Viagens expresso no Sistema Solar. Nave espacial pode chegar a Titã em apenas 2 anos

Uma equipa de cientistas está a trabalhar num propulsor de nave espacial que, segundo eles, poderia alcançar a misteriosa lua de Saturno, Titã, em menos da metade do tempo que o satélite Cassini demoraria.

Apesar de sua difícil transição para uma fonte de energia confiável, as reações nucleares que fornecem energia ao sol têm uma ampla variedade de usos noutros campos. O mais óbvio está nas armas, onde as bombas de hidrogénio são até hoje as armas mais poderosas que já produzimos. Porém, há outro uso que é muito menos destrutivo.

De acordo com o Universe Today, o conceito de unidade de fusão, chamada unidade de fusão direta (ou DFD), está em desenvolvimento no Princeton Plasma Physics Laboratory (PPPL).

Cientistas e engenheiros, liderados por Samuel Cohen, estão a trabalhar na segunda iteração dele, conhecida como configuração reversa do campo de Princeton-2 (PFRC-2). Eventualmente, os investigadores esperam lançá-lo no Espaço para teste e, eventualmente, tornar-se o sistema de accionamento principal de espaçonaves a viajar por todo o nosso Sistema Solar.

Já existe um alvo particularmente interessante no Sistema Solar externo que é semelhante à Terra em muitos aspectos – Titã. Os seus ciclos líquidos e potencial para abrigar vida fascinaram os cientistas desde que começaram a colher dados sobre ela.

Se utilizarmos adequadamente o DFD, poderemos enviar uma sonda para a misteriosa lua de Saturno em pouco menos de dois anos, de acordo com um estudo ainda não publicado feito por uma equipa de engenheiros aeroespaciais do departamento de Física do New York City College of Technology, liderado por Roman Kezerashvili e acompanhado por Paolo Aime e Marco Gajeri.

A equipa descobriu que uma nave movida a fusão poderia apresentar o melhor dos dois mundos: teria a eficiência energética de um motor elétrico com o impulso poderoso de um movido a combustível.

Como a unidade de fusão também seria capaz de fornecer energia à espaçonave durante toda a sua missão, não precisaria de carregar geradores separados.

A Cassini, a última missão famosa a visitar o sistema de Saturno, usou uma série de assistências gravitacionais entre Vénus e a Terra para chegar ao seu destino, uma jornada que durou quase sete anos.

Esta hipótese é especulativa, mas o Universe Today argumenta que os cientistas que trabalham com propulsores de fusão têm tempo: a Terra e Titã não se alinharão na posição ideal para um lançamento até o ano 2046.

Assim, os cientistas ainda têm tempo para desenvolver a tecnologia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …