Soflusa em greve pela contratação de mais profissionais

Tiago Petinga / Lusa

Esta quinta e sexta-feira, os mestres da Soflusa fazem greve parcial de três horas por turno e greve às horas extraordinárias pela contratação de novos profissionais.

Os mestres da Soflusa, empresa responsável pelas ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa, iniciam esta quinta-feira uma greve parcial, de três horas por turno, pela contratação de novos profissionais, que se prolonga até sexta-feira e implicará perturbações no serviço.

Os mestres da empresa começam também hoje uma greve às horas extraordinárias, que se deve prolongar até final do ano, devido à “falta de profissionais”.

Na sua página na internet, a Soflusa informou que, nestes dois dias, o transporte a partir do Barreiro apenas será assegurado entre as 00h05 e a 01h30, às 05h05, entre as 09h30 e as 17h45 e das 22h00 às 23h30.

Em 10 de maio, as ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa começaram a ser suprimidas pela falta de mestres, o que levou a empresa a anunciar, quatro dias depois, não conseguir prever quando iria repor o serviço.

Na quarta-feira, o município do Barreiro anunciou o aumento das ligações rodoviárias dos transportes públicos à estação ferroviária devido à greve.

“A Câmara Municipal do Barreiro vai reforçar os transportes públicos no concelho nesta quinta-feira e sexta-feira devido à redução de oferta de transporte fluvial anunciada pela Soflusa, através do aumento das ligações com a estação ferroviária de Coina”, refere a autarquia do distrito de Setúbal em comunicado, adiantando que “os Transportes Coletivos do Barreiro vão reforçar os seus serviços entre as 06h15 e as 09h00 e entre as 18h20 e as 20h50, através da introdução temporária de 25 novas carreiras”.

Negociações reabertas

A Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (Fectrans) anunciou que vão ser reabertas negociações na empresa Soflusa, referindo, contudo, que não foi decidida a suspensão da greve.

“Estivemos presentes numa reunião e foram assumidos compromissos para reabrir negociações em aspetos que têm causado contestação na empresa”, disse à Lusa José Manuel Oliveira, da Fectrans.

O sindicalista explicou que não ficou decidida na reunião a suspensão da greve desta quinta e sexta-feira, referindo que essa é uma decisão que cabe ao Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e Marinha Mercante, que marcou o protesto. A Lusa tentou contactar o Sindicato dos Fluviais, mas tal não foi possível.

Uma outra fonte sindical contactada pela Lusa referiu que está previsto que a greve se mantenha, uma vez que a reunião não deu respostas concretas aos problemas.

O Governo manifestou-se hoje expectante em relação à suspensão da greve dos mestres da Soflusa após ter chegado a um acordo com os sindicatos representativos dos trabalhadores.

“A expectativa é que, estando esgotadas as razões da greve, até ao fim do dia possamos ter uma notícia de suspensão da greve”, afirmou o secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, em declarações à Lusa, depois de uma reunião de última hora com sindicatos dos trabalhadores da Soflusa, no Terminal Fluvial do Cais do Sodré, em Lisboa.

De acordo com o governante, a suspensão da greve não ficou já decidida, porque “compete aos trabalhadores”, ou seja, “é preciso consultar os mestres” da Soflusa.

No âmbito da reunião entre o secretário de Estado e os sindicatos dos trabalhadores, foram abordadas as matérias laborais transversais à empresa e as matérias que são objeto do pré-aviso de greve dos mestres da Soflusa, o que resultou num acordo em relação a três matérias, designadamente regulamento de carreiras, negociações salariais e contratação de pessoal.

Relativamente à contratação de pessoal, o governante deixou a promessa de “reforçar os recursos humanos na Soflusa, portanto na área marítima, de forma a contratar até seis novos recursos”, a que acrescem os quatro contratados recentemente e que deram origem a abertura de um concurso interno para quatro mestres para os navios que asseguram o transporte fluvial entre Barreiro e Lisboa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo britânico rejeita "prazo artificial" para apresentar alternativas ao acordo do Brexit

O Governo britânico respondeu esta quinta-feira às exigências finlandesas e francesas. Só irá apresentar soluções escritas "quando estiver pronto". "Iremos apresentar soluções escritas e formais quando estivermos prontos - não em função de um prazo artificial …

Griezmann negociou comissões com o Barcelona antes do fim da época

A imprensa espanhola teve acesso a e-mails que mostram que o jogador e o Barcelona já negociavam o pagamento das comissões relativas à sua transferência antes do final da época.  O El Mundo revela, esta sexta-feira, …

Irão promete "guerra total" caso o país seja alvo de um ataque

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Javad Zarif, disse na quinta-feira que o país quer evitar um conflito, mas prometeu uma "guerra total" caso os Estados Unidos (EUA) ou a Arábia Saudita ataquem o Irão. "Estou …

Rui Pinto entrou 307 vezes no sistema informático da PGR e espiava o próprio processo

Rui Pinto foi acusado de 147 crimes, destacando-se as 307 vezes que entrou no sistema informático da Procuradoria-Geral da República. O hacker espiou o seu próprio processo e sabia que estava a ser investigado pela …

Costa já recebeu parecer da PGR sobre negócios de familiares do Executivo

O Governo já recebeu o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre incompatibilidades familiares. António Costa diz que está "a ler e a apreciar" o parecer. Esta quinta-feira, o Governo recebeu o parecer da Procuradoria-Geral da …

Eduardo Cabrita mantém confiança no presidente da Proteção Civil

O ministro da Administração Interna diz que mantém "plena confiança" no presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), que foi constituído arguido no âmbito da investigação ao negócio das golas antifumo. "O Ministro …

Zidane tem lugar em risco em Madrid (e Mourinho pode ser o seu sucessor)

A imprensa espanhola adianta que Zinedine Zidane pode estar de saída do Real Madrid. José Mourinho, Massimiliano Allegri e Xabi Alonso são alguns dos nomes na lista. Segundo O Jogo, que cita o jornal espanhol Marca, …

Gantz recusa proposta de Netanyahu para formar Governo de unidade nacional

Benjamin Netanyahu propôs formar um governo conjunto, mas Benny Gantz respondeu que só aceitará se for ele a liderar. Os resultados finais das eleições desta terça-feira ainda não são conhecidos. O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, apelou …

Barcelona será o primeiro clube a superar receitas de mil milhões de euros

O FC Barcelona anunciou hoje que vai ultrapassar os mil milhões de euros em receitas na presente época, tornando-se o primeiro clube de futebol da história a ultrapassar essa marca. De acordo com as informações prestadas …

"Esta solução de Governo foi construída apesar do Bloco de Esquerda"

A apenas duas semanas das eleições legislativas, António Costa voltou a atacar o Bloco de Esquerda. Em relação ao PCP, o primeiro-ministro manteve o tom ameno. No podcast de Daniel Oliveira, Perguntar Não Ofende, António Costa …