Encontrada vida nas profundezas do manto de gelo da Antártida

Vista do buraco a cerca de 1.070 metros abaixo do gelo, acima da superfície do lago subglacial na Antártida

As águas escuras de um lago nas profundezas do manto de gelo da Antártida e a algumas centenas de quilómetros do Polo Sul estão cheias de vida bacteriana.

A descoberta tem implicações para a busca de vida noutros planetas – em particular no planeta Marte, onde os sinais de um lago enterrado de água salgada líquida foram vistos em dados reportados no ano passado pela agência espacial europeia que orbitava a nave Mars Express.

O líder da expedição John Priscu, professor de ecologia polar na Universidade de Montana, disse que os primeiros estudos de amostras de água retiradas do Lago Mercer – que está enterrado sob o gelo – mostraram que continham aproximadamente dez mil células bacterianas por mililitro.

Isto é apenas cerca de 1% de um milhão de células microbianas por mililitro normalmente encontradas no oceano aberto, mas um nível muito alto para um corpo de água sem sol enterrado nas profundezas da Antártida.

Priscu disse que os altos níveis de vida bacteriana no lago escuro e profundamente enterrado eram sinais de que poderia suportar formas de vida mais elevadas, como animais microscópicos.

“Vimos muitas bactérias – e o sistema do lago tem matéria orgânica suficiente para suportar formas de vida maiores”, disse, “Nós realmente vamos procurar organismos maiores, como animais. Mas isto não será feito por mais alguns meses.”

A abundância de vida bacteriana no Lago Mercer complementa a descoberta de altos níveis de vida bacteriana no lago Whillans da Antártida em 2013 – uma expedição que também foi liderada por Priscu.

Os cientistas teorizam que as bactérias no Lago Whillans – e possivelmente no Lago Mercer – estão a sobreviver de depósitos de carbono depositados por organismos fotossintetizantes entre cinco mil e dez mil anos atrás, quando os lagos enterrados podem ter estado ligados ao mar aberto.

O lago enterrado cobre uma área de cerca de 139 quilómetros quadrados sob a camada de gelo. A equipa de expedição usou brocas e água quente para abrir um poço do seu acampamento na superfície congelada até ao lago de água líquida.

Priscu disse que a equipa perfurou cerca de 1.068 metros de gelo, e a água tinha 30ºC de temperatura para que os investigadores pudessem recolher amostras de água e sedimentos do lago. O furo no gelo foi mantido aberto por cerca de dez dias.

(dr) Billy Collins/ SALSA

Operações de perfuração na Antártida

A expedição retornou à Estação McMurdo na semana passada com mais de 60 litros de água do lago enterrado e um núcleo de sedimentos que media mais de cinco metros de comprimento – o núcleo de sedimentos mais profundo já capturado sob o gelo da Antártida Ocidental.

Priscu espera que os estudos laboratoriais dos núcleos de sedimentos ajudem os cientistas a aprender mais sobre a atividade da camada de gelo da Antártida Ocidental nas últimas dezenas de milhares de anos.

A equipa também enviou um veículo submarino operado remotamente e especializado para as águas escuras do lago subterrâneo, além de várias câmaras.

Priscu acredita que os mais de 400 lagos de água líquida enterrados em todo o continente congelado da Antártida formam um ecossistema único de água líquida sob a espessa camada de gelo e as rochas congeladas da crosta continental antártica.

“Aqui existe 70% da água doce do mundo – não faz sentido que não exista vida“, disse Priscu. O investigador também acha que qualquer vida abaixo da superfície congelada do planeta Marte pode seguir os padrões vistos nos lagos subglaciais da Antártida.

Futuras expedições aos lagos de água líquida enterrados da Antártida provavelmente concentrar-se-ão nos maiores corpos de água líquida enterrada – como o Lago Vostok, no leste da Antártica.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Crianças e adolescentes são quem mais consome açúcar em Portugal

Um estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP), que teve por base o Inquérito Alimentar Nacional e de Atividade Física, concluiu que as crianças e os adolescentes são quem mais consome …

A Rússia já sabe como apareceu a fissura na nave Soyuz (mas não revela)

A Corporação Espacial Estatal da Rússia, Roscosmos, já sabe qual é a origem da fissura encontrada há um ano na nave Soyuz MS-09, acoplada à Estação Espacial internacional. Mas não revelará mais informações. "O buraco foi …

SIVRAC, a bicicleta elétrica que se dobra em apenas um segundo

Com um quadro em forma de "X" e dobrável num estalar de dedos, a nova SIVRAC promete ser uma solução prática para quem viaja, por exemplo, de bicicleta para o trabalho. A bicicleta é um …

Porto 2-1 Young Boys | Dragão de duas faces com estreia feliz

O FC Porto entrou na Liga Europa com o pé direito, ao vencer o Young Boys por 2-1, no Estádio do Dragão. Uma primeira parte de enorme qualidade, na qual os suíços só por uma …

Dois turistas foram apanhados a nadar nus em Veneza. Vão pagar 3 mil euros cada um

Os homens checos estavam em Itália para apoiar a sua equipa de futebol - o Slavia de Praga que jogou contra o Inter em Milão -. Os dois visitantes, em Veneza, decidiram dar um mergulho. Um …

Voar sobre as águas do Sena. Paris testa "bolha do mar", um barco-táxi amigo do ambiente

Paris está a testar um novo meio de transporte mais amigo do ambiente: um barco-táxi ecológico que desliza nas águas do rio Sena. Esta semana, o sea bubble (bolha do mar) está em testes no rio …

Há uma "Matilde" na Bélgica que também precisa do medicamento mais caro do mundo

Mais de 950 mil belgas responderam ao apelo de um casal, que precisava de reunir 1,9 milhões de euros para comprar o medicamento mais caro do mundo para a filha. Pia, de nove meses, sofre de …

System of a Down confirmados no festival VOA, no Estádio Nacional

Os System of a Down são a primeira grande confirmação do VOA - Heavy Rock Festival, que em 2020 se realiza a 2 e 3 de julho no Estádio Nacional. De acordo com a Blitz, este …

PSV 3-2 Sporting | “Leão” vendeu cara uma derrota injusta

O Sporting iniciou a sua participação na fase de grupos da Liga Europa com uma derrota amarga na Holanda, na visita ao PSV, por 3-2. Seis minutos fatais na primeira parte deixaram os “leões” em desvantagem …

Políticos da Coreia do Sul estão a rapar o cabelo (e já se sabe porquê)

Políticos da oposição na Coreia do Sul estão a rapar o cabelo em protesto contra a nomeação de um ministro da Justiça cuja família está a ser investigada por suspeita de irregularidade. O vice-presidente do parlamento, …