2012 TC4: está a chegar o asteróide que afinal nos vai salvar a todos

A NASA prepara-se para testar o sistema de deteção de asteróides e defesa para a Terra com a passagem do asteróide 2012 TC4 a uma distância relativamente próxima.

O Sistema Solar está cheio de “pedaços” de rochas espaciais que se aproximam em diferentes órbitas e velocidades. Não será até grande novidade que um desses “calhaus” se possa aproximar numa trajetória menos favorável à Terra.

Na verdade, um cenário apocalíptico seria bastante improvável: existe uma em dez mil possibilidades de esse cenário se tornar real. Mesmo assim, a agência espacial norte-americana mantém os olhos bem abertos – não vá o diabo tecê-las.

Por isso, os cientistas da NASA estão entusiasmados com a aproximação de um asteróide à Terra em outubro. Não, não é a missão suicida que aparenta: finalmente, os cientistas vão poder testar os sistemas de deteção e defesa, caso uma destas rochas espaciais passe, mais tarde, mais próximo do planeta azul, segundo o Futurism.

Para já, não parece haver razões para preocupação: o asteróide 2012 TC4 já não é um estreante, uma vez que já tinha passado próximo da Terra em 2012, dando aos cientistas uma janela de sete dias para fazer observações e estudá-lo.

Agora, o “calhau” com cerca de 10-30 metros de largura volta a passar com segurança, a uma distância de 6.800 quilómetros da Terra, distância calculada a partir da primeira aparição que, além disso, permitiu também calcular que rasaria a Terra novamente no dia 12 de outubro deste ano.

Com estas informações, os cientistas preparam-se não só para atualizar informação e observações sobre o objeto em particular, mas também para testar estratégias de defesa contra os asteróides.

Segundo Michael Kelley, um dos cientistas da NASA a trabalhar no projeto, desta vez “adicionamos um esforço extra, ao usar este ‘flyby’ de asteróides para testar a rede mundial de deteção e defesa contra asteróides, para avaliar a nossa capacidade de trabalho para encontrar uma potencial ameaça real de asteróides”.

Esta é a primeira vez que os investigadores da NASA conseguem usar um verdadeiro asteróide para testar os seus esforços de defesa planetária, que envolvem astrónomos de todo o mundo.

O Escritório de Coordenação de Defesa Planetária só foi criado no ano passado, com o objetivo de olhar para qualquer objeto próximo da Terra que seja grande o suficiente e/ou próximo o suficiente para representar um risco para nós.

Só em outubro passado, os novos sistemas de monitorização espacial do escritório foram capazes de confirmar um inesperado ‘flyby’ de asteróides, e a sua capacidade de calcular o tempo, risco e rota de voo potencial. Agora os investigadores podem realmente planear a coordenação das atividades.

“Este é um esforço de equipa que envolve mais de uma dúzia de observatórios, universidades e laboratórios em todo o mundo para que possamos aprender em conjunto os pontos fortes e as limitações das nossas capacidades de observação de objetos próximos da Terra”, diz Vishnu Reddy, da Universidade do Arizona, nos EUA, que coordenará o exercício.

Embora com a certeza de que o TC4 não vai esmagar na Terra, há tão poucos astrónomos a conhecer a órbita que este é de facto um teste das estratégias que podem melhorar a capacidade de rastrear e prever objetos próximos da Terra.

“Cabe a cada observatório obter uma correção no asteróide à medida que ele se aproxima e trabalhar em conjunto para obter observações de acompanhamento para fazer as mais ‘refinadas’ determinações possíveis”, explica Paul Chodas, do Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra da NASA.

Mesmo que, até agora, um apocalipse espacial seja relativamente improvável, os esforços da NASA para detetar e catalogar tantos asteróides quanto possível é louvável – foram precisos apenas alguns detritos espaciais para acabar com os dinossauros.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Os videojogos podem ser bons para o bem-estar pessoal, sugere estudo

De acordo com um novo estudo que analisou o comportamento de jogadores e dados fornecidos por empresas de videojogos, o tempo gasto a jogar pode ser bom para o bem-estar pessoal. A Electronic Arts e a …

A MINI criou uma van perfeita que foi pensada para relaxar, usufruir e conviver

A marca de automóveis MINI apresentou o projeto do Vision Urbanaut. Este veículo é uma van completamente moderna e sustentável, pois oferece mais espaço interior e versatilidade, e ainda deixa uma pegada ecológica mínima. Esta van …

Covid-19. Angela Merkel alerta sobre plano de vacinação para países mais pobres

A chanceler alemã, Angela Merkel, alertou os líderes dos países mais desenvolvidos que o progresso no desenvolvimento de um sistema de distribuição de vacinas para nações mais necessitadas tem sido lento e que essa questão …

Explosão em Beirute. Danos segurados rondam mil milhões

As vítimas da explosão que destruiu o porto de Beirute e área circundante, em agosto, apresentaram um total de 14.921 reclamações de seguro, totalizando danos segurados estimados em perto de 1,62 biliões de libras libanesas …

Centenas de pessoas que morreram de covid-19 em Nova Iorque continuam em camiões frigoríficos

Muitos destes cadáveres, que continuam em camiões frigoríficos, são de pessoas cujas famílias não puderam ser localizadas ou que não podem cobrir os custos do enterro. De acordo com o The Wall Street Journal, cerca de …

Bolsonaro responsabiliza estados e municípios por não usarem testes

Mais de 6,8 milhões de testes RT-PCR, adquiridos pelo Ministério da Saúde brasileiro, perderão a validade entre dezembro deste ano e janeiro de 2021. O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, direcionou para estados e municípios a responsabilidade …

Médico presente na sala de emergência revela detalhes da morte de John F. Kennedy

Um médico que estava presente na emergência do Parkland Memorial Hospital, para onde John F. Kennedy (1917-1963) foi transferido depois de ser baleado numa visita política ao estado do Texas, revelou novos detalhes sobre a …

Aprovado prolongamento do prazo para entrega de teses de mestrado e doutoramento

O parlamento aprovou esta segunda-feira uma proposta de aditamento ao OE2021 que permite que seja prorrogado até ao final do ano letivo o prazo de entrega e apresentação das teses de mestrado e doutoramento. “É prorrogado, …

Chinês de 105 anos quebra recorde do Guinness. É a pessoa mais velha do mundo a voar de parapente

Yu Te-Hsin, um homem chinês de 105 anos, quebrou o recorde do Guinness e tornou-se a pessoa mais velha a voar de parapente. Durante a passada primavera, Yu Te-Hsin, de 105 anos, foi fazer um piquenique …

5G. Altice Portugal avança com providência cautelar contra Anacom e duas queixas em Bruxelas

A Altice Portugal entregou, na sexta-feira, uma providência cautelar contra a Anacom e duas participações à Comissão Europeia, no âmbito do leilão do 5G. "A Altice Portugal já avançou, na passada sexta-feira, com uma providência cautelar …