedro Garcia, alertando que é totalmente desaconselhado o uso de óculos escuros normais, radiografias ou CD para observar o sol.

Pedro Garcia adiantou que no OASA serão disponibilizados todos os equipamentos correctos para observar o fenómeno, bem como será dada uma breve explicação do que será possível observar. Nas restantes ilhas, estão a ser encontrados parceiros que possam disponibilizar óculos com lentes próprias para a observação do eclipse parcial.

O Observatório Astronómico de Santana – Açores, que integra a rede regional de Centros de Ciência, está sediado na ilha de São Miguel e é a única instituição do género existente nos Açores. Está localizado no Pico dos Bodes, em Santana, vila de Rabo de Peixe, com vista alargada para o céu do hemisfério norte.

Segundo Pedro Garcia, o próximo eclipse parcial em Portugal só deverá acontecer em 2017 e eclipse total só no século XXIII.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Polícias pedem comprovativos de deslocações, mas lei não permite

As forças de segurança fizeram ações de fiscalização rodoviária para controlar a circulação nas estradas. Foram pedidos comprovativos de deslocações, embora a lei não o contemple. Com o país em estado de emergência, a quarentena é …

Bebé com menos de um ano morre de Covid-19 nos EUA

Um bebé com menos de um ano morreu, nos Estados Unidos da América (EUA), vítima de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, anunciaram as autoridades do Estado de Illinois. A doença já provocou mais de …

Até as bactérias precisam de espaço. Células esmagadas desligam a fotossíntese

Quando as bactérias ficam esmagadas, podem entrar num modo de defesa e desligar a fotossíntese, concluiu uma investigação recente, levada a cabo por cientistas da University of Colorado Boulder, nos Estados Unidos. A equipa da universidade …

Siza Vieira admite aulas por canais "estilo youtube" ou TV por cabo

O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os alunos têm acesso aos conteúdos educativos no terceiro período, adiantou o ministro da Economia. O Governo está a estudar soluções que garantam que todos os …

Retificação ao diploma do lay-off simplificado trava despedimentos

Uma retificação ao diploma inicial do ‘lay-off’ simplificado, hoje publicada, vem acautelar que nenhum trabalhador de empresas que recorra a este apoio pode ser alvo de despedimento coletivo ou extinção de posto de trabalho. O decreto-lei …

Rocha desafia teoria da escassez de oxigénio na Terra primitiva

Uma rocha sedimentar única rica em carbono, depositada há dois mil milhões de anos, deu aos cientistas novas pistas sobre as concentrações de oxigénio na superfície da Terra nessa época. De acordo com a agência Europa Press, …

As bactérias formam comunidades na nossa língua (e uma imagem revela como)

Cientistas norte-americanos descobriram que as bactérias que vivem na nossa língua têm uma organização complexa e altamente estruturada. Os micro-organismos estão em toda a parte - até no interior da nossa boca. Um novo estudo revela …

Como sobreviver ao isolamento? Astronautas explicam

Em todo o mundo, cidades e até países inteiros estão em quarentena como forma de travar a propagação do novo coronavírus, Covid-19. Alguns astronautas deixaram conselhos sobre como sobreviver ao isolamento. Para alguns, o auto isolamento …

"Indiana Jones do mundo da arte" recupera manuscrito do poeta persa Hafez

Uma das primeiras cópias do reverenciado Divan do autor do século XIV Hafez, iluminado com ouro, será leiloado no início de abril. O famoso poeta persa do século XIV, Hafez, escreveu uma coleção de versos místicos …

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …