Um ano de prisão para adolescentes portugueses por gravarem nome no portão de Auschwitz

Dois adolescentes católicos portugueses foram hoje condenados por um tribunal polaco a um ano de prisão, com pena suspensa por terem gravado os nomes no portão da entrada principal de Auschwitz-Birkenau, por onde chegavam os comboios ao campo de concentração.

Na altura, os dois jovens portugueses encontravam-se na Polónia para participar nas Jornadas Mundiais da Juventude, organizadas pela cidade de Cracóvia, nas quais participou o papa Francisco.

De acordo com a agência de notícias France Press, Rui Manuel F. e João L., com 17 anos, foram apanhados no dia 28 de julho do ano passado a gravar os respetivos nomes, a data e o nome do país de origem nos tijolos vermelhos do portão de entrada do campo de concentração.

O tribunal de primeira instância de Oswiecim, nome polaco para Auschwitz, condenou-os em fevereiro a um ano de prisão com pena suspensa por destruição de “objetos de valor histórico”, pena que foi esta terça-feira confirmada pelo tribunal de Cracóvia.

Todos os equipamentos de Auschwitz, incluindo a sua vedação e os objetos enterrados no solo, fazem parte do museu do antigo campo de extermínio nazi, classificado património mundial pela UNESCO.

Regularmente, o museu regista roubos de todo o tipo de objetos, como pedaços de arame farpado, por visitantes que querem levar uma recordação do campo. O museu é visitado todos os anos por mais de um milhão de pessoas de todo o mundo.

O roubo mais célebre ocorreu em 2009, quando desapareceu a inscrição em ferro forjado com a frase “Arbeit macht frei“, “O trabalho liberta”, colocada no topo do portão principal do campo. A peça foi posteriormente recuperada e os responsáveis foram condenados a penas de prisão.

Entre 1940 e o início do ano de 1945, a Alemanha Nazi matou cerca de 1,1 milhões de pessoas no campo de Auschwitz-Birkenau – entre as quais um milhão de judeus de diferentes países europeus. Neste campo morreram também 80 mil polacos não judeus, 25 mil ciganos e 20 mil soldados soviéticos.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Basicamente, um arrancou um cartaz e os outros danificaram património histórico
      Basicamente, um esteve 2 anos em prisão efectiva e os outros não.
      Basicamente, um morreu, e os outros não.
      Basicamente, és um palerma – ou achas que eu sou.

RESPONDER

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …