Para reavivar o turismo, uma pequena cidade está a contar com a ajuda dos “vampiros”

A pequena cidade de Forks, em Washington, nos Estados Unidos, é lar de 3.600 pessoas, cujos meios de subsistência nos últimos 15 anos foram impulsionados por uma indústria do turismo alimentada por “Crepúsculo”, a série de livros para jovens adultos de Stephenie Meyer.

“Crepúsculo” foi publicado em 2005 e gira em torno da história de amor da estudante do ensino médio Bella Swan e o vampiro Edward Cullen. Doze anos depois de a autora Stephenie Meyer ter publicado o último romance da série original e quase oito anos depois de o filme final ter chegado aos cinemas, os negócios em Forks ainda estão a lucrar com os fãs da série.

No auge do sucesso da série em 2010, mais de 72 mil pessoas visitaram Forks, de acordo com dados do centro de visitantes da cidade. Desde então, esse número foi reduzido em cerca de 50%.

Este mês, Meyer lançou um quinto livro chamado “Midnight Sun”. A história é contada a partir da perspetiva de Edward Cullen. Na primeira semana do seu lançamento, o romance saltou para o primeiro lugar entre os livros mais vendidos da Amazon.

A dona de Leppell’s Flowers & Gifts, Charlene Leppell, espera que a popularidade crescente do romance ajude a angariar mais negócios. “Estou otimista de que quanto mais as pessoas lerem, mais despertará o interesse delas novamente”, disse Leppell, em declarações à CNN.

Forks foi colocado no mapa das rotas do turismo devido à saga “Crepúsculo”, cuja história acontece nesta cidade. Para construir a sua indústria de turismo, Forks tem investido em atividades para os fãs, como dedicar o dia 13 de setembro – dia do aniversário da protagonista Bella Swan – como “Stephenie Meyer Day” para agradecer à autora pelas suas contribuições à comunidade.

Os restaurantes locais incorporaram produtos temáticos de “Crepúsculo” no seu menu, como o “Bella Burger” do Sully’s Drive-in, que é servido com batatas fritas e presas de plástico.

Os fãs acorrem entusiasticamente ao Noroeste do Pacífico para o festival anual Forever Twilight in Forks, que Lissy Andros, diretora executiva da Câmara de Comércio de Forks, diz ser semelhante a uma “peregrinação anual” para os fãs.

Recentemente, os fãs de Forks proporcionaram alguns benefícios inesperados à comunidade. Quando o Hospital Comunitário de Forks precisou de equipamentos de proteção para os seus profissionais de saúde enquanto a pandemia de covid-19 se alastrava no estado, fãs de todo o país uniram-se para costurar máscaras.

Outro fã organizou uma campanha anual de material escolar desde 2017 para beneficiar o distrito escolar em Forks e a Escola Tribal Quileute em La Push, uma cidade que também aparece nos livros de Meyer.

Como a maior parte das cidades do mundo, Forks sofreu uma quebra no turismo. No entanto, o livro “Midnight Sun” pode ser novamente uma salvação durante um período de grande incerteza económica devido à pandemia.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Turistas estão de volta, mas agora falta pessoal nos hotéis

Os turistas estão a voltar às cidades portugueses, nomeadamente a Lisboa, onde os hotéis se debatem agora com um novo problema, a falta de pessoal qualificado. Há responsáveis que já falam da necessidade de fazer …

Gestão do PRR faz tremer Governo dos Açores (que foi bombardeado por críticas)

O Governo dos Açores tem sido acusado de beneficiar empresas no acesso às verbas das Agendas Mobilizadores do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Esta polémica levou à marcação de um debate de urgência, que ficou …

Inédito na medicina. Rim de porco foi transplantado com sucesso num humano

Pela primeira vez na história, uma equipa médica conseguiu transplantar um rim de porco geneticamente modificado num humano. Foi uma experiência num paciente em morte cerebral, mas que abre portas à utilização de rins de …

Golo do FC Porto: como não assinalaram falta do Taremi?

Avançado do FC Porto desviou Ismaël Bennacer, no momento decisivo do FC Porto 1-0 AC Milan. Mas os portistas mereceram ganhar. Stefano Pioli admitiu que o FC Porto venceu o AC Milan (1-0), na terceira jornada …

Senado defende que Bolsonaro seja acusado de genocídio devido à sua gestão da pandemia

Um relatório do Senado brasileiro defende que o Presidente Jair Bolsonaro deve ser acusado de homicídio pela sua gestão da pandemia de covid-19 no país. O documento ainda pode ser alterado pelos senadores, pois só vai …

Dez anos depois, ainda há feridas por sarar. Sánchez promete não soltar presos da ETA em troca da aprovação do Orçamento

Num debate parlamentar com o Governo espanhol, Pablo Casado confrontou Pedro Sánchez sobre os acordos com os nacionalistas radicais bascos. Esta quarta-feira, quando questionado por Pablo Casado, presidente do Partido Popular (PP), sobre se iria libertar …

O treinador inglês de futebol, Steve Bruce.

Steve Bruce já não é treinador do Newcastle. Há dois portugueses na calha para o suceder

Steve Bruce deixou o comando técnico do Newcastle United, recentemente adquirido por um consórcio saudita. José Mourinho e Paulo Fonseca estão entre os possíveis sucessores. Está encontrada a primeira baixa do Newcastle após a aquisição saudita …

Entre reuniões falhadas, cresce o risco de chumbo do OE e de crise política

Depois de não ter sido alcançado um acordo nas reuniões de ontem, a possibilidade de uma crise política parece mais próxima que nunca. As mudanças na lei laboral exigidas por BE e PCP são os …

Quando Rui Pinto ainda era "John", Suíça pediu-lhe ajuda para investigar o presidente da FIFA

Em 2018, as autoridades suíças entraram em contacto com Rui Pinto para pedir a sua colaboração para investigar o presidente da FIFA, Gianni Infantino. Quando o projeto Football Leaks ainda era algo embrionário — embora já …

Liga dos Campeões: Dragão e Vodafone Park entre os estádios mais vazios

FC Porto-AC Milan ficou longe da lotação esgotada, enquanto o Beşiktaş-Sporting ficou-se pela metade da lotação do estádio. A noite era de (novo) confronto entre dois antigos campeões europeus, no Porto, o trânsito na cidade e …