Do azul sereno ao vermelho infernal. A que se devem as tonalidades do céu?

slattner / Flickr

As cores do céu podem dever-se a inúmeros motivos, que estão sempre relacionados com a dispersão de Rayleigh.

O céu é azul. No entanto, sob certas condições, a sua tonalidade pode variar muito: de tornados a incêndios, são vários os fenómenos que pintam a abóboda que flutua sobre as nossas cabeças.

A verdade é que a cor do céu – azul durante o dia e alaranjada ao anoitecer – deve-se a um fenómeno conhecido como dispersão de Rayleigh, explica o Hipertextual.

O fenómeno origina-se quando a luz solar (ou outra radiação eletromagnética) é espalhada por partículas de pequenas dimensões, como as que estão presentes na atmosfera. A luz do Sol é composta por um espectro de cores que varia das frequências mais baixas – azul e roxo – até as mais altas – vermelho e laranja. Quando todas se sobrepõem, o resultado é luz branca.

No entanto, quando passa por um prisma ou por gotículas de água, como quando um arco-íris se forma, todas as core s são visíveis. Por outro lado, quando encontra partículas muito pequenas ou passa pelos diferentes gases que compõem o ar, a luz é espalhada, mas a forma como essa luz chega até nós depende diretamente do Sol.

Durante o dia, o astro encontra-se muito alto no céu, pelo que o caminho que percorre para chegar até nós é curto. No trajeto, as partículas de ar colidem com os raios solares, espalhando a luz nas frequências mais baixas: violeta e azul. O resultado seria um céu roxo, mas como os nossos olhos são mais sensíveis à luz azul, é essa a cor do céu que vemos durante o dia.

Ao amanhecer e entardecer, o Sol está mais baixo no céu, pelo que a luz percorre um caminho mais longo. Durante a jornada, encontra moléculas de ar que continuam a espalhar a luz, atingindo as frequências mais altas, correspondentes às cores vermelho, amarelo e laranja. É por este motivo que, nestas horas do dia, o céu se pinta de tons mais quentes.

Esta semana, os habitantes do estado norte-americano do Oregon viram as cores do céu transformar-se numa série de tons avermelhados que deram um aspeto infernal ao céu.

Um dos incêndios florestais mais violentos na área assolava as florestas da região, mas não foram as chamas as responsáveis pela cor do céu. As partículas do ar foram misturadas com as do fumo, resultando num aumento notável da dispersão. Apesar de o Sol estar muito alto no céu, as frequências mais altas foram alcançadas, com tons avermelhados e alaranjados.

Por último, o céu verde ocorre quando se formam nuvens de tempestade, fortemente carregadas de água, que durante o crepúsculo absorvem a luz vermelha e refletem a luz azul. No entanto, quando se misturam com os tons amarelados do pôr do Sol, o resultado é uma cor verde que indica que ocorrerão chuvas torrenciais.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …