/

A rede social favorita dos seus filhos está a tornar-se o próximo OnlyFans

1

Bella Thorne / Instagram

Bella Thorne tem 5,6 milhões de seguidores no TikTok e 1,8 milhões no OnlyFans.

Ao limitar algumas transmissões ao vivo para maiores de 18 anos, o TikTok está a tornar-se o próximo OnlyFans, a plataforma de eleição dos criadores de conteúdo da indústria de entretenimento adulto.

O TikTok vai monetizar transmissões ao vivo de maneira semelhante ao OnlyFans. A empresa anunciou recentemente que permitirá aos utilizadores fazer transmissões ao vivo apenas para maiores de 18 anos, escreve a Sky News.

Um porta-voz do TikTok deu possíveis exemplos em que isto seria útil, como por exemplo espetáculos de comédia em que pode ser dito algo menos adequado para menores, ou caso se queira falar de uma “experiência de vida difícil”.

No entanto, o porta-voz da empresa parece esquecer-se de algo em que esta funcionalidade também será aplicada: conteúdo adulto.

O TikTok pode, assim, tornar-se uma espécie de novo OnlyFans, escreve o UnHerd. O OnlyFans é um serviço por assinatura no qual os criadores de conteúdo podem ganhar dinheiro de outros utilizadores do site que pagam pelo seu conteúdo. A plataforma é fundamentalmente popular na indústria de entretenimento adulto.

A rede social também ganha com isto. O seu modelo de negócios tem-se focado cada vez mais nas transmissões em direto. Em 2021, por exemplo, representou 15% das suas receitas.

Nestas transmissões, os utilizadores podem comprar “moedas” e doar “presentes” aos criadores de conteúdo que podem trocá-los por dinheiro real. Em contrapartida, o TikTok fica com 70%.

A rede social da chinesa ByteDance alega que remove conteúdo sexualmente explícito, mas os seus métodos para o fazer têm-se revelado ineficazes. Uma simples mudança na ortografia, de “sexo” para “secso” é suficiente para contornar o filtro.

E a procura por sexo na rede social também não é propriamente residual. A média mensal de pesquisas por “TikTok porn” disparou de 60 mil em janeiro de 2020, para 391 mil em outubro de 2021 e para 923 mil em janeiro de 2022.

Menores enchem TikTok

O TikTok é a rede social do momento. O seu crescimento meteórico é digno de ser estudado. A empresa surgiu da fusão do Musical.ly, do Ocidente, e do Douyin, do Oriente, em 2018. Em pouco tempo, o TikTok cresceu exponencialmente, tornando-se uma das principais redes sociais da atualidade, apenas superada pelo Twitter.

Entre 2018 e 2022, o TikTok atraiu uma média de 340 milhões novos membros ativos por ano. Depois de atingir a marcar de mil milhões de utilizadores, ultrapassou o Instagram em número de usuários no ano passado. Estima-se que até 2024 chegue aos 2 mil milhões de utilizadores.

Statista

A evolução meteórica do TikTok.

Entre este mar de utilizadores está um grande volumo de menores de idade. Embora a aplicação tenha uma versão especial para menores de 13 anos, ainda há muitas crianças que fintam a barreira de idade e usam a aplicação normal.

Uma investigação recente descobriu que crianças de oito anos estavam a ser assediadas no TikTok. Especialistas alertaram que a atitude da empresa em relação à segurança cibernética representa a maior ameaça de todas.

Em setembro, o Reino Unido descobriu que a plataforma pode ter processado os dados de menores de 13 anos sem o consentimento apropriado. O TikTok pode enfrentar, assim, uma multa de 27 milhões de libras por não proteger a privacidade das crianças quando estão a usar a plataforma, segundo a BBC.

  Daniel Costa, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.