2012 TC4: está a chegar o asteróide que afinal nos vai salvar a todos

A NASA prepara-se para testar o sistema de deteção de asteróides e defesa para a Terra com a passagem do asteróide 2012 TC4 a uma distância relativamente próxima.

O Sistema Solar está cheio de “pedaços” de rochas espaciais que se aproximam em diferentes órbitas e velocidades. Não será até grande novidade que um desses “calhaus” se possa aproximar numa trajetória menos favorável à Terra.

Na verdade, um cenário apocalíptico seria bastante improvável: existe uma em dez mil possibilidades de esse cenário se tornar real. Mesmo assim, a agência espacial norte-americana mantém os olhos bem abertos – não vá o diabo tecê-las.

Por isso, os cientistas da NASA estão entusiasmados com a aproximação de um asteróide à Terra em outubro. Não, não é a missão suicida que aparenta: finalmente, os cientistas vão poder testar os sistemas de deteção e defesa, caso uma destas rochas espaciais passe, mais tarde, mais próximo do planeta azul, segundo o Futurism.

Para já, não parece haver razões para preocupação: o asteróide 2012 TC4 já não é um estreante, uma vez que já tinha passado próximo da Terra em 2012, dando aos cientistas uma janela de sete dias para fazer observações e estudá-lo.

Agora, o “calhau” com cerca de 10-30 metros de largura volta a passar com segurança, a uma distância de 6.800 quilómetros da Terra, distância calculada a partir da primeira aparição que, além disso, permitiu também calcular que rasaria a Terra novamente no dia 12 de outubro deste ano.

Com estas informações, os cientistas preparam-se não só para atualizar informação e observações sobre o objeto em particular, mas também para testar estratégias de defesa contra os asteróides.

Segundo Michael Kelley, um dos cientistas da NASA a trabalhar no projeto, desta vez “adicionamos um esforço extra, ao usar este ‘flyby’ de asteróides para testar a rede mundial de deteção e defesa contra asteróides, para avaliar a nossa capacidade de trabalho para encontrar uma potencial ameaça real de asteróides”.

Esta é a primeira vez que os investigadores da NASA conseguem usar um verdadeiro asteróide para testar os seus esforços de defesa planetária, que envolvem astrónomos de todo o mundo.

O Escritório de Coordenação de Defesa Planetária só foi criado no ano passado, com o objetivo de olhar para qualquer objeto próximo da Terra que seja grande o suficiente e/ou próximo o suficiente para representar um risco para nós.

Só em outubro passado, os novos sistemas de monitorização espacial do escritório foram capazes de confirmar um inesperado ‘flyby’ de asteróides, e a sua capacidade de calcular o tempo, risco e rota de voo potencial. Agora os investigadores podem realmente planear a coordenação das atividades.

“Este é um esforço de equipa que envolve mais de uma dúzia de observatórios, universidades e laboratórios em todo o mundo para que possamos aprender em conjunto os pontos fortes e as limitações das nossas capacidades de observação de objetos próximos da Terra”, diz Vishnu Reddy, da Universidade do Arizona, nos EUA, que coordenará o exercício.

Embora com a certeza de que o TC4 não vai esmagar na Terra, há tão poucos astrónomos a conhecer a órbita que este é de facto um teste das estratégias que podem melhorar a capacidade de rastrear e prever objetos próximos da Terra.

“Cabe a cada observatório obter uma correção no asteróide à medida que ele se aproxima e trabalhar em conjunto para obter observações de acompanhamento para fazer as mais ‘refinadas’ determinações possíveis”, explica Paul Chodas, do Centro de Estudos de Objetos Próximos da Terra da NASA.

Mesmo que, até agora, um apocalipse espacial seja relativamente improvável, os esforços da NASA para detetar e catalogar tantos asteróides quanto possível é louvável – foram precisos apenas alguns detritos espaciais para acabar com os dinossauros.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vaticano destitui ex-cardeal dos Estados Unidos por acusações de abusos sexuais

A Congregação para a Doutrina da Fé expulsou do sacerdócio o ex-cardeal e arcebispo emérito de Washington Theodore McCarrick depois de este ser acusado de abusos sexuais de menores e seminaristas, anunciou o Vaticano. Num comunicado, …

Maré de água suja atingiu a já debilitada Grande Barreira de Coral

Um enorme manto de água poluída oriunda das recentes inundações que se registaram no nordeste da Austrália penetrou em partes da já debilitada Grande Barreira de Coral, o maior recife de coral do mundo. Estas camadas …

É oficial: Pedro Marques é o cabeça-de-lista socialista às europeias

O atual ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, é o cabeça de lista dos socialistas às eleições europeias. Era uma notícia já avançada por vários órgãos de comunicação social e hoje António Costa confirmou-a. …

Governo espanhol aprova ordem de exumação de Franco

O Governo espanhol aprovou a ordem para exumar o ditador Francisco Franco do seu atual lugar de enterro, o monumento do Vale dos Caídos, medida à qual a família ainda se opõe. Os familiares de Franco …

Sonda da NASA aperta órbita em preparação para a missão Marte 2020

A missão MAVEN (Mars Atmosphere and Volatile Evolution) da agência espacial norte-americana, já com 4 anos, está a embarcar numa nova campanha para apertar a sua órbita em torno de Marte. A operação vai reduzir …

Trump precisa de oito milhões de dólares para o muro e a Casa Branca explica onde os vai buscar

A Casa Branca identificou esta sexta-feira os fundos federais que serão utilizados pela administração de Donald Trump para conseguir financiar a construção do muro na fronteira com o México. O Presidente norte-americano declarou esta sexta-feira estado …

Desativação de bomba da II Guerra Mundial paralisa e evacua Paris

Mais de mil moradores e trabalhadores evacuados, comboios urbanos, nacionais e internacionais cancelados, estradas fechadas, rotas de autocarro desviadas e pelo menos uma estação de metro encerrada em Paris. Também o bairro de porte de La …

Pouco se sabe sobre a morte de Khashoggi. Mas há um homem que diz ter muito para contar

Neste momento, as informações aparecem a conta-gotas. Foi a estratégia usada pelas autoridades turcas, desde o primeiro momento, para gerir a forma como revelaram informações sobre o assassinato de Jamal Khashoggi. Khashoggi morreu dentro do consulado …

Enfermeiros marcam greve nacional para 8 de março

A Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) vai decretar greve nacional para dia 8 de março, para permitir a participação dos profissionais numa marcha em homenagem à enfermagem que está programada para Lisboa. O anúncio foi …

Octogenário espanhol usava bancos portugueses para lavar dinheiro

Duas agências bancárias situadas no Porto e em Valença do Minho foram usadas por um narcotraficante espanhol para lavar o dinheiro que ganhava com a venda de estupefacientes e ainda no contrabando de tabaco. Uma investigação …