“Abel, o que fizeste é uma coisa muito perigosa”

Cesar Greco / Palmeiras

Aviso de uma jornalista, após palavras do treinador português sobre jornalistas no Brasil. Palmeiras está na pior série dos últimos anos.

Dia 18 de Setembro: o Palmeiras foi ao terreno da Chapecoense ganhar por 2-0, na 21.ª jornada do campeonato brasileiro. Desde aí, jogou sete vezes e venceu zero.

Empates com Atlético Mineiro (duas vezes e ambas na Libertadores), Juventude e Bahia, e derrotas diante de Corinthians, América Mineiro e Red Bull Bragantino. Quatro empates e três derrotas, nestas últimas quatro semanas.



O Palmeiras ocupava a segunda posição no campeonato e estava a sete pontos da liderança, no tal dia em que venceu a Chapecoense. Agora está no quinto lugar, a 16 pontos da liderança, onde continua o Atlético Mineiro. “Salvou-se” a qualificação para a final da Taça Libertadores, com dois empates.

Além disso, esta série de sete jogos seguidos sem ganhar é a pior desde 2015. Na altura houve mudanças significativas no Palmeiras, quando a empresa Crefisa passou a patrocinar o clube.

Nestes seis anos os paulistas tinham passado seis jogos sem triunfos, precisamente em 2015. Esta é a pior sequência de sempre, desde o início da parceria com a Crefisa.

Disputa com jornalistas

Entretanto, Abel Ferreira criou uma pequena “guerra” com os jornalistas brasileiros. O treinador do Palmeiras afirmou: “Temos que fazer jornalismo sério, verdadeiro. Mesmo que seja para criticar, tem que se dizer a verdade”.

E dirigiu-se directamente a Renato Gaúcho, treinador do Flamengo, que já tinha “atacado” os jornalistas ligados ao desporto no Brasil: “Quando falares nos nomes deles, eu acrescento quatro nomes a essa lista”.

Abel indicou que vai elaborar uma lista de quatro jornalistas que “não dizem a verdade” e aparentemente vai oferecer a lista a Renato Gaúcho.

Ana Thaís Matos, da Globo, não gostou destas palavras: “Isto é péssimo. Vivemos um momento em que, no Brasil, o trabalho do jornalista é muito questionado. Ainda agora um cidadão agrediu um dos nossos”.

“Com o maior respeito, gosto do seu trabalho e admiro o seu jogo mas, quando inflamas o adepto, para mim é a forma mais rasa, a pior forma de trabalho. É uma coisa muito perigosa, esta abordagem é péssima”, criticou a jornalista, que explicou porque estas palavras podem ser perigosas.

“Ao publicar a lista, ele está a dizer ‘Vocês, adeptos, podem ir lá ter com eles, seja em linchamento social ou mesmo em algo físico’. Espero que ele reflicta, esta atitude foi péssima. Mesmo muitos adeptos estarão a questionar esta postura. E ele nem respondeu à pergunta, que era sobre o que ele vê de bom na sua equipa. Talvez ele não veja nada de bom na sua equipa”, atirou Ana.

  Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …

O empresário John Textor

Nova direção do Benfica vai reunir-se com John Textor

O empresário John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para aquisição de 25% do capital social da SAD do Benfica, vai ser recebido pela nova direção do clube esta quinta-feira. "Após explícita …

Vítimas do ataque na Noruega foram mortas com facadas e não com arco e flecha

A polícia norueguesa esclareceu, esta segunda-feira, que as cinco vítimas mortais do ataque perpetrado na semana passada foram esfaqueadas, afastando assim a tese inicial que as mortes tinham sido provocadas por um arco e flechas. Segundo …