Encontrada vida nas profundezas do manto de gelo da Antártida

Vista do buraco a cerca de 1.070 metros abaixo do gelo, acima da superfície do lago subglacial na Antártida

As águas escuras de um lago nas profundezas do manto de gelo da Antártida e a algumas centenas de quilómetros do Polo Sul estão cheias de vida bacteriana.

A descoberta tem implicações para a busca de vida noutros planetas – em particular no planeta Marte, onde os sinais de um lago enterrado de água salgada líquida foram vistos em dados reportados no ano passado pela agência espacial europeia que orbitava a nave Mars Express.

O líder da expedição John Priscu, professor de ecologia polar na Universidade de Montana, disse que os primeiros estudos de amostras de água retiradas do Lago Mercer – que está enterrado sob o gelo – mostraram que continham aproximadamente dez mil células bacterianas por mililitro.

Isto é apenas cerca de 1% de um milhão de células microbianas por mililitro normalmente encontradas no oceano aberto, mas um nível muito alto para um corpo de água sem sol enterrado nas profundezas da Antártida.

Priscu disse que os altos níveis de vida bacteriana no lago escuro e profundamente enterrado eram sinais de que poderia suportar formas de vida mais elevadas, como animais microscópicos.

“Vimos muitas bactérias – e o sistema do lago tem matéria orgânica suficiente para suportar formas de vida maiores”, disse, “Nós realmente vamos procurar organismos maiores, como animais. Mas isto não será feito por mais alguns meses.”

A abundância de vida bacteriana no Lago Mercer complementa a descoberta de altos níveis de vida bacteriana no lago Whillans da Antártida em 2013 – uma expedição que também foi liderada por Priscu.

Os cientistas teorizam que as bactérias no Lago Whillans – e possivelmente no Lago Mercer – estão a sobreviver de depósitos de carbono depositados por organismos fotossintetizantes entre cinco mil e dez mil anos atrás, quando os lagos enterrados podem ter estado ligados ao mar aberto.

O lago enterrado cobre uma área de cerca de 139 quilómetros quadrados sob a camada de gelo. A equipa de expedição usou brocas e água quente para abrir um poço do seu acampamento na superfície congelada até ao lago de água líquida.

Priscu disse que a equipa perfurou cerca de 1.068 metros de gelo, e a água tinha 30ºC de temperatura para que os investigadores pudessem recolher amostras de água e sedimentos do lago. O furo no gelo foi mantido aberto por cerca de dez dias.

(dr) Billy Collins/ SALSA

Operações de perfuração na Antártida

A expedição retornou à Estação McMurdo na semana passada com mais de 60 litros de água do lago enterrado e um núcleo de sedimentos que media mais de cinco metros de comprimento – o núcleo de sedimentos mais profundo já capturado sob o gelo da Antártida Ocidental.

Priscu espera que os estudos laboratoriais dos núcleos de sedimentos ajudem os cientistas a aprender mais sobre a atividade da camada de gelo da Antártida Ocidental nas últimas dezenas de milhares de anos.

A equipa também enviou um veículo submarino operado remotamente e especializado para as águas escuras do lago subterrâneo, além de várias câmaras.

Priscu acredita que os mais de 400 lagos de água líquida enterrados em todo o continente congelado da Antártida formam um ecossistema único de água líquida sob a espessa camada de gelo e as rochas congeladas da crosta continental antártica.

“Aqui existe 70% da água doce do mundo – não faz sentido que não exista vida“, disse Priscu. O investigador também acha que qualquer vida abaixo da superfície congelada do planeta Marte pode seguir os padrões vistos nos lagos subglaciais da Antártida.

Futuras expedições aos lagos de água líquida enterrados da Antártida provavelmente concentrar-se-ão nos maiores corpos de água líquida enterrada – como o Lago Vostok, no leste da Antártica.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Tondela vs Porto | Dragões garantem vantagem para o Clássico

O FC Porto fez o que lhe competia para garantir que chegava ao “clássico” do próximo sábado, com o Benfica, no primeiro lugar do campeonato. Na visita ao Tondela, os “dragões” não deram grandes veleidades …

Enfermeiras suspeitas de sabotar hospital com baratas. Queriam emprego melhor

Enfermeiras das emergências de um hospital italiano terão, alegadamente, libertado baratas no seu departamento. O objetivo era conseguirem uma transferência para outro hospital. As autoridades sanitárias da região de Nápoles abriram uma investigação a um caso …

Cancro do colo do útero pode ser extinto até 2100

Todos os anos, o cancro do colo do útero é a causa de morte de mais de 300 mil mulheres em todo o mundo - mas pode ser extinto até 2100. No ano passado, o diretor-geral …

Fortnite retira anúncios do YouTube para fugir aos predadores sexuais

A produtora de videojogos que criou o Fortnite, muito popular entre jovens e crianças, decidiu retirar os anúncios publicitários do YouTube por temer que estes apareçam ao lado de comentários publicados por pedófilos. A empresa norte-americana …

O alpinista sem pernas que chegou ao cume do Everest foi premiado com o "Momento do Ano"

Um alpinista chinês de 69 anos, que tem ambas as pernas amputadas, conseguiu chegar ao topo do Evereste em maio de 2018. A perseverança de Xia Boyu valeu-lhe nesta semana um prémio.  Em 1975, Xia Boyu …

Numa empresa neozelandesa só se trabalham quatro dias por semana (mas a produtividade aumentou)

Em março e abril do ano passado, uma empresa neozelandesa implementou um novo modelo laboral: trabalhar apenas quatro dias por semana. O estudo final foi publicado esta terça-feira e as conclusões mostram resultados animadores. Quase um …

Portugueses não sabem fazer queixa contra discriminação (e acham que não vale a pena)

Quase toda a gente já ouviu falar de discriminação ou crimes de ódio, mas a maioria tem dificuldade em distinguir os conceitos, desconhece o que fazer perante um caso ou a quem recorrer para fazer …

Imigrantes que entraram ilegais em Portugal terão visto desde que tenham um ano de descontos

Os imigrantes que se encontram em Portugal a trabalhar e a descontar para a Segurança Social há pelo menos 12 meses vão poder ter a autorização de residência mesmo que não tenham entrado no país …

Estudantes no Porto até aos 15 anos vão andar gratuitamente de metro e autocarro

A Câmara do Porto vai garantir passes gratuitos para residentes estudantes na cidade até aos 15 anos, complementando a medida do Governo que prevê a gratuitidade do título de transporte até aos 12 anos. O anúncio …

Ryanair e Wizz Air multadas por restrições na bagagem de mão

A autoridade da concorrência italiana aplicou nesta quinta-feira uma multa de três milhões de euros à companhia aérea Ryanair e de um milhão de euros à Wizz Air, outra low cost, pelo suplemento aplicado à …