Para reavivar o turismo, uma pequena cidade está a contar com a ajuda dos “vampiros”

A pequena cidade de Forks, em Washington, nos Estados Unidos, é lar de 3.600 pessoas, cujos meios de subsistência nos últimos 15 anos foram impulsionados por uma indústria do turismo alimentada por “Crepúsculo”, a série de livros para jovens adultos de Stephenie Meyer.

“Crepúsculo” foi publicado em 2005 e gira em torno da história de amor da estudante do ensino médio Bella Swan e o vampiro Edward Cullen. Doze anos depois de a autora Stephenie Meyer ter publicado o último romance da série original e quase oito anos depois de o filme final ter chegado aos cinemas, os negócios em Forks ainda estão a lucrar com os fãs da série.

No auge do sucesso da série em 2010, mais de 72 mil pessoas visitaram Forks, de acordo com dados do centro de visitantes da cidade. Desde então, esse número foi reduzido em cerca de 50%.

Este mês, Meyer lançou um quinto livro chamado “Midnight Sun”. A história é contada a partir da perspetiva de Edward Cullen. Na primeira semana do seu lançamento, o romance saltou para o primeiro lugar entre os livros mais vendidos da Amazon.

A dona de Leppell’s Flowers & Gifts, Charlene Leppell, espera que a popularidade crescente do romance ajude a angariar mais negócios. “Estou otimista de que quanto mais as pessoas lerem, mais despertará o interesse delas novamente”, disse Leppell, em declarações à CNN.

Forks foi colocado no mapa das rotas do turismo devido à saga “Crepúsculo”, cuja história acontece nesta cidade. Para construir a sua indústria de turismo, Forks tem investido em atividades para os fãs, como dedicar o dia 13 de setembro – dia do aniversário da protagonista Bella Swan – como “Stephenie Meyer Day” para agradecer à autora pelas suas contribuições à comunidade.

Os restaurantes locais incorporaram produtos temáticos de “Crepúsculo” no seu menu, como o “Bella Burger” do Sully’s Drive-in, que é servido com batatas fritas e presas de plástico.

Os fãs acorrem entusiasticamente ao Noroeste do Pacífico para o festival anual Forever Twilight in Forks, que Lissy Andros, diretora executiva da Câmara de Comércio de Forks, diz ser semelhante a uma “peregrinação anual” para os fãs.

Recentemente, os fãs de Forks proporcionaram alguns benefícios inesperados à comunidade. Quando o Hospital Comunitário de Forks precisou de equipamentos de proteção para os seus profissionais de saúde enquanto a pandemia de covid-19 se alastrava no estado, fãs de todo o país uniram-se para costurar máscaras.

Outro fã organizou uma campanha anual de material escolar desde 2017 para beneficiar o distrito escolar em Forks e a Escola Tribal Quileute em La Push, uma cidade que também aparece nos livros de Meyer.

Como a maior parte das cidades do mundo, Forks sofreu uma quebra no turismo. No entanto, o livro “Midnight Sun” pode ser novamente uma salvação durante um período de grande incerteza económica devido à pandemia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Condições desumanas no centro de Lisboa: Moradores sem água despejam dejetos na rua

Na Quinta do Ferro, no coração de Lisboa, o cenário é descrito pelos moradores como “assustador” e “uma miséria”. Neste bairro, há quem viva sem luz e ainda despeje os dejetos na rua como em …

Governo vai criminalizar graffiti que custam um milhão de euros à CP

O Ministério da Justiça prepara-se para endurecer a lei contra o graffiti, que tinha sido descriminalizado, em 2013, durante o Governo de Pedro Passos Coelho. De acordo com o jornal Público, o Governo está a preparar …

Matos Fernandes diz que há "pressa" em explorar lítio, mas garante que Portugal não o fará a todo o custo

O ministro do Ambiente, Matos Fernandes, afirmou esta segunda-feira que Portugal não vai explorar o lítio “a todo o custo”, mas que este é “absolutamente fundamental" para a descarbonização, razão pela qual o Governo vai …

Governo vai reembolsar parte do IVA das compras no turismo e restauração

O Governo prepara uma flexibilização da medida de apoio à retoma, que veio substituir o ‘lay-off’ simplificado, bem como uma iniciativa que permitirá reaver parte do IVA dos serviços de turismo e restauração, adiantou o …

97,3% dos doentes com covid-19 estão a recuperar em casa

A grande maioria dos doentes (97,3%) com covid-19 está a recuperar em casa, estando os restantes internados em enfermarias e nos cuidados intensivos, disse hoje o secretário de Estado Adjunto e da Saúde. Segundo os dados …

Restauração quer esplanadas cobertas no inverno e “mordomo” a fiscalizar regras

A associação nacional de restaurantes PRO.VAR – Promover e Inovar a Restauração Nacional pediu este domingo ao Governo a criação da figura de “mordomo” no programa Adaptar 2.0 para ajudar na manutenção das regras de …

De cinco para zero: a formação do Benfica no 11 inicial

O regresso de Jorge Jesus já fazia prever a diminuição do número de futebolistas locais na equipa do Benfica. Rúben Dias saiu e, em menos de um ano, o Seixal desaparece dos titulares. 5 de novembro …

Comissão Europeia avalia fim das moedas de um e dois cêntimos em 2021

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública para avaliar o impacto sobre a utilização das moedas de um e dois cêntimos, admitindo a sua descontinuação até final de 2021 devido a “critérios de custo e …

Trabalhadores em teletrabalho podem exigir ao empregador pagamento da fatura da luz e Internet

Especialistas ouvidos pelo semanário Expresso recordam que os trabalhadores em regime de teletrabalho podem pedir à sua entidade empregadora o pagamento de despesas associadas ao exercício da sua atividade laboral, como é o caso da …

Veiga pediu a Rangel cunha para o filho entrar na Católica

Rui Rangel terá prometido financiamento partidário a Mendo Castro Henriques - presidente do partido Nós, Cidadãos e professor na Universidade Católica - da parte de José Veiga em troca da entrada do filho no curso …